Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Julho 28, 2010

Editora Objectiva - Lançamentos de Julho e Agosto

   

 

Como falar com um viúvo

Um romance inteligente, divertido, comovente e irresistível sobre o amor, a perda e a (in)fidelidade. Uma história que nos fala sobre encontrar o nosso caminho, mesmo quando não fazemos a mínima ideia de onde queremos ir.

Doug Parker. 29 anos. Viúvo.

Quando casou com Hailey – linda, inteligente e dez anos mais velha – Doug prescindiu de uma vida despreocupada em Manhattan para ir viver numa pacata cidadezinha do estado de Nova Iorque com a mulher e o enteado. O idílio do casal termina tragicamente com a morte inesperada de Hailey, que deixa Doug afogado em sofrimento e Jack Daniels.

Doug sente-se incapaz de ultrapassar a morte da mulher e olhar para o futuro com esperança. Mas os problemas da sua família excêntrica não lhe deixam espaço para muitas lamentações. Claire, a irmã-gémea de espírito autoritário, muda-se de armas e bagagens, e um bebé na barriga, para casa de Doug, determinada a dar um novo rumo à vida do irmão.

Debbie, a irmã mais nova, anda obcecada com os preparativos de um casamento de princesa com o ex-melhor amigo do irmão. Mas a grande preocupação de Doug é o enteado, Russ, que se transformou de criança doce em adolescente problemático.

Sobre Como falar com um viúvo

“Triste, divertido e brilhante, Como falar com um viúvo é um dos romances da temporada.” Evening Herald 

“Com um domínio perfeito do ritmo e do humor, Jonathan Tropper evita a lamechice intercalando as cenas comoventes em que evoca a memória da sua mulher com diálogos sarcásticos e extremamente divertidos.” Booklist 

“Com mulheres fortes e inacreditavelmente bonitas, e homens malandros e imperfeitos, Como falar com um viúvo apresenta uma perspectiva resignada mas esperançosa do sofrimento, sem esquecer o lado absurdo da condição humana. Um romance terno, sábio e franco, com um herói hilariante.” Kirkus Reviews 

“Um bom equilíbrio entre dor e sentido de humor… Surpreendentemente comovente.” Entertainment Weekly 

“Uma história divertidíssima que, por trás do humor negro, revela uma meditação comovente sobre o amor e a perda.” The Daily Mail

“Humor inteligente, observações sábias e personagens fascinantes.” Daily Telegraph 

Sobre Jonathan Tropper

Autor de vários romances, que estão traduzidos em mais de dez idiomas.

Vive com a mulher, Elizabeth, e com os filhos no estado de Nova Iorque, onde lecciona na Manhattanville College.

Três dos seus romances, incluindo Como falar com um viúvo, estão em processo de adaptação ao cinema.

Notas ao Editor

Título – Como falar com um viúvo

Género – Romance

Autor – Jonathan Tropper

Site oficial do escritor – www.jonathantropper.com

Colecção (selo) – Suma de Letras

Número de páginas – 302

Formato – 15 x 23 cm

 ISBN – 978-989-672-039-1

Código de barras - 9789896720391

PVP com IVA - € 17,50

 

Graceling - O dom de Katsa

Alfaguara publica, em Portugal, uma estreia segura, no romance de fantasia, que aborda de forma cativante questões de identidade, autenticidade e autonomia.

No universo dos Sete Reinos. Katsa é uma Graceling, um ser raro com um dom extraordinário: desde os oito anos que é capaz de matar sem recurso a qualquer arma. O rei de Middluns, tio de Katsa, força a sobrinha órfã a usar o dom ao seu serviço, encarregando-a de matar todos os que lhe criem obstáculos.

Quando conhece um estranho príncipe cujo misterioso dom poderá estar à altura do dela, enfrenta pela primeira vez a perigosa sedução dos corrompidos pelo poder, mas aprende também a ter a coragem de confiar nos outros – e em si própria.

A oportunidade de empregar o seu talento ao serviço do Bem surge quando Katsa descobre que os Sete Reinos se encontram sob a ameaça de uma força sombria, que só um acto de heroísmo poderá vencer.

Com uma escrita elegante e envolvente, e um elenco de personagens inesquecíveis, Kristin Cashore cria um universo enfeitiçante, uma aventura que desafia a própria morte, e uma belíssima história de amor.

Quem entra nos Sete Reinos já não consegue sair…

Um livro com um dom, em todos os sentidos

Os leitores conhecem Katsa quando ela vai salvar o pai do Rei de Lienídia, que foi raptado. Os motivos da sua captura estão associados a uma intrincada conspiração que Katsa desmascara, com a ajuda do Príncipe Po, o neto do prisioneiro. O Príncipe Po, também ele um dotado, torna-se parceiro e amante de Katsa naquilo que se torna uma missão perigosa e mortal.

