Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

Não importa onde te leva a viagem mas sim o que ela faz de ti * Gonçalo Cadilhe apresenta "Um Lugar Dentro de Nós"

 

Porque cada um de nós é um imenso mundo por explorar,  Gonçalo Cadilhe convida-nos a partir à descoberta do que somos  e do que as viagens fazem de cada um de nós.

«Não sigas a minha viagem. Procura que a tua viagem surja dentro de ti»

No momento em que completa 20 anos de aventura e descobertas pelo mundo, e depois de nove livros trepidantes sobre as suas viagens, Gonçalo Cadilhe apresenta nesta obra o seu trabalho mais sereno e envolvente até à data. Um Lugar Dentro de Nós não pretende partilhar apenas as jornadas do autor e de outras pessoas com quem se cruza, mas visa essencialmente inspirar o leitor para que cumpra o seu próprio destino. «Não sigas a minha viagem. Procura que a tua viagem surja dentro de ti.»

Um Lugar Dentro de Nós apresenta um conjunto de reflexões vividas em viagem e uma série de imagens de alguns lugares espalhados pelo mundo, mas captadas pela sensibilidade do homem que olha e não do homem que escreve. «O que me interessava fotografar era a minha própria felicidade, feita de luz e pureza sobre a paisagem. Cada fotografia minha era um lugar dentro de mim.»

Excertos

«Cada vez que deixamos de ser eficientes, cumpridores, responsáveis, pontuais, cada vez que reformulamos as prioridades da vida e metemos o tempo à frente do dinheiro, os amigos à frente do patrão, a conversa à frente do negócio, a lentidão à frente da pressa, somos mais felizes.»

«E de noite, sempre à noite, apoiado na amurada, no silêncio e na contemplação que só o infinito líquido e ondulante dos oceanos permite, compreendia o mesmo que qualquer astronauta pode compreender: que este planeta nunca deveria ter sido chamado de Terra por ninguém, pois a sua substância fundamental é a água, e os indivíduos mais felizes da espécie humana são aqueles que a escolhem como caminho de viagem.»

O Autor (na Primeira Pessoa)

Gonçalo Cadilhe é o autor deste livro e desta nota biográfica. Sou eu, portanto. Viajar pelo mundo e escrever sobre ele é a minha profissão. Sou um trabalhador dedicado e assíduo e em vinte anos nunca faltei um dia ao emprego. Tenho mais de 40 anos e amo Portugal — de preferência de longe e explicado a estrangeiros. Acredito no comboio, na bicicleta, no barco, na conversa, no copo de vinho e em outros meios de transporte que levam longe mas não têm pressa de chegar.

Nasci e cresci na Figueira da Foz, onde ainda vivo com a minha mulher e o meu filho. Dito desta maneira, parece que nunca saí da minha cidade. Não é verdade, mas mesmo que fosse bastavam algumas das reflexões que deixo neste livro para que me sentisse plenamente feliz com as viagens que nunca fiz.

PVP: 15,50 € • 176+48 (Extratextos) 

publicado por marcia às 01:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Junho de 2012

PASSEIO À BEIRA-MAR - Uma história luminosa sobre a alegria de viver

 

Depois do bestseller Um Ano à Beira-Mar, uma obra autobiográfica sobre o percurso de uma mulher até à auto-descoberta e auto-realização, chega Passeio à Beira-Mar, um livro que nos inspira, nos incita a viver intensamente cada segundo da nossa vida.

A história de vida de Joan Anderson é um testemunho terno e sincero da sua condição de mulher, e, simultaneamente, um relato inspirador que tem ajudado milhões de pessoas a reencontrar a alegria de viver.

Joan Anderson é apresentadora de televisão, jornalista e autora de numerosos contos infantis, bem como do aclamado livro Breaking the TV Habit.

Numa tentativa de partilhar o que aprendeu ao longo do ano que passou junto ao mar, Joan Anderson criou o programa «Fim-de-Semana à beira-mar», de forma a ajudar outras mulheres a explorar o essencial da vida e a desfrutar o momento presente. Joan vive com o marido em Cape Cod, onde organiza os seus workshops. É ainda oradora frequente em palestras que versam os problemas das mulheres e o papel dos media nas nossas vidas.

