Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Julho 02, 2011

Não há dois sem 3. Depois de Peter V. Brett e Patrick Rothfuss eis que chega a Portugal outra das maiores revelações do Fantástico da actualidade: Joe Abercombrie. 11 de Julho nas livrarias.

 

O escritor britânico Joe Abercrombie chega a Portugal com um romance de estreia notável – o primeiro livro da Trilogia “A Primeira Lei” –, que entra de imediato para a galeria das grandes obras do género, na esteira de autores como Margaret Weis, Tracy Hickman, R.A. Salvatore, ou mesmo George R.R. Martin e Patrick Rothfuss. Sólido, complexo e apaixonante, “A Lâmina” combina com mestria os elementos típicos do Fantástico, mas acrescenta-lhes a crueldade sanguinária e o humor mordaz que conduzem o leitor aos labirintos mais negros da condição humana. Este não é de certeza um livro “inocente”, com bons de um lado e maus do outro – é um romance de profunda humanidade, que nos coloca perante o espelho arrasador dos nossos pecados e fraquezas.
Perversamente divertido, excitante e imprevisível, e repleto de personagens memoráveis, “A Lâmina” é uma fantasia com muito de verdade. No mundo medieval criado por Joe Abercrombie, a sorte de Logen Novededos, bárbaro infame, esgotou-se finalmente. Apanhado num combate em que não se deveria ter envolvido, está prestes a tornar-se um bárbaro morto, deixando para trás apenas canções más e amigos mortos.
Jezal dan Luthar, modelo de egoísmo, não tem em mente nada mais perigoso do que conquistar a glória no círculo de esgrima. Mas a guerra aproxima-se e, nos campos de batalha do Norte gélido, luta-se com regras mais sangrentas.
Ao inquisidor Glokta, torturado convertido em torturador, nada agradaria mais do que ver Jezal regressar a casa num caixão. Mas também é verdade que o seu ódio será extensível a todos os que conhece. Extirpar a traição no coração da União, uma confissão de cada vez, não deixa um grande espaço para amizades e o mais recente rasto de cadáveres poderá conduzir directamente ao coração enfermo do Governo… se conseguir sobreviver durante tempo suficiente para o seguir…

Joe Abercrombie nasceu em Lancaster, Inglaterra, no último dia de 1974. Foi educado na pretensiosa Lancaster Royal Grammar School, só para rapazes, onde passou muito do seu tempo a jogar computador, dados, e a desenhar mapas de locais que não existem. De seguida foi para a Universidade de Manchester estudar Psicologia. Tendo sempre o sonho de, sozinho, redefinir o género fantástico, começou a escrever uma trilogia épica baseada nas desventuras de um bárbaro, Logen Ninefingers. O resultado foi uma treta pomposa, que rapidamente abandonou. Joe mudou-se para Londres, onde viveu numa espelunca com dois homens à beira da loucura.    
Com um esforço heróico e o apoio da sua família, terminou A Lâmina, em 2004, sendo publicada junto de um público insuspeito em 2006. Desde então já foi publicada em catorze países e as sequelas, Antes que Sejam Enforcados e O Último Argumento dos Reis foram publicadas em 2007 e 2008, respectivamente.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.