Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

planetamarcia

planetamarcia

Dezembro 25, 2011

Desejos de Natal IV – Passatempo o Perfume da Savana – Luís Sérgio Mendes

Um belíssimo poema! Obrigada Luís Sérgio!

“O que eu mais queria neste Natal era que o sonho se tornasse real. Que as ideias fossem possuídas pelas pessoas que de tanto as amarem lutassem por um mundo novo, mais justo, de verdadeira e respeitada liberdade, onde o sonho não fosse uma quimera, um devir, mas sim algo que se vive, se sente e desfruta com amor e solidariedade.”

Entre outras coisas são estes os meus desejos para este Natal, que procurei expressar no poema seguinte e, publiquei no meu blog, NO CORAÇÃO DA ESCOLA:

http://nocoraodaescola.blogspot.com/2011/12/sonho-real.html?showComment=1324576852794#c8785593717563492149

 

Sonho Real

Percorri mais de mil léguas

À procura do caminho

Irreal.

Sentei-me para olhar

O real.

Cansado

Vi o mundo

Dos homens (ir) reais.

Esgotados, enganados,

Alguns esfomeados.

Muitos sem solução

Já não olham o mundo

Não vêem o céu.

 

Perdidos

Aterrorizados

Fogem da razão.

Homens num labirinto

Rebanho guiado

Num caminho triste

Sem razão,

Sem coração

Sem final.

Esquizofrénicos

Na caverna de Platão

Não aguentam a luz,

A claridade cega-os à razão.

Perdidos no mundo

Prisioneiros na escuridão

Domesticados

E cegos, mais que cegos,

Dobrados, olhos no chão,

Como bestas às voltas no poço.

Olham mas não vêem.

Não querem conhecer

Não querem ver

Não ousam percorrer

O caminho da razão.

Olho-os e choro

Choro e vejo

Esqueletos sem coração,

Marionetas de coro

Mundo triste, perdido.

Corro sem parar

Sem parar

Procuro a razão

O caminho

Real

A solução

A vida

O Homem real.

Não desisto

Não quebro.

O caminho faz-se

Em solidariedade

Percorre-se

Com fantasia

Num sonho

Mais que real.”