Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

planetamarcia

planetamarcia

Agosto 30, 2011

Novidade 1001 Mundos de Setembro - Um Baile de Finalistas Infernal

 

Enquanto experiência interactiva de terror com criaturas infernais, caos, sangue e desmembramentos, foi um acontecimento impressionante. Porém, como baile de finalistas do secundário, a noite foi ligeiramente menos bem-sucedida.

Deveria começar pelo princípio, mas não tenho bem a certeza quando é que esse princípio ocorreu. Portanto, vou começar pelo dia em que me apercebi de que, apesar dos meus esforços mais determinados, não iria poder ignorar completamente o baile.

Maggie Quinn é uma jovem repórter. Aluna do quadro de honra, jornalista do jornal da escola e fotógrafa do livro de curso.

Faltam seis semanas para a formatura e tudo o que ela quer é sair inteira da secundária Avalon. Uma  croma sensata teria mantido a cabeça baixa e continuado a contagem decrescente até ao dia da entrega dos Diplomas. Mas o destino parece ter planos diferentes para Maggie.

A escola secundária pode ser um terreno fértil para a proliferação do mal, mas o cheiro a fogo e enxofre ainda continua a ser algo de invulgar. É o cheiro identificativo do enxofre que faz com que Maggie desconfie que há algo que não está bem. E, quando começam a acontecer coisas que parecem saídas do Twilight Zone, Maggie percebe que depende dela entrar em contacto com a sua Nancy Drew interior e descobrir o que soltou aquele mal antigo, antes que vá tudo para o inferno, literalmente.

Maggie sempre desconfiou que o baile de finalistas é uma obra do diabo, mas parece que a sua presença é obrigatória. Às vezes, uma rapariga tem de fazer certas coisas bastante desagradáveis para salvar a sua cidade de demónios, vindos do inferno, que esmagam a alma. E também das chefes de claque.

Agosto 30, 2011

Novidade 1001 Mundos Setembro - O Medo do Homem Sábio

 -
 

“Chamo-me Kvothe. Resgatei princesas dos túmulos de reis adormecidos, incendiei Trebon. Passei a noite com Felurian e parti com a sanidade e com a vida. Fui expulso da Universidade na idade em que a maioria dos alunos é admitida. Percorri caminhos ao luar que outros  receiam nomear durante o dia. Conversei com deuses, amei mulheres e  compus canções que fazem chorar os trovadores. É possível que me conheçam.”

Assim se inicia uma história sem igual na literatura fantástica, a história de um  herói contada pela sua própria voz. É uma história de mágoa, uma história de  sobrevivência, a história de um homem que busca o sentido do seu universo e de como essa busca e a vontade indomável que a motivou fizeram nascer uma lenda.

Agora em O Medo do Homem Sábio, Dia Dois das Crónicas do Regicida, uma rivalidade crescente com um membro da nobreza força Kvothe a deixar a Universidade e a procurar a fortuna longe. À deriva, sem um tostão e sozinho, viaja par Vintas, onde, rapidamente, se vê enredado nas intrigas políticas da corte. Enquanto tenta cair nas boas graças de um poderoso Nobre, Kvothe descobre uma tentativa de assassínio, entra em confronto com um Arcanista rival e lidera um grupo de mercenários, nas terras selvagens, para tentar descobrir quem ou o quê está a eliminar os viajantes na estrada do Rei.

Ao mesmo tempo, Kvothe procura respostas, na tentativa de descobrir a verdade sobre os misteriosos Amyr, os Chandrian e a morte da sua família. Ao longo do caminho Kvothe é levado a julgamento pelos lendários mercenários Adem, é forçado a defender a honra dos Edema Ruh e viaja até ao reino de Fae. Lá encontra Felurian, a mulher fae a que nenhum homem consegue resistir, e a quem nenhum homem sobreviveu… até aparecer Kvothe.

Em O Medo do Homem Sábio, Kvothe dá os primeiros passos no caminho do herói e aprende o quão difícil a vida pode ser quando um homem se torna uma lenda viva.

Junho 10, 2011

Depois de "Eternidade", "Lua Azul" e "Terra Sombria", chega a Portugal o 4º livro da série que já conquistou o coração dos portugueses: "Os Imortais" de Alyson Noël. Dia 14 de Junho nas livrarias!

 

Alguns segredos nunca devem ser revelados...

Roman. Damen. Jude. Um é o inimigo mortal de Ever. O outro é o seu grande amor. E o terceiro pode ser a resposta para todos seus problemas. Mas Ever está encurralada – de mãos atadas por segredos, magia e uma paixão incontrolável que pulsa nas suas veias. Ever é arrastada para os braços de alguém ou de algo que ameaça tudo o que lhe é mais querido. E a única coisa que a pode salvar, afastará Damen para sempre... “Uma narrativa extraordinariamente cativante de angústia, amor e sacrifício típicos da adolescência, com atrativos suplementares …” Publishers Weekly

Alyson Noël é a autora dos bestsellers Eternidade, Lua Azul, Terra Sombria e Claridade. Alyson nasceu e cresceu em Orange County. Quando terminou o liceu mudou-se para Mykonos, na Grécia, onde viveu durante vários anos até se mudar para Manhattan, onde viveu e trabalhou como assistente de bordo para uma companhia aérea. Durante uma visita a casa de um amigo em Newport Beach, Alyson conheceu o seu marido e mudou-se de novo para Orange County, onde vive e trabalha a tempo inteiro nos seus livros.

Junho 02, 2011

O CRIADOR DA SÉRIE "HEROES" ESTÁ DE VOLTA COM UM NOVO ÊXITO... A NÃO PERDER! DIA 6 DE JUNHO!

 

TERÁ O LSD MATADO KENNEDY?

Esta é a pergunta aparentemente estranha que o criador de “Heroes” faz em “A Viagem”, o romance que dá o pontapé de saída para um macro-relato de conspiração e intrigas relacionadas com a história recente dos Estados Unidos, e que abordará também, nos dois próximos livros, o caso Watergate e os atentados do 11 de Setembro. «Estes acontecimentos são pontos de inflexão, não só na cultura americana, mas também na nossa própria consciência. Mudaram a forma como nos vemos e como vemos o mundo», diz Tim Kring, que «queria fazer um thriller histórico para contar uma versão alternativa da morte de JFK» e, por acaso, tropeçou no programa MK-Ultra. Perseguindo os “rastos” de LSD no assassinato do presidente John F. Kennedy, Kring, com a colaboração do crítico literário e escritor Dale PecK, estreia-se na ficção com um romance que combina na perfeição a história e o sobrenatural, com uma dose alucinogénica q.b..

Depois de ler “A Viagem”, é inevitável associar o seu argumento aos “condimentos” que fizeram de “Heroes” a série com mais êxito nos Estados Unidos em 2006, com uma audiência de 16 milhões de espectadores e duas nomeações para os Globos de Ouro. A NÃO PERDER!!

Tim Kring é um dos contadores de histórias mais originais da comunidade criativa que usa todos os meios de comunicação – cinema, televisão, banda larga, computadores, dispositivos móveis e a página impressa – para atrair a atenção das audiências de todo o mundo para arcos narrativos e de natureza imersiva. São 76 milhões os fãs que, em todo o mundo, o conhecem como criador e produtor executivo da saga épica da NBC, Heroes, nomeada para os prémios Emmy, que conta a vida de pessoas normais que se descobrem possuidoras de capacidades extraordinárias.