Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Maio 27, 2013

Divina Comédia, uma nova editora que promete dar muito que ler

Na próxima sexta-feira, 31 de Maio, será apresentada a Divina Comédia, um novo projecto editorial com forte destaque para os autores lusófonos.

Este projecto editorial cria um novo espaço para autores de língua portuguesa e para a edição do que de melhor existe na literatura internacional, colmatando uma lacuna num mercado cada vez mais dominado pelos grandes grupos editoriais.

A funcionar em pleno centro de Lisboa, num antigo armazém de livros totalmente recuperado, a Divina Comédia será um local privilegiado de encontro entre autores e leitores.

Com um espaço capaz de receber mais de 200 pessoas, para além de lançamentos de livros, a Divina Comédia terá também um programa alternativo de actividades culturais que será anunciado em breve. 

 

 

O evento está marcado para o próximo dia 31 de Maio, sexta-feira, a partir das  18:00h, prolongando-se pela noite dentro, nas instalações da Divina Comédia na Rua da Conceição da Glória, 75, Lisboa.

Estão programadas seis importantes apresentações de livros, cinco dos quais de autores de língua portuguesa, que darão o mote para um dia de comemoração dos livros, dos autores e da palavra.

A apresentação tem início às 18 horas com o lançamento do livro Alcora, o Acordo Secreto do Colonalismo, de Aniceto Afonso e Carlos de Matos Gomes, apresentado por Fernando Rosas, um documento histórico fundamental que revela todos os pormenores de um acordo estratégico secreto entre o regime ditatorial português, a África do Sul e a Rodésia.

Em seguida, Pedro Almeida Vieira fará a apresentação da obra, O Cavaleiro da Águia, daquele que é considerado o decano do romance histórico português, Fernando Campos, cujo tema central é a fundação da nacionalidade.

Será feita ainda uma breve apresentação de Mudanças, de Mo Yan - Prémio Nobel de 2012, por Vasco Gato, tradutor da obra.

Às 21h30, Nuno Markl lança o seu novo livro Como Desenhar Mulheres, Motas e Cavalos, com poemas de Miguel Araújo. Um livro com o humor inteligente ao qual Nuno Markl nos habituou e ilustrações como só ele sabe fazer. A apresentação será feita por José Luís Peixoto.

Deve ser isto o Amor é o promissor livro de Rita Ferro Rodrigues e será apresentado por Andreia Vale e Pedro Mourinho. Um testemunho, na primeira pessoa, cujo cenário são as diferentes relações de amor entre as pessoas.

Segue-se a apresentação do romance revelação Bordel Português, de Nelson Quintino. Com um registo literário semelhante aos primeiros romances de António Lobo Antunes, Bordel Português é o retrato de uma Lisboa actual, mas castiça, com personagens do bas-fond lisboeta tão ou mais coloridas quanto as da Crónica dos Bons Malandros, de Mário Zambujal.

Após um breve retrato da editora e da equipa, Danny & Riqo [Dj set] dão início ao Divine Comedy Medley, uma performance musical que se prolongará pela noite fora.

Os comes-e-bebes serão servidos por Patrícia Furtado – Café Patita e Sebastião Castilho – Simply Sebastião, autores que em breve terão os seus livros publicados na Divina Comédia.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.