Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

planetamarcia

planetamarcia

Dezembro 17, 2011

Novidades Publicações Europa-América

 

 

Título: Os Apóstolos de Fénix

Autores: Lynn Sholes e Joe Moore

Colecção: Contemporânea

Preço: 19.75 €

Pp.: 380

Um novo policial dos autores de A Conspiração do Graal

A jornalista Seneca Hunt está a assistir à abertura do túmulo de Montezuma na Cidade do México quando a equipa de escavação, chefiada pelo seu noivo, descobre que os restos mortais do imperadoe desapareceram. Poucos minutos depois, todos os que ali estão sãi mortos — com excepção de Seneca, que escapa à carnificina por um triz.

Decidida a descobrir quem está por detrás das mortes, Seneca junta-se ao romancista Matt Everhart. Juntos, eles fazem a arrepiante descoberta de que alguém está a roubar restos mortais dos mais famosos assassinos em massa da história — enquanto seguem um trilho letal que vau recuar até à morte de Jesus Cristo.

Elogios a Os Apóstolos de Fénix:

«O que é que se obtém quando se cruza Indiana Jones com o Código Da Vinci?

Os Apóstolos da Fénix, uma viagem emocionante, com tantas reviravoltas que mal temos tempo para recuperar o fôlego» — Tess Gerritsen, autora do êxito Ice Cold.

«Sholes e Moore criaram um policial apocalíptico espectacular, uma história épica de ouro, arqueologia, assassinos em massa, profecias antigas e terrorismo.» — Douglas Preston, autor do êxito Impact.

«Um romance empolgante, fascinante.» Carla Neggers, autora do êxito Cold Dawn.

 

Título: Submundo

Autor: Robert Finn

Colecção: Contemporânea

Preço: 11.90 €

Pp.: 144

A prequela do Perito…

Quando se é ladrão, é difícil conhecer a rapariga certa. E, quando isso acontece, há sempre alguma coisa a atrapalhar. Como ficar preso no Metro, apanhado no meio de um tiroteio, perseguido pela polícia e só com um assassino com poderes sobrenaturais para nos proteger. E, se se conseguir sobreviver a tudo isso, ainda é preciso convencê-la a dar o seu número de telefone.

Submundo é um policial curto, terno, tenso, que se desenrola ao ritmo de um comboio de alta velocidade.

Outubro 27, 2011

Os Três Mosqueteiros - Publicaçõs Europa-América

 

Título: Os Três Mosqueteiros

Autor: Alexandre Dumas

Colecção: Clássicos

Preço: € 31,25

Pp.: 672

Romance histórico, Os Três Mosqueteiros pertencem com efeito a esse género literário que Sir Walter Scott pôs em moda, por volta de 1820, com os célebres Ivanhoe, A Flecha Negra ou Rob Roy.

Alexandre Dumas teceu as suas ficções sobre uma trama do século XVII, misturando personagens reais das mais altamente colocadas com personagens imaginárias, conseguindo colocar uma e outras no panteão dos imortais. A sua inspiração faz agir e falar o monarca absoluto Luís XIII e o temível cardeal Richelieu, Ana de Áustria e Buckingham, reviver toda uma época em que se sucedem as aventuras dos seus heróis, D’ Artagnan, Athos, Porthos, Aramis e essa fascinante Milady, à volta da qual a acção se desenrola com inegável poder dramático.

Gerações de leitores renderam-se a esta obra brilhante.

E hoje, passado mais de um século, o livro conserva todo o seu interesse e continua a ser adaptado ao cinema, televisão e mesmo a desenhos animados, transformando esta numa verdadeira obra para todas as idades.

Outubro 09, 2011

Novidades Publicações Europa-América III

 

 

Título: Perdida

Autora: Mo Hayder

Colecção: Crime Perfeito

Preço: 23.75 €

Pp.: 396

Autora best-seller internacional, com mais de dois milhões de livros vendidos em todo o mundo.

Um novo caso para o inspector Jack Caffery

Anoitece quando o inspector Jack Caffery chega para falar com a desesperada vítima de car-jacking.

O que lhe é dito deixa-o horrorizado. O automóvel foi levado à força. E no banco traseiro havia um passageiro. Uma menina de onze anos.

Que ainda não foi encontrada.

