Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Junho 08, 2009

O Quarto Arcano - O Anjo Negro

 

 

O Quarto Arcano é uma receita requintada. Daquelas inventadas por um chef conceituado, com os melhores ingredientes, um paladar irrepreensível e efeitos colaterais de puro prazer.
De facto, considero-o um livro bastante completo. E continuando a brincadeira de o comparar a uma receita culinária, passo a citar os ingredientes: romance histórico bem conseguido, cheio de intriga palaciana, mistério, espionagem e conspiração; personagens fortes e bem construídas; erotismo explícito (para ajudar aos efeitos colaterais de puro prazer…)
O Quarto Arcano – O Anjo Negro é uma história bem pensada e bem escrita. Tem vários pontos fortes bem conjugados que, a meu ver, são tudo para o tornar um livro de sucesso.
Provavelmente agradará mais a mulheres do que a homens, o personagem principal Blackraven é o estereótipo do “homem ideal”: bonito, invencível, forte, rico, poderoso, nobre, sexualmente irresistível,…enfim páginas e páginas de suspiros e deleite… um homem que faz tudo bem e deixa atrás de si dezenas de admiradoras e amantes. Mas claro, tudo muda no dia em que este espírito livre (e libertino) se apaixona por Melody, uma força da natureza que lhe faz frente sem qualquer receio para defender os seus ideais de igualdade e justiça. Entre os dois têm lugar várias cenas tórridas bastante descritivas, confesso que por vezes achei que caía um pouco no romance de cordel, mas a certa altura a autora acaba com as lamechices.
Gostei muito de toda a envolvente deste romance, a forma como nos vai sendo descrito o passado das personagens e assim explicando as razões de algumas coisas acontecerem.
Percorrendo dois continentes e um oceano, as histórias destas personagens percorrem o tempo e o espaço, remontam a épocas anteriores e explicam árvores genealógicas de casas reais da Europa. Muito completa e pormenorizada, a história de espionagem e intriga é como um romance paralelo ao romance principal, que vai servindo de suporte e explicação do mesmo.
Passado numa época em que ideais como a igualdade começam a assumir o seu papel, a revolta e luta dos escravos pela liberdade tem uma componente marcante e fundamental no desenrolar da acção.
Aponto apenas um defeito, o facto do volume seguinte ainda não estar editado, pois a minha vontade de continuar a ler e saber o que vai acontecer em seguida é quase incontrolável. Espero que a Porto Editora faça chegar “O Quarto Arcano – O Porto das Tormentas” até aos seus leitores o mais breve possível!
Sinopse
“No princípio do século XIX, diferentes processos revolucionários espalham-se pelas colónias espanholas da América, desejosas de se tornarem independentes da Coroa de Espanha. Buenos Aires será uma das primeiras capitais a concretizar esse sonho. É nesse contexto que decorre o romance de Florencia Bonelli, a mais popular autora histórico-romântica do panorama literário latino-americano.

Roger Blackraven é um abastado homem de negócios inglês, com interesses particulares em Buenos Aires, onde é amo e senhor de terras e gentes, que o temem e respeitam. Mas a sua vida vai cruzar-se com o Anjo Negro…

O Anjo Negro é Melody Maguire, uma exótica crioula ruiva, filha de um pai irlandês evadido do seu país para escapar à justiça inglesa. Assim apelidada pelos escravos, Melody luta pelo fim da escravatura. Roger representa para ela tudo o que mais odeia: é inglês, mulherengo, dono de escravos, um déspota - e, no entanto, não consegue evitar a atracção escaldante que nasce entre os dois.

Romance histórico profundamente comprometido, romance sentimental com as cores e os cheiros da América Latina, muitas vezes imbuído de uma carga de erotismo fortemente explícito, O Quarto Arcano
revela aos leitores portugueses uma das mais populares escritoras argentinas.”
Porto Editora, 2009
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.