Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

planetamarcia

planetamarcia

Dezembro 20, 2012

Do Grande e do Pequeno Amor - Inês Pedrosa e Jorge Colombo - Opinião

Ler este livro foi para mim uma experiência completamente diferente. Trata-se de uma espécie de álbum de fotos, cada uma com um texto.

Foi, acima de tudo, uma leitura contemplativa de observação e confirmação. Senti-me sem espaço para criação de imagens na mente, na medida em que os rostos e corpos das personagens estão expostos, assim como os locais em que se movimentam. Mas nem por isso achei menos interessante. Gostei de, a cada página, descobrir pormenores nas fotografias, e dei por mim muitas vezes a pensar no que terá dado origem a quê: o texto a partir das fotos? Ou as fotos depois do texto? Ou um misto dos dois como um trabalho de construção?

Seja como for o resultado agradou-me muito. O trabalho fotográfico é de muita qualidade e o facto de as fotografias terem todas um tom vermelho, cor que aliás acompanha todo o livro, resulta muito bem.

Talvez o vermelho tenha surgido da paixão que envolve todo o relato. Um casal em constante conflito e rutura, afastamentos e aproximações, um nunca estar bem juntos nem separados. Um percurso sinuoso de quem não consegue estar afastado mas que vive em guerra quando se (re)aproxima. Ciúme, traição, loucura e arrebatamento. Condimentos de uma história intensa de um amor único. Como todos os amores.

Sinopse

“Romance fotográfico metade texto e metade fotografia.

“Do Grande e do Pequeno Amor” é um romance fotográfico de Inês Pedrosa e Jorge Colombo. Metade texto e metade fotografia, com uma imagem a negro e vermelho em cada página, o livro analisa as emoções dum casal que se separa de vez, sem apelo... e volta a reunir-se, e separar-se, e reunir-se. É uma reflexão sobre a inevitabilidade da vida em estado de guerra, e sobre o amor nas entrelinhas das batalhas.”

Dom Quixote, 2006