Katsa é uma heroína adolescente segura da sua força, mas insegura em relação ao seu lugar no mundo. Cada personagem é meticulosamente caracterizada na sua complexidade, tornando os vilões ainda mais aterradores na sua loucura subtil e doentia.

Sobre Graceling - O dom de Katsa

"Um primeiro romance original e absorvente… Katsa deita por terra todas as realidades biológicas e todos os estereótipos culturais da fraqueza feminina, o que constitui grande parte do seu encanto. É a encarnação do poder feminino… Kristin Cashore brinca com a ideia do desconforto causado por certos dons ou talentos durante a adolescência e como pode ser difícil lidar com eles… O livro apresenta uma parábola perfeita da adolescência, na qual as suas personagens se debatem com emoções turbulentas que têm de aprender a controlar… As personagens adolescentes deste romance, parecidas com algumas que conhecemos na vida real, aprendem a viver com os seus dons.” The New York Times Book Review

“Kristin Cashore cria personagens com profundidade, subtileza e mestria, que agradarão tanto a jovens como a adultos… Uma estreia impressionante.” Booklist

“Uma estreia segura no reino da fantasia que aborda de forma fascinante questões de identidade, autenticidade e autonomia… Um livro com um dom, em todos os sentidos.” Kirkus Reviews

“Esta história de amor vai saciar a sede dos fãs de Crepúsculo, mas um dos méritos deste livro é precisamente a sua capacidade para cativar um público muito vasto e diversificado de leitores…Com esta estreia deslumbrante, a autora elevou o nível a um patamar muito alto.” Publisher’s Weekly

Sobre Kristin Cashore

Kristin Cashore tem nacionalidade americana, cresceu com os pais, as três irmãs e muitos gatos no estado da Pensilvânia, numa aldeia com vacas, celeiros e montanhas.

Estudou em Williams College, no estado de Massachusetts. Depois de um périplo por várias cidades americanas e europeias, regressou a Boston, onde concluiu um mestrado no Centro de Estudos de Literatura Infantil em Simmons College. E foi aí que começou a escrever para o público infanto-juvenil.

Recentemente, mudou-se da Flórida para a cidade universitária de Cambridge, no estado de Massachusetts, e está a adorar voltar a viver numa região com quatro estações. Graceling - O Dom de Katsa é o seu primeiro romance, e o primeiro volume da trilogia dos Sete Reinos.

Notas ao Editor

Título – O Dom

Género – Ficção, fantasia

Autora – Kristin Cashore

Blog oficial da escritora – http://kristincashore.blogspot.com

Colecção (selo) – Alfaguara

Número de páginas – 436

Formato – 15 x 23 cm

ISBN – 978-989-672-021-6

Código de barras - 9789896720216

PVP com IVA - € 18,00

 

Quando fui outro

Este livro é para apaixonados, diz-nos o autor desta belíssima antologia da obra do eterno Fernando Pessoa.

A paixão é apenas um dos temas explorados neste livro. Além de grande poeta, Fernando Pessoa foi também filósofo, interessado por assuntos tão diversos como religião, astrologia, história e política.

Um ficcionista que se desdobrava em múltiplas identidades, à procura, quem sabe, de se conhecer e de se esquecer.

Nesta antologia, que reúne uma selecção fascinante de poemas, ensaios, anotações e fragmentos de cartas de amor, os heterónimos escondem-se para permitirem ao leitor vislumbrar Fernando Pessoa, o poeta e o homem, na espantosa unidade que espreita por trás da sua multiplicidade.

O leitor contemporâneo encontrará nestas páginas múltiplas razões para se emocionar, perturbar e questionar, caminhando de braço dado com o maior poeta moderno português.

Sobre Quando fui outro

“Este Pessoa é único, uno, íntegro. Um vendaval de beleza e conhecimento – com menos contradições do que aquelas que nos habituámos a registar.” Inês Pedrosa

Sobre Luiz Ruffato

Romancista brasileiro, nasceu em 1961. É autor de, entre outros livros, Eles eram muitos cavalos (2001), publicado também em francês, italiano e espanhol, e Estive em Lisboa e lembrei-me de ti.

Notas ao Editor

Título – Quando fui outro

Género – Antologia

Autor da antologia – Luiz Ruffato

Colecção (selo) – Alfaguara

Número de páginas – 236

Formato – 15 x 24 cm

ISBN – 978-989-672-042-1

Código de barras - 9789896720421

PVP com IVA - € 14,50

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.