Domingo, 7 de Julho de 2013

A Última Fugitiva - Tracy Chevalier - Opinião

 

O melhor das leituras inesperadas é quando somos surpreendidos pela positiva. Não conhecia este livro e a oportunidade de o ler foi súbita e não me deu tempo para criar expectativas; além disso foi lançado recentemente e não procurei qualquer opinião de leitura. Raramente acontece mas parti para este livro completamente “em branco”.

Um trabalho de total descoberta desde a primeira página, já me tinha esquecido da aventura de ler algo de que não me tivessem falado ou que eu própria não tivesse pesquisado. A experiência foi muito positiva pois a leitura agradou-me bastante, a escrita da autora tem ritmo próprio, quer ser lida com calma, apreendida, como que digerida. Além disso tive de fazer alguma pesquisa histórico/religiosa para me enquadrar no universo de Honor, uma espécie de viajante destemida de uma extrema humanidade e coragem, que ela própria não sabe possuir.

Honor viaja para a América acompanhando a irmã que vai casar. Quakers de Inglaterra atravessam o oceano para chegar a um terra estranha que se debate com as mais diversas posições sobre a escravatura. Num novo país, que em breve entrará em guerra civil, Honor depara-se com algumas dificuldades de adaptação a uma cultura muito diferente. Mesmo no seio da comunidade Quaker, Honor sente-se longe da família e da educação que teve. Na América tudo é diferente, o clima, a comida, as doenças, as pessoas. As dificuldades físicas que enfrenta na viagem de navio, e a súbita morte da irmã, levam Honor numa espiral de tristeza e isolamento agravadas pela falta de perspectiva com que há-de fazer da sua vida.

Doce e meiga, Honor é uma jovem que procura fazer o bem, os ideais da sua religião proíbem a mentira e promovem a bondade. Por isso, quando se vê no papel de puder ajudar escravos em fuga não hesita, mesmo tendo consciência dos perigos que corre perante a lei e junto da família que entretanto a acolhe.

Uma história de coragem e amizade, que relata os mais nobres valores da humanidade, que promove a igualdade. Um relato emocionante do percurso de uma mulher com um conceito de justiça e uma preocupação social admiráveis.

Um romance de época bem escrito, que aguçou a minha curiosidade em saber mais sobre os Quakers e a sua admirável arte dos quilts. Entre outras coisas claro.

Recomendo.

Sinopse

“A Última Fugitiva é um romance vibrante sobre os tempos que antecederam a guerra civil norte-americana e a abolição da escravatura. Passa-se no Ohio rural, na década de 1850. Honor Bright é uma jovem quaker de Dorset que parte para a América em busca de uma nova vida. Cedo toma contacto com o Underground Railroad, um movimento de pessoas que ajudam os escravos negros a fugir para norte em busca da liberdade, uma causa a que os quakers eram muito sensíveis. Tracy Chevalier entretece com entusiasmo e beleza a história dos quakers pioneiros e a dos escravos fugitivos, revelando o espírito e a coragem de homens e mulheres comuns que tentaram fazer a diferença, desafiando até as suas próprias convicções mais profundas.”

Para mais informações sobre “A Última Fugitiva” clique aqui.

Editorial Presença, 2013

publicado por marcia às 20:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Última Fugitiva - Tracy...

.últ. comentários

Eu li "Livro" no ano passado exatamente para o COn...
Tenho o livro e é excelente as letras são boas est...
Encontrei escrito em português de Portugal, foi tr...
Acabo de ler o livro e gostei muito. Pode não ser ...
Li A Oeste Nada de Novo, era jovem. Tema interessa...
Quero! MUITO!!!
Também acho!
Demasiadas páginas que voam...
Interessante cou ler também.
Nunca cheguei a ler OS Pilares da Terra, mas vi a ...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds