Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

planetamarcia

planetamarcia

Dezembro 12, 2013

Amanhã, apresentação de "Linhas Invisíveis", de J. Pedro Baltasar

 

Não sentiu nada.

O tiro entrou como um fragmento ínfimo no espaço-tempo, sem ruído, suavemente, como tudo o que rodeava Robert Brannagh nesse instante. Num milionésimo de segundo, abriu um pequeno círculo de precisão cirúrgica no vidro frontal da viatura e atravessou a cabeça de Brannagh, saindo pelo vidro lateral traseiro do lado esquerdo, indo alojar-se cravado algures no solo, um tudo nada mais adiante. O sangue espirrou nas mais variadas direcções e o carro, desgovernado, foi embater devagar, – ironia das ironias –, de encontro a uma macieira.

Uma maçã desprendeu-se de um ramo e veio cair sobre o tejadilho do carro, deslizando, até cair, precipitando-se na poça de sangue que corria da porta entreaberta por onde o corpo de Robert Brannagh tombara.

Cumpria assim a maçã, a lei terceira que uns séculos atrás, Isaac Newton enunciara: TUDO O QUE SOBE, TEM DE CAIR!

Dezembro 10, 2013

"Linhas Invisíveis", novo livro de J. Pedro Baltasar é apresentado esta semana

 

Assim como o bater das asas de uma borboleta pode

provocar uma tempestade do outro lado do Mundo, da

mesma forma, um movimento nosso... um simples gesto,

pode provocar uma consequência imprevisível.

Um passo dado a mais e podes ver-te do outro lado

de ti, sem saberes como voltar.

Porque afinal...

... tudo na vida se encontra ligado.

Todos estamos ligados.

Por linhas invisíveis.

 

Há uma linha que nos une a todos.
Paira sobre nós suspensa e inocente.
Observa-nos... Estuda-nos.
Se puxada por uns, pode provocar a queda de outros. Porque de uma forma ou de outra, como num tabuleiro de xadrez, todas as nossas vidas se cruzam. Todos os nossos actos.
Há uma outra linha, porém, mais ténue e dissimulada, que marca a fronteira entre o bem e o mal.
Poderemos nós,... qualquer um de nós atravessá-la e, passar de pacato e inofensivo cidadão a... assassino implacável?
Que razões nos podem levar a fazê-lo?
O ódio e a vingança?
O sofrimento?


Apresentação de Linhas Invisíveis na próxima sexta-feira, 13 de Dezembro.