Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

planetamarcia

planetamarcia

Abril 10, 2009

Novidades para Abril - Editora Chá das Cinco

 O Leão Escarlate

  

 

 Depois de As Filhas do Graal, a editora aposta em mais um título de Elizabeth Chadwick, uma reputada autora de romances históricos medievais.

A coragem e lealdade de William Marshal como cavaleiro ao serviço da casa real inglesa foram recompensadas com a sua união a Isabelle de Clare, uma rica herdeira de propriedades na Inglaterra, Normandia e Irlanda.
Mas a segurança e felicidade do casal são destruídas quando o rei Ricardo morre e é sucedido pelo irmão João, que toma os filhos de Marshal como reféns e apropria-se das suas terras. O conflito entre os que permanecem leais e os que se irão revoltar contra as injustiças ameaça destruir o casamento de William e Isabelle e arruinar as suas vidas. William terá que optar por um caminho desesperado que o poderá levar à governação do reino. E Isabelle, receando pelo homem que é a luz da sua vida, terá que se preparar para enfrentar o que o futuro lhes reserva.
 
“Uma capacidade surpreendente para o detalhe histórico… as suas personagens são sedutoras e a história é muito cativante.”
- BARBARA ERSKINE
 
ELIZABETH CHADWICK vive em Nottingham com o marido e dois filhos. É membro da Regia Anglorum, uma sociedade de recriação medieval, que se dedica à reconstituição rigorosa do passado. Dá aulas de escrita de ficção romântica e histórica. Venceu o Prémio Betty Trask com o seu primeiro romance, Wild Hunt. Em 1998, foi nomeada para o Prémio de Romancistas Românticos pelo romance The Champion, em 2001 venceu com White Castle, em 2002 com The WinterMantle e em 2003 com The Falcons of Montabard.
 
Género: Romance Histórico
Palavras-chave: Revolta, Cavalaria,
Guerra de Sucessão
Tradutor: Ana Beatriz Manso
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 448
Tiragem: 2500
PVP: 19,90 €
Data de Lançamento: 24 de Abril

 

Abril 08, 2009

Silver Bay - A Baía do Desejo

 

 

Gostei de ler este livro. Esta história trouxe-me alguma serenidade e fé!
Tem um conjunto de personagens interessantes e bem descritas, um argumento algo previsível mas mesmo assim interessante; achei-o bem estruturado.
No fundo é uma história de amor, com algumas dificuldades e dramas habituais nestas coisas. Mike é a personagem que mais alterações sofre ao longo da narrativa. Começa por ser um executivo Londrino motivado apenas pelo dinheiro e poder, para chegar à última página deste livro como um ecologista sentimental… se isto pode acontecer realmente? Não sei…mas acredito que muitos acontecimentos da vida nos podem mudar e fazer ver as coisas com outros olhos.
Ou será apenas o meu lado sonhador a falar? A verdade é que acabei de ler este livro há momentos e poderá ainda estar a surtir os seus efeitos no meu coraçãozinho mole…aiai…
Bom, além do executivo citadino temos a namorada do executivo e o pai desta…que curiosamente é o patrão do primeiro. Do outro lado do mundo, na Austrália, temos Kathleen a proprietária de um hotel na Baía de Silver Bay, Liza e Hannah. Além destas personagens outras vão povoar esta história enriquecendo-a com as suas particularidades. Mais uma vez acrescento a boa capacidade narrativa da autora.
Aparentemente muito diferentes, Mike, Kathleen, Liza e Hannah vêm as suas vidas entrelaçadas e presas ao futuro de Silver Bay. Mike desloca-se à Austrália para dar inicio à construção de um empreendimento turístico que mudará para sempre o local e a vida dos seus habitantes.
Este livro descreve a transformação de um homem calculista e frio num ser apaixonado e altruísta. Ou será que Mike já possuía estas características mas o facto de nunca se ter envolvido realmente com alguém, de nunca ter amado ou olhado para ou outros e ver para além da aparência exterior lhe estaria a bloquear sentimentos que ele já teria dentro de si?  Poderá o meio em que estamos inseridos influenciar-nos assim tanto? Bons temas para discussão eu acho…
Acho que esta é a história crescimento emocional de Mike, da sua descoberta do amor e de si próprio, contada na voz das várias personagens num ambiente de natureza viva e quase selvagem.
Para não correr o risco de revelar demasiado, deixarei as outras personagens para explorar por quem se quiser dedicar a esta leitura. A história de Liza é também muito interessante…
Sinopse
“Mike Dormer chega a Silver Bay, uma pacata vila costeira da Austrália, com um único e secreto intuito que abalará por completo a vida dos seus habitantes.

Mas Silver Bay reserva-lhe um destino diferente.

Liza McCullen e a sua filha Hannah, de dez anos, residem no familiar Hotel Silver Bay - tão excêntrico como a sua proprietária Kathleen - onde Mike se hospeda. As suas personalidades enigmáticas exercerão um fascínio inexplicável sobre o pragmático executivo londrino, que se deixará envolver irremediavelmente pelos membros da pequena comunidade de Silver Bay e pela magia que descobre no seu modo de vida. Em pouco tempo, Mike sentir-se-á dividido entre a culpa e o desejo, a responsabilidade... e a paixão inesperada. Paralelamente, a vida de Liza sofrerá uma reviravolta inevitável.

Prisioneiros de uma perigosa teia de segredos e mentiras, estarão eles preparados para enfrentar os acontecimentos que se avizinham?”
 
Porto Editora, 2009

 

Abril 05, 2009

Mágoas da Escola - Daniel Pennac

 

O próximo livro da Porto Editora a chegar às livrarias é Mágoas da Escola, de Daniel Pennac.
 
 
 
Daniel Pennac foi um péssimo estudante. Hoje, é um dos nomes mais importantes – e populares – da literatura francesa.
O que à partida poderia parecer incongruente, torna-se compreensível através da leitura de Mágoas da Escola, que a Porto Editora se orgulha em publicar.
Neste livro, Pennac apresenta-nos a escola sob uma perspectiva surpreendente: a de um mau aluno. É sob esse ponto de vista que o autor analisa os problemas que se vivem nas escolas e na educação, dando à figura do cábula a dignidade e a atenção que merece e, não menos importante, sublinhando a angústia e a dor que inevitavelmente o acompanha – “a dor de não compreender􀂫”.
Para além do registo autobiográfico, o que torna este Mágoas da Escola um livro especial é a forma sedutora com que Pennac envolve o leitor, quase como se estivesse a ler um (excelente) romance.
Por isso, mas sobretudo pela reflexão que inevitavelmente proporciona, Mágoas da Escola é um livro que todos os pais, educadores, professores, pedagogos, jornalistas, líderes de opinião e responsáveis políticos não podem deixar de ler – e dar a ler.
 
Sobre Daniel Pennac
DANIEL PENNAC nasceu em Casablanca, em 1944, e é hoje considerado um dos mais importantes nomes da Literatura francesa, estando a sua obra traduzida em praticamente todo o mundo − nomeadamente em Portugal, onde o seu livro Como Um Romance obteve um grande sucesso de vendas (mais de 100 000 exemplares).
 
Mágoas da Escola obteve o prestigiado Prémio Renaudot em 2007, depois de ter estado mais de 50 semanas nos tops de vendas franceses. Traduzido em 24 países, vendeu, só em França, mais de 800 000 exemplares. Em 2008, Daniel Pennac obteve, pelo conjunto da sua obra, o Prémio “Metropolis Bleu”, anteriormente atribuído a escritores como Margaret Atwood, Carlos Fuentes, Paul Auster ou Norman Mailer.
 
Título: Mágoas da Escola | Autor: Daniel Pennac
N.º Págs.: 256 | PVP: 15,50 €
 

Abril 04, 2009

planetamarcia no DN

Agradeço ao DN por divulgar o meu blog no suplemento "DN gente" de hoje.

 

Felicito os meus "colegas bloggers" que foram também entrevistados e uma beijoca especial à Ana Domingos que já tive o prazer de conhecer pessoalmente.

 

Obrigada à Jornalista Isadora Ataíde por me ter escolhido para esta reportagem e pela conversa super agradável que tivémos.

 

Boas leituras a todos! 

Pág. 2/2