PVP: 13,50 €

200 Páginas

publicado por marcia às 23:16
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Junho de 2012

Clube do Autor - Vidas (de mães) que contam histórias

 

Mães Como Nós, de Inês Barros Baptista, autora do bestseller Morrer é só Não ser Visto, é um livro com várias histórias de mulheres com vidas semelhantes às nossas, com inquietações, mágoas, fragilidades, medos, incoerências, planos, sonhos.  Com filhos que a toda a hora chamam por “Mããããããããe!”, mas que nem sempre têm disponibilidade para atender aos seus apelos. Com ilusões e desilusões, dias melhores e dias piores, padrões, crenças, memórias. Com a esperança – comum a todos os seres –  de amarem e de serem amadas.

Chega dia 21 às livrarias nacionais.

publicado por marcia às 23:34
link do post | comentar | favorito

Clube do Autor - O guia das melhores praias nacionais para começar a preparar as próximas férias

 

De Caminha a Vila Real de Sto António, este livro reúne a verdadeira essência de Portugal: um mar generoso e praias soberbas. Seguindo uma determinada ordem geográfica, do norte ao Algarve, Tanto Mar inclui descrições das melhores praias deste vasto litoral, e de algumas vilas costeiras, e indicação das “dez praias onde não pode deixar de mergulhar antes de morrer”. Tudo isto acompanhado, página sim página sim, pelas ilustrações do João Catarino.

«Este Tanto Mar é um achado. Permite-nos ser heróis da aventura de ir-ver-e-vencer, sem levantar o rabo da cadeira, e isso, caros amigos, não tem preço.» Jacinto Lucas Pires, in Prefácio

Sobre Pedro Adão e Silva (textos) e João Catarino (ilustração)

Pedro Adão e Silva (Lisboa, 1974) é licenciado em Sociologia (ISCTE-IUL), tendo-se doutorado em Ciências Sociais e Políticas no Instituto Universitário Europeu, em Florença. É colunista no Expresso e na Surf Portugal e comentador político na SIC Notícias e na TSF, onde é também autor do programa de música Zona de Conforto. É professor na Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL.

João Catarino (Lisboa, 1965) é licenciado em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Frequenta o Curso de Desenho no Ar.co e o curso de Cinema de Animação do CITEN na Fundação Calouste Gulbenkian. Tem colaborado com ilustrações para a revista Surf Portugal, jornais Expresso, Público e e para os canais de televisão TVI e RTP 2. Publicou, em 2010, o diário de viagem EN2.

PVP: 16,50 €

168 Páginas

publicado por marcia às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 13 de Junho de 2012

Novidade Clube do Autor - Não Quero Dizer-te Adeus, de David Baldacci

 

Não quero dizer-te adeus é sobre o destino de uma família marcada pela perda e salva pelo amor. Centrado na resiliência espiritual de um pai e na revelação do amor que une uma família, neste e no outro mundo, Não quero dizer-te adeus está predestinado a tocar profundamente o coração dos seus leitores.

Jack enfrenta uma doença terminal e os médicos não lhe dão qualquer esperança de cura. Jack passa então os últimos dias a preparar-se para a iminente despedida da sua família: a esposa, Lizzie, e os seus três filhos. Então, inesperadamente, a tragédia volta a atacar: Lizzie morre num acidente de viação…

David Baldacci nasceu em 1960, na Virgínia, onde reside atualmente. Exerceu advocacia durante nove anos em Washington, dedicando-se depois à escrita. Do seu currículo faz parte um impressionante número de bestsellers, entrando frequentemente no primeiro lugar da lista dos mais vendidos do New York Times. As suas obras estão traduzidas em mais de 45 idiomas e presentes em cerca de 90 países, sendo Baldacci um dos mais populares escritores em todo o mundo.

PVP: 16,00 €

344 Páginas

Tradução de Ângelo dos Santos Pereira

publicado por marcia às 01:21
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Abril de 2012

Clube do Autor - Vida de Sombras de Louise Erdrich

 

«Agora tenho dois diários. O primeiro é a agenda vermelha de capa dura, igual às que tenho usado desde 1994, quando nasceu o Florian. Foste tu que me deste a primeira para eu registar o primeiro ano como mãe. Foi um gesto querido. Desde então, nunca mais deixei de escrever nestas agendas. (…) O segundo diário, a que poderíamos chamar o meu verdadeiro diário, é aquele em que estou a escrever neste preciso momento.»