O assaltante não demora muito a entrar em contacto com a Polícia. E Caffery tem cada vez mais a certeza de que ele está a planear roubar outro automóvel. E outra criança.

Quem é o assaltante? Como é que ele escolhe as suas vítimas? E — mais importante que tudo — conseguirá Caffery encontrar a criança?

Antes que seja tarde de mais…

Mo Hayder é uma autora consagrada no thriller e no policial britânico.

Após vários projectos na área do ensino, dedicou-se à escrita a tempo inteiro.

Para mais informações, consulte: www.mohayder.net.

 

Título: Merrick

Autora: Anne Rice

Colecção: Obras de Anne Rice

Preço: 24.25 €

Pp.: 348

* Relançamento com nova capa

Autora de Entrevista com o Vampiro.

Neste romance hipnótico, a autora das Crónicas do Vampiro e da saga das Bruxas Mayfair demonstra mais uma vez o seu dom para a criação do mito e da magia.

Desta vez ela vai juntar vampiros e bruxaria para criar um ambiente verdadeiramente arrepiante.

No centro da história encontra-se Merrick, a «Bruxa de Endor», a bela e misteriosa feiticeira, descendente de uma sociedade mestiça de Nova Orleães familiarizada com as cerimónias de voodoo. Entre os seus ancestrais encontram-se também as grandes Bruxas Mayfair — de quem ela nada conhece senão o poder e a magia que herdou.

E a ela junta-se David Talbot — vampiro, herói, aventureiro e contador de histórias, companheiro dos já conhecidos Vampiros Lestat e Louis de Point du Lac. É ele quem vai narrar a lenda de Merrick, uma lenda que nos leva da Nova Orleães do passado e do presente às selvas da Guatemala, das ruínas Maias a civilizações ainda mais antigas e inexploradas.

Esta é, assim, uma história cheia de tensão, onde dois seculares poderes ocultos se juntam numa dança de sedução, morte e renascimento.

Anne Rice é uma autora consagrada de diversos best-sellers na área da literatura de fantasia e gótica. Entre êxitos como A Rainha dos Malditos e A Hora das Bruxas, alcançou a notoriedade com Entrevista com o Vampiro, um clássico que redefiniu a literatura de vampiros e foi adaptado ao cinema por Neil Jordan.

Outubro 09, 2011

Novidades Publicações Europa-América II

 

 

Título: Eu Sou Uma Criatura Emocional

Subtítulo: a vida secreta de raparigas por todo o mundo

Autora: Eve Ensler

Colecção : Contemporânea

Preço: 18.90 €

Pp.: 192

Da autora d’ Os Monólogos da Vagina

Neste livro atrevido, a autora internacionalmente aclamada e dramaturga Eve Ensler oferece-nos monólogos ficcionais e histórias inspiradas por raparigas de todos os cantos do mundo.

Intenso, terno e inteligente, Eu Sou Uma Criatura Emocional é uma celebração da voz autêntica que existe dentro de cada rapariga e um apelo inspirador a todas, para que não tenham medo de falar mais alto, de seguir os seus sonhos e de se tornarem as mulheres que sempre estiveram destinadas a ser.

EVE ENSLER é uma dramaturga de renome internacional cujas peças anteriores incluem Floating Rhoda and the Glue Man, Lemonade, Necessary Targets e Monólogos da Vagina, pela qual recebeu um Prémio Obie.

Ensler é fundadora e directora artística da V-Day (www.vday.org), o movimento global para acabar com a violência para com as mulheres e raparigas e que foi inspirado pelos Monólogos da Vagina. Em sete anos, a V-Day conseguiu angariar mais de 25 milhões de dólares para grupos populares de todo o mundo. Eve Ensler vive na cidade de Nova Iorque.

 

Título: Como Construir Muros de Pedra

Subtítulo: No Jardim, Na Horta e na Quinta

Autor: John Vivian

Colecção: Euroagro

Preço: 14.90 €

Pp.: 160

Uma bela parede de pedra... Para ter uma, só precisa de um monte de pedras, alguns utensílios e este livro!

Aprenda tudo sobre:

• fundações

• o método básico «um sobre dois»

• fendas

• calcular a relação altura/largura

• usar pedra de menor qualidade

• muros de retenção

• construir muros, cercas e degraus

• mover pedras e pedregulhos

Figuras e exemplos excelentes de boas paredes, assim como de algumas mais fracas, acompanham o texto cativante do autor, que explica passo-a-passo como construí-las. Inclinações, problemas de drenagem, entulho — vai encontrar estes desafios e muitos mais explicados e prontos a superar.

Se o Seu Material de Eleição É a Pedra, Então Este Livro É Para Si!

Outubro 09, 2011

Novidades Publicações Europa-América I

 

 

Título: O Verdadeiro Tesouro dos Templários

Autor: Jacques Rolland

Colecção: Millennium

Preço: 18.90 €

Pp.: 184

Jacques Rolland é categórico: existe efectivamente um Tesouro dos Templários. E nem os historiadores clássicos nem os autores de histórias fabulosas sonham sequer em contestá-lo. Pelo contrário, ninguém apresenta provas e a maior parte dos autores confunde os leitores ao levá-los por caminhos já demasiado trilhados.

Nesta obra, um exame minucioso da Ordem do Templo permite a elaboração de várias hipóteses muito importantes, frutos de um estudo aprofundado da corrente revolucionária que foi esta Ordem.

A Ordem do Templo não poderia ter sido fundada sem um conjunto de circunstâncias excepcional, um emaranhado inesperado de acontecimentos que convergiram sobre as terras de França e do Oriente. Assim sendo, para voltar a reunir este conjunto de circunstâncias e acontecimentos, é necessário perceber primeiro por que razão este fenómeno templário surgiu em França e porque tentou, por todos os meios, enraizar-se nas terras a oriente.

Jacques Rolland tem em consideração o contexto político-religioso dos séculos X e XI, para neles descobrir a existência virtual, de certa forma ainda subliminar, dos elementos constitutivos deste Tesouro.

Este ensaio encontra-se organizado em cinco partes bem distintas, mas que revelam uma unidade singular: o simbolismo do Tesouro, as catedrais, onde o encontramos hoje em dia, as pistas falsas e, por fim, a demanda do Graal.

Jacques Rolland é actualmente reconhecido como um dos maiores especialistas franceses da Ordem do Templo, tendo já escrito várias obras de referência sobre este tema.

 

Título: O Verdadeiro Poder do Vaticano

Autor: Jean-Michel Meurice

Colecção : Biblioteca das Ideias

Preço: 19.15 €

Pp: 144

Como será que Pio XI e Pio XII encaravam realmente Hitler e Mussolini, com quem estabeleceram vários acordos? Aprovariam o seu comportamento, precisariam deles, pensariam que os podiam manipular?

Terá a Igreja precipitado a queda da república espanhola? Qual o motivo do silêncio ensurdecedor de Pio XII durante a Shoah? O que sabia ele verdadeiramente? Será que podia ter agido de outra forma? Terá comandado secretamente as democracias cristãs que surgiram na Europa no pós-guerra? Qual o papel do papado na contestação do comunismo, no conflito israelo-árabe, e qual o papel de João Paulo II na queda do Muro de Berlim?

São muitas as questões fervilhantes às quais este livro, construído a partir de um documentário que o autor realizou para o canal Arte, tenta dar resposta. Aproveitando a abertura recente dos arquivos secretos datados do período anterior a 1939, o autor reúne pela primeira vez numa mesma investigação os maiores especialistas da história da Igreja, laicos e por vezes muito críticos, e os eclesiásticos mais eminentes, como os cardeais Poupard, Etchegaray, Cottier (o teólogo de João Paulo II), Sodano, Tauran... que tiveram um papel nesta diplomacia tão singular do Estado do Vaticano.

Com prefácio de Henri Madelin, este livro minucioso é uma história secreta e apaixonante do século XX.

Junho 11, 2011

Novidades Publicações Europa-América - Junho 2011

   

 

   

 

NOVIDADES

 

Título: Inocente

Autor: Scott Turow

Colecção: Contemporânea

Preço: 24.50

Pp.: 420

A muito aguardada continuação de Presumível Inocente, o êxito de vendas do escritor best-seller do New York Times, que constituiu um marco neste género literário.

Mais de vinte anos depois de Rusty Sabich e Tommy Molto se terem enfrentado no julgamento por homicídio qualificado de Presumível Inocente, os dois homens defrontam-se novamente num fascinante duelo psicológico. Quando Sabich, agora juiz de um tribunal de apelação, encontra a sua mulher morta em circunstâncias misteriosas, Molto acusa-o de homicídio pela segunda vez, pondo em marcha um julgamento que nos mostra Turow no seu melhor — e uma sala de audiências tensa e explosiva.

