Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

planetamarcia

planetamarcia

Dezembro 01, 2012

Booktailors lança coleção «Protagonistas da Edição» com primeiro volume Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses

«[…] havia, da parte dos editores, uma maior preocupação cultural do que há hoje, não é porque os editores sejam piores, mas apenas porque o mercado galgou por cima de tudo.» Fernando Guedes 

Esta e outras questões marcam, há vários anos, o debate no meio editorial, pelo que a Booktailors desafiou a jornalista Sara Figueiredo Costa a realizar entrevistas de vida a editores, designers e tradutores que marcam a história da edição em Portugal. Fernando Guedes, fundador da Editorial Verbo, é o protagonista deste 1.º volume, que aborda os desafios da edição em paralelo com o retrato de uma das suas mais importantes figuras. O lançamento está marcado para dia 5 de dezembro, na Casa Fernando Pessoa, pelas 18.30, e terá apresentação de Francisco Espadinha.

Do advento dos livros nos hipermercados às futuras eleições da APEL, das primeiras participações na Feira de Frankfurt à integração da Verbo no grupo Babel, Fernando Guedes não se furta a temas ou a incómodos. Uma perspetiva lúcida e abrangente de um setor que passou de familiar a multinacional.

Sobre Fernando Guedes

Nascido no Porto em 1929, foi construindo um percurso marcado pela escrita, primeiro no campo da poesia, mais tarde no campo do ensaio. Dedicou-se a temas que vão da pintura à poesia, passando pela história do livro e da edição, área em que publicou livros como O Livro e a Leitura em Portugal (1987), Os Livreiros em Portugal e as Suas Associações desde o Século XV até Aos Nossos Dias (1993), O Livro como Tema — História, cultura, indústria (2001) e, mais recentemente,Livreiros Franceses do Delfinado em Portugal no Século XVIII (2012). Em 1958 fundou a Editorial Verbo, à frente da qual se manteve até 2009. O seu interesse pela cultura e as incursões pelas áreas da investigação e do ensaísmo fazem-no sócio das academias portuguesas de Ciências, História e Belas-Artes, além de sócio correspondente de academias internacionais, como a Real Academia de la Historia de Madrid ou o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Na Academia das Ciências de Lisboa, desempenha atualmente o cargo de inspetor da Biblioteca, tendo à sua responsabilidade um fundo bibliográfico que remonta ao século XIV e se estende até ao presente.

Sobre Sara Figueiredo Costa

É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas — Estudos Portugueses e mestre em Linguística Portuguesa pela Universidade Nova de Lisboa. Jornalista freelancer,colabora com diversas publicações na área da crítica literária e do jornalismo cultural (LERTime OutExpresso e Blimunda).Mantém, desde 2007, o blogue Cadeirão Voltaire, sobre livros e edição, e desde 2003, o blogue Beco das Imagens, dedicado à banda desenhada e à ilustração. É um dos membros fundadores da Oficina do Cego, onde leciona os módulos teóricos sobre história do livro e edição nas formações sobre autoedição.

Sobre a coleção

Constituída por volumes cuidados e de tiragem reduzida, destina-se a profissionais, estudantes, curiosos do livro e da história da edição e tem lugar reservado na biblioteca de qualquer pessoa que goste de livros. A coleção «Protagonistas da Edição» tem por objetivo publicar grandes entrevistas de vida aos principais agentes do livro dos últimos 50 anos, deixando assim, para memória futura, o percurso pessoal e profissional destas personalidades. O primeiro volume é dedicado a Fernando Guedes, decano da edição portuguesa, e fundador da Editorial Verbo. Os volumes seguintes serão dedicados a Carlos da Veiga Ferreira e Guilhermina Gomes.