Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Abril 02, 2016

O Livro da Minha Vida

433 Fulton Street New City (1)2.jpg

Aceitei o desafio da Isaura Pereira, do Blogue Jardim de Mil Histórias, para escrever sobre o livro da minha vida. Tarefa difícil. Saíu-me assim:

Para mim a melhor leitura é sempre a próxima, o melhor livro é o seguinte, e o livro da minha vida estará algures nesse futuro de livros que me esperam. Não é futurologia. É desejo de me maravilhar mais a cada livro.

Por isso me é tão difícil escrever este texto. Porque olho para os livros por ler como uma criança cobiça um doce, toco-lhes as lombadas e imagino tudo o que há para descobrir, sonho com palavras perfeitas, que me esperam, e fantasio um mútuo desejo de encontro.

Mas, para esta partilha, é na estante dos livros lidos que devo encontrar o livro para continuar este texto. Tenho de o saber, conhecer e, acima de tudo, de lhe ter sentido as palavras a encaixarem em mim como se já cá estivessem. Comigo funciona com a dor. Com outros leitores será o amor, a paixão, a melancolia, a felicidade. Eu preciso que as palavras me magoem, desorientem e tirem o sono. Preciso de ficar acordada ou, se dormir, de ser atormentada por sonhos feitos das frases que não esqueci, que nunca mais vou esquecer.

É um livro-verdade, construído de realidade, que li, reli e voltarei a ler. Sempre até ser, possivelmente e oficialmente, o livro da minha vida. É Morreste-me, de José Luís Peixoto.

morreste-me.jpg

Obrigada Isaura, por este convite. Gostei muito de participar.

Post original aqui

2 comentários

Comentar post