Com a sua característica percepção das verdades sombrias da mente humana e das complexidades do sistema de justiça criminal, Scott Turow volta  a provar que alguns livros simplesmente nos obrigam a ler pela noite fora, ansiosos por sabermos quem é o criminoso.

Scott Turow é autor de oito obras de ficção, entre as quais Danos Pessoais, Erros Reversíveis, O Medo dos Bravos, Juiz Por Um Fio e o famoso thriller Presumível Inocente, que foi adaptado para o cinema por Alan J. Pakula e que conta com Harrison Ford como protagonista, entre outros actores de renome. Os livros de Turow estão traduzidos em mais de vinte e cinco línguas e já venderam mais de vinte e cinco milhões de exemplares em todo o mundo. Ele escreve também ensaios e artigos de opinião para publicações como o New York Times, o Washington Post, a Vanity Fair, o The New Yorker, a Playboy e o The Atlantic.

Crítica:

«O novo romance de Scott Turow é a versão do El Dorado do leitor de

ficção: um mistério à volta de um crime/drama de sala de audiências que não conseguimos parar de ler e que é também um tesouro literário, escrito numa linguagem clara, com uma percepção genuína das personagens.

Quando acabei de o ler, senti-me espantado e realizado, como só acontece quando lemos autores no auge dos seus poderes. Ponham este livro na vossa lista de obras a não perder.» Stephen King

 

Título: Manual do Detective

Autor: Jedediah Berry

Colecção: Contemporânea

Preço: 22.56

Pp.: 260

Um maravilhoso livro de estreia, com um enredo alucinante, em que um improvável detective, armado somente com um chapéu-de-chuva e um peculiar manual, terá de resolver vários crimes cometidos nos sonhos das pessoas.

Numa cidade nunca nomeada e sempre chuvosa, Charles Unwin é um meticuloso funcionário de uma poderosa agência de detectives. Após anos num labirinto de arquivos, é o responsável pelos ficheiros de Travis T.

Sivart, o famoso detective que resolveu os casos do Homem que Roubou o Dia 12 de Novembro e das Três Mortes do Coronel Baker.

Quando Sivart desaparece misteriosamente, tal como os despertadores de toda a cidade, Charles Unwin é promovido a detective e, na companhia da sua secretária narcoléptica, terá de descobrir o paradeiro do lendário agente e salvar a cidade das garras de um mestre do crime que assombra os sonhos dos habitantes.

Jedediah Berry é escritor e editor na Small Beer Press. Publicou contos nas colectâneas Best American Voices e Best American Fantasy. Em 2010, O Manual do Detective ganhou o Crawford Award, o Dashiel Hammett Prize e o Strand Critics Award, para a melhor estreia literária.

Crítica:

«Jedediah Berry está em sintonia com o estilo das histórias policiais de Holmes e Spade e reproduz ambientes com um adorável talento.» Michael Moorcock

«Este livro de estreia tece a intriga elaborada que seria de esperar se Wes Anderson adaptasse um livro de Kafka.» The New Yorker

 

Título: As Novas Aventuras da Cadeira-dos-Desejos — A Terra dos Contos de Fadas

Autor: Enid Blyton

Colecção: As Novas Aventuras da Cadeira-dos-Desejos

Preço: 9.34

Pp.: 128

A Cadeira-dos-Desejos leva a Jessica e o Tiago até à Terra dos Contos de Fadas, um mundo onde as histórias de encantar são realidade.

Mas o Desejoso passa a viagem a fazer disparates!

O duende rouba o ganso dourado e rapta o Polegarzinho. Com a ajuda do feijoeiro gigante do Tiago e da fada-madrinha da Jessica, conseguirão os dois recuperar o seu amigo Desejoso?

 

RELANÇAMENTO COM NOVA CAPA

Título:  O Vampiro Armand

Subtítulo: Sinfonia para Sybelle

Autor:  Anne Rice

Preço: 23.90

Pp.: 440

Autora de Entrevista com o Vampiro.

Em mais um volume das «Crónicas do Vampiro», Anne Rice invoca mundos deslumbrantes para nos trazer a história de Armand, eternamente jovem, com o rosto de um anjo de Botticelli.

