Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

planetamarcia

planetamarcia

Junho 04, 2011

Porto Editora - Ficção - A data que marcou a História do Império Romano

 

A Porto Editora publica, no dia 9 de junho, o mais recente livro do escritor italiano Valerio Massimo Manfredi, intitulado Idos de Março.

Este é um romance que relata os oito dias que antecederam o assassinato de uma das mais importantes figuras do Império Romano, Júlio César, marcado para os idos de março do ano 44 a.C. Através dele, Manfredi danos uma perspetiva inédita sobre este imperador, repleta de detalhes históricos pouco conhecidos e convida o leitor a fazer uma reflexão sobre o poder e as suas repercussões.

SINOPSE

Princípios do mês de março, ano 44 a. C. Caio Júlio César – Pontífice Máximo, Ditador Perpétuo, líder militar invencível – estende as fronteiras do império para lá do que muitos imaginariam ser possível. Amado por uns, odiado por outros, comanda o seu próprio destino e detém um poder inigualável sobre um vastíssimo território. Contudo, a sua missão divina – impedir nova guerra civil e preservar a civilização romana e a ordem terrena ameaça conduzi-lo à sua própria destruição…

Apesar da sua aparente boa forma física, César está doente e esgotado. Em constante perigo de vida, nem mesmo os seus mais fiéis apoiantes conseguem pôr termo ao conluio palaciano que se adivinha. Tal vaticínio consumar-se-á nos Idos de Março, uma data que mudará o Mundo para sempre.

Uma crónica implacável dos oito dias que antecederam a morte de um dos mais enigmáticos ditadores de todos os tempos. Uma viagem épica a um momento crucial da História do Ocidente.

O AUTOR

Valerio Massimo Manfredi (1943) é arqueólogo, investigador e topógrafo do Mundo Antigo. Atualmente a lecionar na Universidade de Bolonha, tem publicado inúmeros artigos académicos e várias obras de ficção, de entre as quais se destaca a famosa trilogia sobre a vida de Alexandre, o Grande, cujos direitos foram vendidos para 38 países e que deu origem a um filme da Universal Pictures. A sua obra já vendeu mais de seis milhões de exemplares em todo o mundo.

No catálogo da Porto Editora figura já o seu romance O Exército Perdido, que obteve o Prémio Bancarella 2008.

Página pessoal: www.valeriomassimomanfredi.it

Título: Idos de Março

Autor: Valerio Massimo

Manfredi

Tradutor: José J. C. Serra

Págs: 272

PVP: 15,90 €

Junho 04, 2011

Caminho - Novo livro de Afonso Cruz para a semana nas livrarias

 

Na próxima semana chegará às livrarias O Pintor Debaixo do Lava-Loiças, um novo livro de Afonso Cruz.  Esta é a história, baseada num episódio real (passado com os avós do autor), de um pintor eslovaco que nasceu no final do século XIX, no império Austro-Húngaro, que emigrou para os EUA e voltou a Bratislava e que, por causa do nazismo, teve de fugir para debaixo de um lava-loiças.

Afonso Cruz nasceu em 1971 na Figueira da Foz e é escritor, ilustrador, músico e cineasta. É autor dos livros A Carne de Deus, Enciclopédia da Estória Universal (Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010), Os Livros Que Devoraram o Meu Pai (Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009), A Contradição Humana (Prémio Autores 2011 SPA/RTP; seleção White Ravens 2011; Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2011) e A Boneca de Kokoschka.

Junho 03, 2011

Obra vencedora do Orange Prize 2010 tem chancela Clube do Autor e já chegou às livrarias nacionais

 

Distinguido com o Orange Prize, um dos prémios literários mais prestigiados do Reino Unido e eleito Melhor Livro do Ano por vários jornais de referência, o romance de Barbara Kingsolver foi também finalista do PEN/Faulkner Award.

 

Barbara Kingsolver é uma das mais prestigiadas autoras da actualidade. Bióloga de formação, gosta de documentar-se até à exaustão antes de iniciar cada romance e assim foi com este A LACUNA, um romance épico protagonizado por um homem dividido entre dois mundos:

Filho de mãe mexicana e de pai norte-americano, Harrison Shepherd nasceu nos Estados Unidos. Ainda menino mudou-se com a mãe para o México e foi aí que conheceu Diego Rivera, Frida Kahlo e León Trotsky, o grande líder político que, nessa altura, vivia exilado em terras mexicanas.

Atravessando um dos períodos negros da história da América e as décadas de 30, 40 e 50 no México, misturando personagens ficcionadas com figuras e acontecimentos históricos, A LACUNA é uma odisseia emocionante, rica e ousada sobre a forma como a História pode marcar o destino de cada um, não obstante as suas melhores intenções.

Sobre Barbara Kingsolver

Barbara Kingsolver é autora de sete obras de ficção, entre eles A Bíblia Envenenada (obra vencedora do Prémio Pulitzer) e Verão Pródigo, além de livros de poesia, ensaios e obras de não ficção. Os seus livros já foram traduzidos para mais de 20 línguas. Ao longo da sua carreira, Barbara Kingsolver foi distinguida com inúmeros prémios, fazendo parte da selecção dos «100 Melhores Escritores do Século XX» da Writer’s Digest.

Informação Técnica

A Lacuna

Tradução: Eugénia Antunes

PVP: 18,90 € • 494 Páginas

Junho 03, 2011

A DÉCIMA SEGUNDA REVELAÇÃO, de James Redfield - Casa das Letras

 

“Num Tempo em que todos enganam, dizer a verdade torna-se um acto revolucionário” George Orwell

Sobre o Livro

A Décima Segunda Revelação, é a muito esperada continuação da série das profecias de James Redfield. Este mais recente livro abre com a descoberta de fragmentos de um outro manuscrito antigo e misterioso - uma nova e secreta abordagem à espiritualidade -, que invade silenciosamente a segunda década do século XXI, e leva o herói John Woodson e o seu fiel amigo Wil a mais uma fantástica viagem.

Para compreenderem o seu verdadeiro significado para a Humanidade, terão, no entanto, de ter acesso ao manuscrito inteiro. Iniciam, então, uma busca aventurosa para encontrar a mensagem completa. À medida que abraçam o poder da sincronicidade e iniciam a sua busca, são confrontados por poderosas forças políticas e extremistas religiosos que os tentam impedir de alcançar tais revelações espirituais.

Utilizando aquilo a que chama o «efeito parábola», James Redfield explora as similaridades e discrepâncias que existem entre as várias religiões, revelando as mensagens essenciais sem as quais não poderemos canalizar a nossa experiência de espiritualidade e produzir uma nova onda de integridade e renovação que poderá transformar não só as nossas vidas, como também o mundo.

Sobre o Autor

James Redfield nasceu em 1950, no Alabama. Licenciado em Sociologia e Mestre em Assistência Social, em 1975. Trabalhou, durante quinze anos, com adolescentes psicologicamente fragilizados e respectivas famílias.

Aos 43 anos publicou A Profecia Celestina, tendo-se tornado rapidamente numa obra de culto. Foi um dos livros mais vendidos em todo o mundo, tendo sido traduzido em quase todas as línguas. Durante três anos consecutivos manteve-se na lista de bestsellers do New York Times. Seguiram-se A Décima Revelação e o Segredo de Shambhala (que nos apresenta a décima primeira revelação), obras que continuam e complementam as revelações iniciadas em A Profecia Celestina. Actualmente, James Redfield conta já com mais de dez livros é um  dos mais prestigiados autores metafísicos.

PVP 17,50 eur

296 páginas

Casa das Letras Editora

(a 3 de Junho nas Livrarias)

Junho 03, 2011

Porto Editora - Ficção - "O Sabor dos Caroços de Maçã"

 

Depois de ter publicado vários livros infantis e um ensaio sobre a obra de James Joyce, Katharina Hagena aventurou-se finalmente pelos caminhos do romance. O Sabor dos Caroços de Maçã, que a Porto Editora publica a 9 de junho, foi extremamente bem recebido na Alemanha e em França.

Vinte e uma semanas de permanência nos tops franceses, mais de setecentos mil exemplares vendidos na Alemanha e direitos internacionais vendidos para vinte e um países. Assim se resume o sucesso do envolvente romance de estreia desta escritora natural de Karlsruhe. A linguagem é invulgarmente poética sem nunca cair no kitsch. Em termos de enredo, Hagena mistura os destinos de três gerações, os acontecimentos marcantes com a força metafórica do lugar – a casa e o jardim –, num romance sobre a relação entre memória e esquecimento.

O livro vai, naturalmente, estar em destaque na Feira do Livro do Porto, que decorre até ao próximo dia 12.

O ENREDO

Um romance mágico que apela aos cinco sentidos. Três gerações de mulheres numa história repleta de segredos, de relações perigosas e amizades inesperadas, de nostalgia e esperança.

Bootshaven, Norte da Alemanha. O cheiro a maçãs é intenso e envolve a antiga casa e o jardim. Um perfume que leva Iris, bibliotecária em Friburgo, de regresso aos tempos de criança. Muitos anos passaram, mas tudo parece como dantes: a casa na orla do bosque, as groselheiras brancas, os tapetes de miosótis abafados pelas ervas daninhas. Um jardim mágico, dominado pela velha macieira, debaixo da qual as mulheres da família Lünschen conheceram o amor, a amizade... e a morte. Iris recorda o terrível e misterioso acidente que vitimou Rosmarie, a sua prima querida, com apenas 15 anos. O que estava ela a fazer no telhado do jardim de inverno? E o que lhe teria tentado dizer?

A AUTORA

Katharina Hagena nasceu em 1967 em Karlsruhe.

Estudou Literatura Inglesa e Germânica em Marburgo, Londres e Friburgo, foi investigadora na Fundação James Joyce e lecionou no Trinity College em Dublin e na Universidade de Hamburgo, onde atualmente vive e trabalha como escritora freelancer.

Publicou diversos livros infantis e um ensaio sobre a obra de James Joyce. O Sabor dos Caroços de Maçã é o seu primeiro romance.

Título: O Sabor dos Caroços de Maçã

Autor: Katharina Hagena

Tradução: Edna Narchial Franco

Págs: 224

Capa: mole com badanas

PVP: 15,90 €

Junho 03, 2011

Porto Editora - Ficção - Mosaico Cultural da Istambul Otomana

 

Em Outubro de 2010, a Porto Editora deu a conhecer o eunuco Yashim Togalu, protagonista de O Fogo de Istambul, da autoria do inglês Jason Goodwin. No dia 7 de junho, este fugaz detetive regressa em A Serpente de Pedra, um thriller repleto de ação, enigmas e misticismo, em que Yashim tem de passar por um conjunto de peripécias para provar a sua inocência num homicídio.

Paralelo às aventuras deste herói, é-nos transmitido o exotismo e heterogeneidade da cidade de Istambul do século XIX, composta por comunidades de vários credos, nacionalidades e culturas.

SINOPSE

Istambul, 1838. No seu palácio no Bósforo, o sultão Mahmud II, arquiteto da reforma otomana, está à beira da morte e a cidade agita-se com rumores e sobressaltos.

A chegada inesperada de um arqueólogo francês decidido a encontrar os tesouros bizantinos perdidos provoca grande alarido entre a comunidade grega. Yashim Togalu, o detetive sagaz e diligente, que brilhantemente resolveu os misteriosos homicídios em O Fogo de Istambul, é de novo chamado para investigar a situação. Mas quando o corpo mutilado do arqueólogo é encontrado à porta da embaixada francesa, eis que apenas se perfila um único suspeito: o próprio Yashim.

Com o número de mortos a aumentar, Yashim terá de lutar contra o tempo para provar a sua inocência e desvendar o enigma que se oculta por detrás das ruas escuras e exóticas de uma Istambul que guarda segredos de muitos séculos.

Neste segundo volume protagonizado pelo detetive Yashim Togalu, Jason Goodwin entrelaça com mestria os sentimentos das váriascomunidades que compunham o prodigioso mosaico cultural da Istambul otomana.

O AUTOR

Jason Goodwin apaixonou-se por Istambul quando estudou História Bizantina na Universidade de Cambridge. Depois do sucesso do seu primeiro livro, decidiu fazer uma peregrinação a pé da Polónia até Istambul, e o relato dessa viagem, On Foot to the Golden Horn, valeu-lhe o Mail on Sunday Prize, que lhe foi atribuído em 1993. Intrigado com a influência do Império Otomano na Europa de Leste, e depois de uma investigação exaustiva, publicou o livro de referência Lord of the Horizons: A History of the Ottoman Empire. O Fogo de Istambul, primeiro livro desta série alcançou o reconhecimento da crítica e do público internacional, foi galardoado com o Edgar Award for Best Novel e traduzido para trinta e oito línguas.

Página pessoal: http://www.jasongoodwin.net

Título: Serpente de Pedra

Autor: Jason Goodwin

Tradutor: José Vieira de

Lima

Págs: 320

PVP: 16,60 €

Junho 02, 2011

O CRIADOR DA SÉRIE "HEROES" ESTÁ DE VOLTA COM UM NOVO ÊXITO... A NÃO PERDER! DIA 6 DE JUNHO!

 

TERÁ O LSD MATADO KENNEDY?