Vida de Sombras revela o lado mais sombrio de uma relação amorosa através da história de uma mulher que decide manipular o marido, ciumento e controlador, usando um diário ficcionado. Escrito por uma das mais talentosas escritoras da atualidade, o livro foca a natureza complexa do amor, as ténues fronteiras da identidade e a anatomia da luta de uma família pela sobrevivência.

«Uma pequena obra-prima da ficção.»  Kirkus Reviews

«Poucos escritores escrevem com tanta ternura lírica e um poder que roça a magia.»

Wall Street Journal

«Uma obra-prima. Uma narrativa envolvente, requintada, centrada, impressionante.»

Washington Post

«O retrato de um casamento icónico à beira da dissolução… de uma lucidez inquietante.» New York Times Book Review

«É difícil deixar de ler este livro… Vai crescendo de intensidade culminando num final espetacular e imprevisível. Erdrich transformou a tragédia em arte.»  Philadelphia Inquirer

«Claro, rápido e profundo. Esta obra representa o milagre literário: leva o leitor a suspirar pelo final e, ao mesmo tempo, a lamentar-se que esse momento esteja cada vez mais próximo.» San Francisco Chronicle

«Um retrato impressionante de um casamento em risco.» Vogue

Louise Erdrich é autora de mais de 13 romances, várias obras de poesia, contos, livros infantis e um testemunho. O seu livro Love Medecine recebeu o National Book Critics Circle Award, The Plague of Doves foi finalista do Prémio Pulitzer, enquanto Vida de Sombras foi considerado um dos 10 Livros do Ano de 2010 pela Oprah Magazine.

Erdrich vive no Minnnesota, onde é proprietária de uma livraria, a Birchbark Books.

PVP: 14,50 € • 230 Páginas

Tradução de Maria do Carmo Figueira

publicado por marcia às 22:10
link do post | comentar | favorito

Amanhã nas livrarias - Clube do Autor - A vida boémia e clandestina na cidade de Lisboa no tempo de Salazar

 

Portugal no contexto da segunda guerra mundial enquanto país neutro e em paz. Lisboa enquanto porto de abrigo de reis e rainhas, celebridades, diplomatas e cidadãos anónimos fugidos dos centros de conflito. Eis um relato ímpar, com testemunhos e fotografias inéditas, de um dos mais conturbados períodos da História europeia.

A Passagem para Lisboa conta a extraordinária transformação de Portugal, durante a Segunda Grande Guerra, de uma tranquila cidade portuária na grande porta de fuga da Europa nazi. A realeza, as celebridades, os diplomatas, os soldados em fuga e os cidadãos vulgares arrastavam-se desesperadamente, através da França e da Espanha, até conseguirem alcançar a nação neutral. Aqui, os exilados encontravam a paz e a abundância, apesar de, frequentemente, enfrentarem exasperantes atrasos e incertezas, antes de conseguirem reservar passagens nos barcos ou aviões, para o seu destino final.

«Uma animada descrição de como Lisboa se tornou a antecâmara da Europa nazi ocupada. Weber ressuscita as experiências daqueles que se encontraram numa cidade apanhada entre o Eixo e os Aliados, durante a Segunda Grande Guerra.»  Hanna Diamond, Universidade de Bath

«A outrora sossegada Lisboa atraía um conjunto de abastados expatriados, desesperados, intelectuais e outros refugiados – juntamente com os espiões – criando uma colorida miríade de hotéis de luxo e de bordéis, cujas prostitutas eram pagas para espiar. Weber apresenta um rico, embora sóbrio, microcosmo desta população deslocada pela Segunda Guerra Mundial».  Publishers Weekly

Ronald Weber é professor emérito de estudos americanos na Universidade de Notre Dame. Os seus livros não-ficcionais incluem News of Paris, Hired Pens, Hemingway’s Art of Nonfiction, The Literature of Fact e The Midwestern Ascendancy in American Writing. Publicou também quatro romances.

PVP: 18,90 € • 428 Páginas (+ extratextos)

Tradução de Pedro Vidal

 

 

publicado por marcia às 21:54
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Março de 2012

Bang-Bang Club, do fotojornalista português João Silva, finalmente em Portugal

 

Uma fatalidade sobejamente conhecida roubou-lhe as duas pernas mas não a coragem e muito menos a vontade de viver. João Silva, um dos mais prestigiados fotógrafos de guerra do mundo, e coautor do livro Bang-Bang Club, foi recentemente agraciado com a Ordem da Liberdade.

