Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Fevereiro 18, 2011

Porto Editora - Ficção - José Manuel Saraiva na Porto Editora

 

José Manuel Saraiva escolheu a Porto Editora para publicar o seu mais recente romance, A Terra Toda, que estará disponível nas livrarias a partir do dia 3 de Março.

Autor de Rosa Brava, que vendeu mais de 50 mil exemplares, José Manuel Saraiva afasta-se agora do romance histórico para nos apresentar um romance actual, com um tema escaldante, repleto de paixão e intriga.

A Terra Toda será apresentado pelo Dr. Manuel Dias Loureiro no dia 17 de Março, no El Corte Inglés Lisboa, pelas 18:30. Posteriormente, o autor fará novas sessões no Porto e em Coimbra.

SINOPSE

Abandonado por uma mulher que o traiu com outro homem, Rafael recorre às consultas de uma psicanalista, com quem acabará por se envolver. Só que ele não sabe que está com isso a ressuscitar o seu passado e a expor-se a uma traição ainda mais dolorosa.

Fazendo uma pausa no romance histórico, que o consagrou como um dos mais populares autores portugueses, José Manuel Saraiva mergulha agora nas águas mais profundas da nossa actualidade, abordando um tema escaldante que fará ainda estremecer algumas boas consciências.

O AUTOR

José Manuel Saraiva (Santo António de Alva, 1946) foi jornalista, pertencendo aos quadros de O Diário, Diário de Lisboa, Grande Reportagem e Expresso.

É autor de dois comentários sobre a Guerra Colonial, produzidos pela SIC, um dos quais foi transmitido pelo canal Arte em França e na Alemanha. É sua igualmente a história que deu origem ao telefilme A Noiva, de Luis Galvão Teles.

Em 2001, publica a sua primeira obra, As Lágrimas de Aquiles.

Seguiram-se os romances Rosa Brava (2005) e Aos Olhos de Deus (2008), que o consagraram como um dos mais populares autores portugueses. 

Título: A Terra Toda

Autor: José Manuel Saraiva

Págs: 192

PVP: 15,50 €

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.