Esta é a pergunta aparentemente estranha que o criador de “Heroes” faz em “A Viagem”, o romance que dá o pontapé de saída para um macro-relato de conspiração e intrigas relacionadas com a história recente dos Estados Unidos, e que abordará também, nos dois próximos livros, o caso Watergate e os atentados do 11 de Setembro. «Estes acontecimentos são pontos de inflexão, não só na cultura americana, mas também na nossa própria consciência. Mudaram a forma como nos vemos e como vemos o mundo», diz Tim Kring, que «queria fazer um thriller histórico para contar uma versão alternativa da morte de JFK» e, por acaso, tropeçou no programa MK-Ultra. Perseguindo os “rastos” de LSD no assassinato do presidente John F. Kennedy, Kring, com a colaboração do crítico literário e escritor Dale PecK, estreia-se na ficção com um romance que combina na perfeição a história e o sobrenatural, com uma dose alucinogénica q.b..

Depois de ler “A Viagem”, é inevitável associar o seu argumento aos “condimentos” que fizeram de “Heroes” a série com mais êxito nos Estados Unidos em 2006, com uma audiência de 16 milhões de espectadores e duas nomeações para os Globos de Ouro. A NÃO PERDER!!

Tim Kring é um dos contadores de histórias mais originais da comunidade criativa que usa todos os meios de comunicação – cinema, televisão, banda larga, computadores, dispositivos móveis e a página impressa – para atrair a atenção das audiências de todo o mundo para arcos narrativos e de natureza imersiva. São 76 milhões os fãs que, em todo o mundo, o conhecem como criador e produtor executivo da saga épica da NBC, Heroes, nomeada para os prémios Emmy, que conta a vida de pessoas normais que se descobrem possuidoras de capacidades extraordinárias.

Junho 02, 2011

Vicky Fernandes lança novo livro - A ARTE DE SABER VESTIR

 

A Esfera dos Livros acaba de lançar mais um livro de Vicky Fernandes, A Arte de Saber Vestir. Trata-se de um guia completo de moda e estilo, elaborado por aquela que é considerada inúmeras vezes uma das mulheres mais elegantes do nosso país. Neste livro, Vicky Fernandes dá-nos várias dicas para limpar e organizar o nosso armário, conselhos para encontrarmos o nosso estilo pessoal e construirmos  um guarda-roupa à medida. Dá-nos ainda sugestões para um shopping inteligente e criativo, exemplos de peças icónicas, dos básicos aos clássicos, que não devem faltar em nenhum armário que se preze, formas inteligentes de misturar peças caras com peças baratas, ideias imprescindíveis para cabelos e maquilhagem, e para estar à vontade em ocasiões especiais.

SINOPSE

Vestir-se bem é muito mais do que escolher a combinação certa de peças, cortes, cores e texturas, coroada pelos acessórios adequados. A moda é uma linguagem, uma maneira de nos exprimirmos, de afirmarmos a nossa personalidade, de estarmos no mundo, pisando-o com força e convicção, mas também com elegância e sofisticação… de preferência, de saltos altos! Conhecida pelo seu gosto e estilo muito próprios, Vicky Fernandes eleita várias vezes a mulher mais elegante de Portugal, apresenta-nos A Arte de Saber Vestir. Um guia completo de moda e estilo, com dicas para limpar e organizar o seu armário, conselhos para encontrar o seu estilo e construir um guarda-roupa à medida, sugestões para um shopping inteligente e criativo, exemplos de peças icónicas, dos básicos aos clássicos, que não devem faltar em nenhum armário que se preze, formas inteligentes de misturar peças caras com peças baratas, ideias imprescindíveis para cabelos e maquilhagem, e para estar à vontade em ocasiões especiais, de um piquenique no campo a um casamento ou jantar formal. Sabia que no seu armário não devem faltar umas boas calças de ganga, um trench coat, o imprescindível vestido preto que a salva em qualquer ocasião ou uma camisa branca, entre outras peças fundamentais? Que os supostos defeitos ou imperfeições do nosso corpo podem jogar a nosso favor desde que utilizados com inteligência, que uma mulher com corpo em formato pêra nunca deve usar calças e saias muito justas?

BIOGRAFIA

Vicky Fernandes estudou Direito na Faculdade de Lisboa, cidade onde nasceu, sendo uma figura incontornável quando se fala de etiqueta e elegância. Vive com naturalidade o dia-a-dia e é-lhe fácil desempenhar as múltiplas funções. Empresária e administradora de uma empresa na área de consultoria, organização e realização de actos institucionais, empresariais e sociais e assessoria de imagem. Embaixadora da REN, uma marca internacional de cosméticos, representada por personalidades como Jude Law, Uma Thurman e Carolina Herrera. Uma visibilidade a que se juntam outras representações internacionais, como é o caso da Tod's. Exerceu funções na Câmara Municipal de Lisboa, onde se empenhou na realização e coordenação de projectos especiais de cariz social e na realização de actividades na área da consultoria.

Pág. 5/5