Até onde se pode ir para obter uma boa imagem? Uma foto vale uma vida?

A cobertura de conflitos é perigosa para todos os envolvidos, mas os fotógrafos são, talvez, os mais expostos. Bang-bang Club é um retrato vivo e extremamente pessoal sobre a guerra e o fotojornalismo, escrito por dois homens cuja vida e trabalho testemunham até onde um jornalista está disposto a ir para contar a verdade.

Durante os últimos e sangrentos dias do apartheid, quatro jovens fotógrafos, amigos e simultaneamente concorrentes, juntavam-se para fazer a cobertura da violência que assolava as cidades segregadas para negros na África do Sul. Greg Marinovich e João Silva contam a história comovente do Bang-Bang Club, uma alcunha dada aos quatro amigos pela imprensa sul-africana e internacional por causa dos extremos intrépidos, e por vezes imprudentes, a que muitas vezes chegavam no intuito de captar em película as imagens violentas do conflito.

Ken Oosterbroek, Kevin Carter, vencedor do Prémio Pulitzer com a célebre fotografia da criança e do abutre, Greg  Marinovich e João Silva não só trabalharam juntos com arriscaram a vida juntos. É precisamente com a morte de Ken, vítima de uma bala perdida que começa a narrativa de Bang-Bang Club, um livro complexo, profundo e inesperado sobre a natureza humana.

Sobre Bang-Bang Club

«Uma história apaixonante, por vezes incómoda e eticamente complexa, de uma situação de guerra e de brutalidade humana.»  Philadelphia Weekly

«Esta obra é um testemunho marcante de uma situação de guerra.»  Booklist

João Silva é fotojornalista do New York Times e um dos mais experientes e prestigiados do mundo. As muitas distinções pelo seu trabalho incluem, por exemplo, a de Fotógrafo do Ano da Imprensa Sul-Africana em 1992. Em Outubro de 2010, quando estava em reportagem no Afeganistão, ficou gravemente ferido ao pisar uma mina, tendo-lhe sido amputadas as duas pernas. Cerca de nove meses depois, já fotografava para a primeira página do New York Times, mostrando a sua forte determinação.

Greg Marinovich é realizador de documentários, fotógrafo e escritor. Tem trabalhado como freelancer para várias publicações internacionais, designadamente Time, Newsweek, New York Times, Washington Post e Associated Press. Ganhou numerosos prémios pelas suas fotografias, incluindo o Prémio Pulitzer na categoria de Fotografia Instantânea, em 1991.

PVP: 16,80 €

304 Páginas (+ extratextos)

Tradução de Ana Glória Lucas

publicado por marcia às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 20 de Março de 2012

Chega com a Primavera! Novidade Clube do Autor!

 

Dizer que o novo livro da aclamada autora do romance A Ilha dos Encantos se desenrola em torno de três mulheres, de três formas distintas de lidar com o passado, um curso de escrita e novos começos é dizer pouco. E não é a editora quem o diz.

«Uma história afetuosa e muito cativante.», The Times

«Trata-se de um livro terno e com uma história muito bem contada.», Sunday Telegraph

«A maravilhosa paisagem escocesa e, sobretudo, as fascinantes personagens constituem o cenário de uma história profundamente sensível e cativante.», Lecturalia

Depois de A Ilha dos Encantos, uma narrativa sobre os contrastes do amor e o poder da amizade na paradisíaca ilha de Corfu, Mary Nickson convida os leitores para uma viagem até à Escócia. É aí, entre lagos e vales verdejantes e castelos encantados, que se desenrola o seu mais recente romance, Segredos do Passado, uma história apaixonante de três mulheres que decidem mudar de vida e lutar pela sua felicidade.

Há cinco anos, Isobel e Giles inauguraram um centro de artes na sua mansão escocesa. Agora, com mais um curso de escrita criativa prestes a iniciar-se, aguardam a chegada de um grupo a contas com o passado.

Determinada a começar uma nova vida, Louisa Forrester parte para a Escócia em busca de aventura, novos relacionamentos e de uma segunda oportunidade.

Marnie Donovan é uma jovem americana que, após um passado marcado por vários abandonos, decide dar um novo sentido à vida. E para tal, quer encontrar a casa de infância de que a misteriosa benfeitora tanto lhe falara e assim honrar a sua memória.

Isobel Grant é uma mulher divertida e a perfeita anfitriã. Mas enquanto tenta manter as aparências de uma vida familiar idílica, enfrenta o maior desafio da sua vida, que coloca em causa o próprio casamento.

