Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

planetamarcia

planetamarcia

Abril 11, 2012

Civilização publica 'Os Papas: A História' de John Julius Norwich

 

Os Papas: A História. O novo livro de John Julius Norwich, segundo visconde de Norwich e conhecido historiador, escritor e apresentador de televisão, percorre os fascinantes dois mil anos de história da mais antiga “monarquia” contínua do mundo, de São Pedro a Bento XVI. Segundo o autor, um confesso agnóstico protestante, a sua missão passou por relatar, de forma honesta, objetiva e consistente, a história da “mais extraordinária instituição social, política e filosófica alguma vez criada pelo homem”.

As críticas elogiosas a Os Papas: A História e ao seu autor não podiam ser mais entusiasmantes. “John Julius Norwich aborda a sua vasta tela com pinceladas largas, esboçando perfil após perfil com pompa, toques espirituosos e uma quantidade notável de pormenores, assegura The Financial Times. “Um livro extremamente fácil de ler”, escreve ainda The Sunday Times. “Manter uma tal ligeireza sem sacrificar a seriedade académica é um feito notável, conclui The Independent.

Divertido, gracioso, pormenorizado. É, de facto, esta a apreciação geral da crítica ao extraordinário livro de Norwich sobre os 280 detentores do ofício supremo. “Divertido”, escreve The Sunday Telegraph. “John Julius Norwich é um escritor de enorme talento, mestre de um estilo gracioso e muito expressivo”, assevera o Times Literary Supplement. “Norwich tem, sem dúvida alguma, olho para os pequenos pormenores que iluminam toda uma personagem”, remata o Daily Mail.

John Julius Norwich escreveu as histórias da Sicília normanda, da República de Veneza, do Império Bizantino e, mais recentemente, The Middle Sea: A History of the Mediterranean. Escreveu ainda sobre arquitetura, música e as peças históricas de Shakespeare e apresentou cerca de 30 documentários históricos na BBC.

Ex-presidente da Colgnaghi — os mais antigos negociantes de arte de Londres —, é presidente honorário do fundo Venice in Peril, e presidente emérito do fundo World Monuments, na Grã-Bretanha. Durante 25 anos, foi membro do Comité Executivo do National Trust e também pertenceu às direções da English National Opera e da Biblioteca de Londres. É leitor de História, História da Arte, Arquitetura e Música, bem como um entusiástico pianista em clubes noturnos.

Mais informações sobre o autor em http://www.johnjuliusnorwich.com/

SINOPSE

Um relato irresistível de algumas das personagens mais ilustres, e das mais malévolas, da autoria de um dos historiadores mais admirados.

John Julius Norwich centra-se na mais antiga instituição do mundo, seguindo a linha papal pelos séculos, desde o próprio São Pedro — tradicionalmente (ainda que, de modo algum, historicamente) o primeiro papa —, até ao presente, Bento XVI.

Dos cerca de 280 detentores do ofício supremo, alguns foram inquestionavelmente santos, enquanto outros se deleitaram com a mais indescritível iniquidade. Diz-se que um era mulher, só tendo este facto sido descoberto quando deu à luz imprevidentemente durante uma procissão papal. Quase tão chocante é a história de Formoso, assassinado e o seu corpo exumado, vestido com todos os paramentos litúrgicos, sentado num trono e sujeito a um julgamento. Ou a de João XII, sobre quem Gibbon escreveu: “pelo facto de violar virgens e viúvas, as peregrinas não iam visitar o santuário de São Pedro.”

John Julius Norwich atualiza a história papal com entusiasmantes investigações do antissemitismo do desprezível Pio XII, o possível assassinato de João Paulo I e o fenómeno do papa polaco, João Paulo II. Da glória de Bizâncio à decadência de Roma, da Heresia Albigense à controvérsia no seio da atual Igreja, Os Papas é uma obra escrita de forma soberba e reveladora.

Título: Os Papas: A História

Autor: John Julius Norwich

Título original: The Popes: A History

Tradução: Michelle Hapetien

Páginas: 616 + 16 pp.

Encadernação: Capa mole

Família: História, Política e Geografia

PVP: 18,90€

Lançamento: Abril de 2011