Armand surgiu pela primeira vez há trinta anos, em toda a sua glória negra, no já clássico Entrevista com o Vampiro, primeiro volume de «Crónicas do Vampiro», romance que tornou a autora famosa em todo o mundo como magnífica contadora de histórias e criadora de reinos mágicos.

Acompanhamos assim, nesta obra, Armand através dos séculos até à Kiev Rus da sua infância — uma cidade em ruínas sob o domínio mongol — e à antiga Constantinopla, onde os assaltantes tártaros o vendem como escravo. Num magnífico palazzo da Veneza do Renascimento, encontramo-lo em escravidão emocional e intelectual com o vampiro Marius, que se disfarça entre os humanos como pintor misterioso e recluso e o qual confere a Armand o dom do sangue vampírico.

 

REEDIÇÕES:

Título: O Dia Cinzento e Outros Contos

Autor: Mário Dionísio

Colecção: Livros de Bolso - Série Grandes Obras

Preço: 9.50¤

Pp.: 224

«Lembro-me perfeitamente de que, ao escrever O Dia Cinzento, não me movia a mínima ambição ‘literária’, mas outra, muito mais ambi¬ciosa e mais ingénua, que era a de acordar naqueles que o lessem a consciência da injustiça social e a necessidade de agirem contra ela.»

Eis as palavras que Mário Dionísio nos deixa no prefácio desta antologia e que resumem o espírito de uma obra pouco ou nada aclamada aquando da sua publicação, mas que o passar do tempo tornou uma das mais aplaudidas da nossa literatura.

Em 1944, O Dia Cinzento surge numa época de medo, desalento e desesperança, em que as palavras eram censuradas e os sonhos reprimidos.

Talvez por isso estas histórias de vidas banais tenham passado despercebidas e o seu verdadeiro propósito não tenha sido reconhecido.

Já em 1967, O Dia Cinzento é de novo publicado, mas desta vez com Outros Contos, escritos na mesma década e que completam este volume de pequenas narrativas sobre pessoas comuns e dispersas, mas que, sem o saberem, partilham a mesma angústia, a mesma tristeza e a mesma frustração de uma vida desencantada, profundamente cinzenta…

Ensaísta, poeta e romancista, Mário Dionísio é sem dúvida uma das mais prestigiadas figuras da cultura portuguesa e do neo-realismo nacional.

Além de A Paleta e o Mundo, obra em cinco volumes que a Sociedade Portuguesa de Escritores galardoou, em 1963, com o Grande Prémio do Ensaio, assinou também o romance Não Há Morte Nem Princípio e as obras poéticas Poesia Incompleta, Le Feu Qui Dort (este escrito em francês) e Terceira Idade — que em 1982 lhe valeu o Prémio do Centro Português da Associação Internacional de Críticos Literários, ex-aequo com uma obra de Alexandre O’Neill. (Poderá encontrar todas estas obras editadas por Publicações Europa-América.)

 

Título: O Grande Gatsby

Autor: F. Scott Fitzgerald

Colecção: Livros de Bolso - Série Grandes Obras

Preço: 7.90

Pp.: 176

O grande clássico da literatura norte-americana

Extraordinariamente rico, Gatsby é famoso pelas festas realizadas na sua mansão em Long Island, apesar de ninguém saber ao certo quem é o anfitrião. Uns dizem que fora espião, outros que é aparentado com uma família real europeia. Mas, na realidade, só mantém estas festas na esperança de que Daisy, o seu antigo amor, vá a uma delas.

Um retrato da América durante os turbulentos anos 20 do século XX e uma sátira ao «Sonho Americano», onde Fitzgerald idolatra os ricos da época apesar de não se conformar com uma certa decadência causada pelo materialismo desmedido e pela imoralidade.

F. Scott Fitzgerald nasceu a 24 de Setembro de 1896. Em 1917, abandonou a Universidade para se alistar no Exército. Desmobilizado em 1919, vai para Nova Iorque decidido a iniciar uma carreira como escritor. Em 1921 consegue, finalmente, realizar o seu sonho quando alcança o sucesso financeiro decorrente da publicação de Este Lado do Paraíso. Muda-se para Long Island, onde inicia o seu romance mais significativo, O Grande Gatsby. Falece em 1940, vítima de ataque cardíaco, sem nunca ter chegado a concluir O Último Magnata.

Maio 07, 2011

Novidades Publicações Europa-América - Mistério - Maio 2011

            

 

Título: O Vizinho

Autora: Lisa Gardner

Colecção: Crime Perfeito

Preço:  21.25

Pp.: 368

De uma mestra do suspense, chega-nos esta história de arrepiar, que explora os perigos que estão sempre à espreita, bem mais perto do que imagina. Pois nunca sabemos o que se passa dentro de um lar, até de uma família perfeita, quando as portas se fecham… Eis o que aconteceu… Era um caso que iria sem dúvida gerar um frenesim mediático - uma jovem mãe, loura e bonita, desaparece da sua casa no sul de Boston, sem deixar rasto, deixando para trás a sua filha de 4 anos como única testemunha e um marido, tão atraente quanto reservado, como principal suspeito.

Nas últimas seis horas…

Mas, a partir do momento em que o sargento-detective D. D. Warren chega ao pequeno chalé dos Jones, ela tem a sensação de que algo está errado com a imagem de aparente normalidade que o casal tanto se esforçou por manter. À primeira vista, Jason e Sandra Jones eram como qualquer outro casal trabalhador com uma filha de 4 anos para criar. Mas, abaixo da superfície calma, espreitavam as trevas...

Do mundo como o conheci…

Com o relógio a avançar e a vida de uma jovem desaparecida em risco e a tempestade mediática a aumentar, Jason Jones parece mais interessado em destruir provas e isolar a filha do que em procurar a sua «amada» esposa. Estará o marido perfeito a tentar esconder a culpa? E será a única testemunha do crime a próxima vítima do assassino?

Lisa Gardner é a autora best-seller n.º 1 do New York Times, que tem várias obras publicadas, todas reconhecidas como obras de mestria no seu género.

Vive com a sua família em Nova Inglaterra, onde se dedica a escrever o seu próximo livro.

Crítica:

«Repleto de reviravoltas inventivas, este livro altamente cativante deixa-nos com uma solução chocante e uma sensação de justiça cumprida.» Publishers Weekly

«Esta é certamente a obra mais complexa de Gardner, e para os seus fãs será sem dúvida um prazer lê-la.» Booklist

«Nunca mais irá olhar para uma porta destrancada, uma janela aberta ou uma ligação à internet da mesma maneira. É perfeito para o Verão, um livro que se lê sem parar, como nenhum outro.» Jon Land, The Providence Journal

 

Título: Falsas Impressões (Reedição)

Autor: Jeffrey Archer

Colecção: Obras de Jeffrey Archer

Preço:  22.10

Pp.: 336

- Porque foi assassinada uma mulher na noite anterior ao 11 de Setembro?

- Porque não ficou surpreendido um banqueiro nova-iorquino ao receber a orelha esquerda dessa mulher na manhã seguinte?

- Porque trabalha um bem-sucedido advogado apenas para um cliente sem receber honorários?

- Porque terá uma perita em arte roubado o Auto-Retrato Com a Orelha Ligada, um dos quadros mais famosos de Van Gogh?

- Por que razão uma ginasta olímpica recebe um milhão de dólares por missão sem ter sequer uma conta bancária?

- Porque continua uma mulher a trabalhar como secretária temporária depois de ter herdado uma fortuna?

- Porque está uma condessa inglesa disposta a matar o banqueiro, o advogado e a ginasta, arriscando-se a passar o resto dos seus dias na prisão?

- Porque está disposto um magnata japonês a entregar 50 milhões de dólares a uma mulher com quem apenas se cruzou uma vez na vida?

- Porque está um agente do FBI a tentar deslindar as relações entre estas oito pessoas aparentemente inocentes?

Falsas Impressões leva-o numa viagem empolgante pelos meandros da arte, de Nova Iorque a Tóquio, de Londres a Bucareste e a uma recôndita aldeia inglesa onde o mistério do último quadro de Van Gogh será finalmente revelado.

Jeffrey Archer, cujos romances se tornaram best-sellers, já vendeu mais de 120 milhões de cópias em todo o mundo. Em 1992, tornou-se o mais jovem membro da Câmara dos Lordes. É um dos escritores de maior sucesso da actualidade.

Maio 07, 2011

Novidades Publicações Europa-América - Biblioteca das Ideias e Contemporânea - Maio 2011

            

 

Título: São João Paulo II

Autor: Alain Vircondelet

Colecção: Biblioteca das Ideias

Preço: 19.08

Pp.: 176

Estávamos a 8 de Abril de 2005, dia das exéquias fúnebres de João Paulo II, acontecimento à escala planetária. No meio da maré humana que inundava a praça de S. Pedro, e enquanto o cardeal Ratzinger realizava a sua homilia,  elevavam-se inúmeros cartazes. Nestes cartazes estavam escritas as palavras: «Santo Subito». Tal como um dia fizeram as multidões da Idade Média, o povo cristão voltaria agora, em pleno século XXI, a reclamar prontamente a beatificação do falecido papa. E a Igreja, obedecendo a esta injunção, deu início ao processo.

É esta história incrível e apaixonante de um homem que se tornou santo que Alain Vircondelet nos narra.

A história de um processo burocrático que se veio a tornar uma história maravilhosa… Alain Vircondelet é mestre conferencista no Instituto Católico de Paris.

Escritor e autor de numerosas obras dedicadas à vida espiritual cristã, consagrou sete livros a João Paulo II, traduzidos por todo o mundo. O presente título tornou-o reconhecido como um dos mais fiéis intérpretes da vida e obra de João Paulo II.

 

Título: As Crónicas dos Elfos III – O Sangue dos Elfos

Autor: Jean-Louis Fetjaine

Colecção: Contemporânea

Preço: 18.07

Pp.: 256

Uma guerra sem precedentes está prestes a desequilibrar o mundo. Os exércitos d'Aquele-Cujo-Nome-Não-Deve-Ser-Pronunciado preparam-se para tomar de assalto a fortaleza de Agor-Dôl e avançar sobre as planícies.

Apesar de serem historicamente inimigos, os elfos da floresta de Eliande, os anões da Montanha Negra e os homens do reino de Logres não têm outra alternativa senão unir esforços para contrariar os planos do Inominável.

Lliane, que conseguiu fugir das Terras Negras e foi acolhida pelos anões de Troïn, voltou ao reino dos elfos. A princesa recém-coroada rainha terá de se aplicar a fundo para apaziguar as rivalidades tenazes, construir pouco a pouco uma coligação e liderar a luta. Anuncia-se uma batalha gigantesca. Seja qual for o resultado, o mundo mudará para sempre.

O Sangue dos Elfos, último volume das «Crónicas dos Elfos», encerra a génese da célebre «Trilogia dos Elfos». Para além da dimensão poética, lendária e histórica, esta obra convida o leitor à reflexão: «A guerra pela guerra não faz sentido. O poder de um único indivíduo não dura para sempre, a única coisa que faz é exterminar toda a vida à superfície do mundo.» Jean-Louis Fetjaine é licenciado em filosofia e história medieval.

Jornalista e posteriormente editor (desde 1985), é autor de diversas obras de sucesso, entre elas «A Trilogia dos Elfos» e a trilogia das «Crónicas dos Elfos», ambas publicadas pela Europa-América.

Crítica:

«Uma escrita eficaz e apta a ressuscitar a magia e o furor dos tempos antigos.» Jacques Baudou, Le Monde

Maio 07, 2011

Novidades Publicações Europa-América - Clássicos - Maio 2011

            

 

Título: Ema

Autora: Jane Austen

Colecção: Clássicos

Preço: 25.13

Pp.: 504

Ema é uma herdeira rica, inteligente e bela. Optimista, consciente da sua superioridade, segura de si mesma, fiel respeitadora das «conveniências» — enfim, o tipo finito da «verdadeira senhora» —, passa o tempo a combinar casamentos «convenientes» entre amigos e protegidos.

Um dia, sem arranjos prévios, ela própria é pedida em casamento pelo Sr.

Knightley. Ema não assume um compromisso, mas não o desencoraja, debatendo-se com um drama interior: o pretendente é amado por uma das suas melhores amigas, a qual Ema deseja ver feliz e «convenientemente» casada. Porém, no seu íntimo tem um sentimento de aversão ao casamento de Harriet com Knightley e não pelas questões de conveniência que tanto respeita: é que ela própria ama Knightley.

Ema cede finalmente a um amor que tem razões mais fortes que a própria razão.

Jane Austen é autora de inúmeros clássicos da literatura, como Persuasão, Sensibilidade e Bom Senso e Orgulho e Preconceito, entre outros (todos editados por Publicações Europa-América). A narrativa de Ema foi também adaptada ao cinema em 1996, pelo realizador Douglas McGrath, num filme maravilhoso com actores talentosos como Gwyneth Palthrow e Ewan McGregor.

  

Título: O Parque de Mansfield (Reedição)

Autora: Jane Austen

Colecção: Clássicos

Preço:  29.17

Pp.: 464

Quem já leu Sensibilidade e Bom Senso, Orgulho e Preconceito, Persuasão ou Ema sabe que o adultério não é um tema habitual nos romances de Jane Austen. Mas quando tal acto assola a relativa calma do Parque Mansfield, os resultados são verdadeiramente inesperados.

Fanny Price, a heroína tímida e insegura, tem de lutar e enfrentar as consequências dos seus actos, reexaminando os seus próprios sentimentos enquanto goza a sua feliz amoralidade, a indiferença de uns e o dedo acusador de outros.

O Parque Mansfield foi publicado pela primeira vez em 1814, em três volumes. A primeira edição esgotou apenas em seis meses e, para muitos dos leitores que se tinham deliciado no ano anterior com Orgulho e Preconceito, deve ter sido um choque depararem-se com as aventuras desta Fanny Price.

Abril 04, 2011

Publicações Europa-América - Novidades Abril 2011 - III

            

 

Título: Memnoch, O Demónio
Autora: Anne Rice
Colecção: Obras de Anne Rice
Preço: 25.74
Pp.: 424
* Relançamento com nova capa
Estamos em Nova Iorque. A cidade está coberta por um manto de neve. No meio dessa brancura, Lestat procura Dora, a bela e carismática filha de um barão da droga, a mulher que desperta nele sentimentos de ternura como nunca outra mortal fizera antes. Dividido entre as suas paixões de vampiro e o amor avassalador que sente por Dora, é a seguir confrontado
com o misterioso e demoníaco Memnoch. Arrancado ao mundo por este adversário temível, Lestat é levado até ao reino dos Céus e depois até ao Purgatório. Aí terá de decidir se acredita em Deus ou no Demónio e, por fim, qual dos dois escolherá servir.
Nas primeiras quatro Crónicas do Vampiro, Anne Rice convocou mundos fantásticos e distantes e tornou-os tão ressonantes, reais e imediatos como o nosso. Neste romance, o mais negro e ousado de todos os que escreveu, ela transporta-nos, na companhia de Lestat, para o universo mítico que nos é mais precioso — o reino da teologia de cada indivíduo.
Anne Rice é uma autora consagrada de diversos best-sellers na área da literatura de fantasia e gótica. Entre êxitos como A Rainha dos Malditos e A Hora das Bruxas, alcançou a notoriedade com Entrevista com o Vampiro, um clássico que redefiniu a literatura de vampiros e foi adaptado ao cinema por Neil Jordan.

Título: Tratado das Fadas
Autores: Ismaël Mérindol e Édouard Brasey (org.)
Colecção: Diversos
Preço: 19.90¤
Pp.: 308
«Não existe nada que não tenha sido primeiro sonhado», escreve a criança feérica Ismaël Mérindol no seu Tratado das Fadas.
Escrito e organizado sob a tradição dos autênticos grimórios do século XV, Ismaël Mérindol conta-nos o seu percurso iniciático pelo mundo maravilhoso das fadas. Através da sua pluma, fadas, ninfas, elfos, gnomos e outras criaturas do Pequeno Povo ganham vida e convidam-nos a segui-las.
Outros tratados feéricos de referência, como O Conde de Gabalis e O Silfo Enamorado, acompanham este texto inédito e permitem-nos regressar às origens da fantasia.
Partamos então ao seu encontro, sem mais demora, pelo caminho dos sonhos… Édouard Brasey, romancista, é um eminente estudioso de lendas e contos nórdicos, bem como do mundo imaginário das fadas e da fantasia, ao qual dedicou mais de quarenta obras. É o autor da tetralogia A Maldição do Anel (editada por Publicações Europa-América e vencedora do Prémio Merlim, 2009) e também organizou e adaptou o famoso Tratado de Vampirologia, de Abraham van Helsing (também editado por Publicações Europa-América), sendo igualmente responsável pela organização e tradução da presente obra.