No decorrer do curso, Louisa e Marnie sentem uma crescente atração pelo enigmático Christopher Piper e, em pouco tempo, vão ser forçadas a encarar os seus medos mais recônditos e as escolhas que fizeram. 

Sobre Mary Nickson

«Mary Nickson é uma talentosa contadora de histórias.» Ӏ Sunday Telegraph

A escritora Mary Sheepshanks, que também escreve com o seu nome de solteira Mary Nickson, nasceu e cresceu em Eton College, onde o pai dava aulas, mas passou todas as férias de infância em casa dos avós, em Snowdonia, no campo, paixão que lhe ficou até hoje e que se revela nos seus livros. Viu o seu primeiro poema publicado quando tinha dezassete anos embora escrevesse desde tenra idade. O seu nome figura em várias antologias e revistas de poesia e em jornais como o The Spectator, The Times ou Yorkshire and Farmers Weekly.

Em 1995, após a morte do marido, a quem prometera levar adiante a paixão pela escrita, publicou o primeiro romance. A Ilha dos Encantos está traduzido para várias línguas e todos os seus romances têm sido bem recebidos tantos pelos leitores como pela crítica.

Vive atualmente em Perthshire, na Escócia. Tem três filhos e vários netos.

Informação Técnica

PVP: 17,90 € • 420 Páginas

A propósito do enredo do livro, O Clube do Autor vai oferecer um curso de escrita da Escrever Escrever (Escrever um livro: Por onde Começar) a quem quiser partilhar o gosto pela escrita/leitura (em vídeo, fotografia, texto, etc.). O concurso decorre de 24 a 31 de Março e pressupõe, também, o envio do talão de compra do livro.

http://noitesbrancasaler.blogspot.com/
publicado por marcia às 03:07
link do post | comentar | favorito
Domingo, 29 de Janeiro de 2012

O maior autor do thriller internacional chega a Portugal com o «Jogo da Verdade»

 

O novo romance de David Baldacci põe a descoberto os interesses económicos que manipulam o nosso mundo.

Para quê perder tempo a descobrir a verdade quando se pode criar uma tão facilmente?

Nicolas Creel é um homem com uma missão. A sua empresa de armamento enfrenta uma crise e ele arrisca tudo para assegurar o negócio por muitos e muitos anos. Creel põe em marcha um ambicioso jogo, criando e manipulando eventos e conflitos, contando com a ajuda do experiente Dick Pender, «gestor da perceção».

Os dois lançam na Internet o vídeo de um homem a ser torturado, que desencadeia uma série de eventos à escala internacional. De repente, não se fala de outra coisa e o mundo é confrontado com uma nova ameaça, relegando o terrorismo islâmico e outros conflitos para o esquecimento.

Alheio aos jogos que manipulam as principais nações, Shaw só tem um desejo: abandonar a agência secreta para a qual trabalha para se casar. De uma forma inesperada, a sua vida pessoal colide com os planos de Nicolas Creel. E enquanto as nações se aproximam cada vez mais de um conflito aberto, Shaw não descansará enquanto não descobrir toda a verdade, naquela que poderá ser a batalha mais perigosa de todas…

Depois de A Conspiração do Silêncio, O Jogo da Verdade é a segunda obra de Baldacci a ser editada em Portugal, ambas protagonizadas por Shaw, o herói sem nome próprio.

PVP: 18,50 €

436 Páginas

publicado por marcia às 12:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O Livreiro é sobre um liv...

. Novidade Clube do Autor -...

. Lançamento do livro "O Am...

. Margarida Rebelo Pinto re...

. Novidade Clube do Autor -...

. Novidade Clube do Autor -...

. Novidade Clube do Autor ...

. Novidade Clube do Autor -...

. ... há sempre um caminho ...

. O Exílio do Último Libera...

.últ. comentários

Eu li "Livro" no ano passado exatamente para o COn...
Tenho o livro e é excelente as letras são boas est...
Encontrei escrito em português de Portugal, foi tr...
Acabo de ler o livro e gostei muito. Pode não ser ...
Li A Oeste Nada de Novo, era jovem. Tema interessa...
Quero! MUITO!!!
Também acho!
Demasiadas páginas que voam...
Interessante cou ler também.
Nunca cheguei a ler OS Pilares da Terra, mas vi a ...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds