Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Junho 06, 2017

Vozes de Chernobyl - Svetlana Alexievich

vozesdechernobyl.jpg

Receio não ter palavras para descrever esta leitura. Mas ficarão sempre comigo as palavras de quem sobreviveu ao desastre de Chernobyl. Cru e impiedoso como a verdade que, mesmo escondida, emerge em livros como este. Svetlana Alexievich deixa que as vozes falem nas páginas deste livro, e eu considero que é nosso dever ouvi-las. Porque há demasiadas histórias que ficam por contar, e sobre Chernobyl há muito para saber.

Custou-me cada página. Não é ficção. Aconteceu. Leiam!

Aproveito para divulgar a tertúlia Elsinore, com Dulce Maria Cardoso, dedicada a este livro. É já no dia 14 de Junho pelas 21h00, no espaço 20|20 Editora, na Feira do Livro de Lisboa. Moderação de Ricardo Duarte.

18740508_1933214253625261_7365133975812762727_n.pn

Sinopse

“Vozes de Chernobyl é a mais aclamada obra de Svetlana Alexievich, Premio Nobel de Literatura 2015, tida como o seu trabalho mais duro e impactante.
A 26 de abril de 1986, Chernobyl foi palco do pior desastre nuclear de sempre. As autoridades soviéticas esconderam a gravidade dos factos da população e da comunidade internacional, e tentaram controlar os danos enviando milhares de homens mal equipados e impreparados para o vórtice radioativo em que se transformara a região. O acidente acabou por contaminar quase três quartos da Europa.
Numa prosa pungente e desarmante, Svetlana Alexievich dá voz a centenas de pessoas que viveram a tragédia: desde cidadãos comuns, bombeiros e médicos, que sentiram na pele as violentas consequências do desastre, até as forças do regime soviético que tentaram esconder o ocorrido. Os testemunhos, resultantes de mais de 500 entrevistas realizadas pela autora, são apresentados através de monólogos tecidos entre si com notável sensibilidade, apesar da disparidade e dos fortes contrastes que separam estas vozes.”

Elsinore, 2016
Prefácio de Paulo Moura e tradução de Galina Mitrakhovich.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.