Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Fevereiro 25, 2010

Novidades Saída de Emergência

   

 

 

O Mago – Aprendiz - Raymond E. Feist
 
Na fronteira do Reino das Ilhas, existe uma cidade tranquila chamada Crydee. Nessa cidade, vive um rapaz órfão de nome Pug. Trabalhando nas lides do castelo que o acolheu, ele sonha com o dia em que se tornará um guerreiro valoroso ao serviço do rei. Mas o destino troca-lhe as voltas e o franzino Pug acaba por tornar-se aprendiz do misterioso Mago Kulgan.
Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para todo o sempre. Subitamente a paz do reino é esmagada, sem piedade, por misteriosas criaturas que devastam cidade após cidade. Quando o mundo parece desabar a seus pés, Pug percebe que apenas ele poderá mudar o rumo dos acontecimentos, penetrar as barreiras do espaço e do tempo, e dominar os poderes de uma nova e estranha magia…
Esta é uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde irá conhecer povos e culturas exóticas, aprender a amar e descobrir o verdadeiro valor da amizade. Mas, no seu caminho, terá de enfrentar tenebrosos perigos e derrotar os inimigos mais cruéis.
 
Género: Lit. Fantástica
Palavras-Chave: Ambição, Aprendiz, Mago, Destino,Inimigos, Magia, Viagem, Amizade
Tradutor: Cristina Correia
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 416
Tiragem: 7500
PVP: 19,95 €
Data de Lançamento: 5 de Março de 2010
 
Raymond E. Feist, é um dos nomes mais importantes de todos os tempos no que diz respeito à literatura fantástica. Nasceu no Sul da Califórnia e vive em San Diego.
Estudou na Universidade de San Diego, onde se licenciou com honras, em Ciencias
da Comunicação em 1977.
Tendo sido traduzido em mais de 23 países, O Mago é a sua primeira obra-prima e a base para toda a sua vasta obra, que atinge constantemente as listas de bestsellers do New York Times e Times of London.
Quando não está a escrever, Raymond é um coleccionador de DVDs, estudioso da história do futebol, fã de ilustração e um grande apreciador de bons vinhos.
 
Flashforward - Robert J. Sawyer
 
O que faria se tivesse um vislumbre trágico do seu próprio futuro?
Tentaria mudar as coisas, ou aceitaria que o futuro é imutável?
Em Flashforward – Presságio do Futuro, é iniciada uma experiência científica que conduz ao inesperado: o mundo inteiro cai inconsciente por instantes e todas as mentes são projectadas vinte anos no futuro. Quando a humanidade desperta, o caos impera por todo o lado: carros arruinados, cirurgias falhadas, quedas, destruição em massa e um elevado número de mortes. Mas esse é apenas o início. Passado o choque das visões, cada indivíduo tenta desesperadamente evitar ou assegurar o seu próprio futuro vislumbrado… Expondo as perspectivas de várias personagens, Robert J. Sawyer realiza uma brilhante reflexão filosófica sobre viagens no tempo, consciência, destino e o que significa ser humano.
 
“Uma reflexão criativa e profunda sobre o destino, o livre arbítrio e a natureza do universo.”
– PUBLISHERS WEEKLY
 
Género: Ficção Científica
Palavras-Chave: Viagens no tempo, Visões do futuro,Destino
Tradutor: Susana Serrão
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 288
Tiragem: 1800
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 5 de Março de 2010
 
Robert J. Sawyer, natural de Ottawa, Canadá, é um escritor de ficção científica multi-premiado, com mais de dezoito romances publicados e inúmeros contos em antologias e revistas do género. Foi vencedor dos prémios Hugo e Nébula e exerceu o cargo de presidente da SFWA (Science Fiction Writers Association).
 
Nas Montanhas da Loucura – H.P. Lovecraft
 
Uma expedição científica é enviada para a desolação gelada da Antárctida. No local de chegada, a equipa inicia uma busca por fósseis do tempo em que a Antárctida era uma exuberante selva pré-histórica. É então que descobrem, numa caverna gelada, espécimes preservados de criaturas aladas que são levados para investigação.
O líder da expedição acorre ao local da descoberta para encontrar o campo destruído, os homens chacinados e os itens desaparecidos. Suspeitando de um motim ou de loucura, parte em direcção às montanhas em busca da verdade, mas o que irá encontrar são segredos aterradores que estão para além da imaginação e sanidade…
 
Género: Horror / Fantástico
Palavras-Chave: Loucura, deuses, mistério, monstros ecriaturas tenebrosas
Tradutor: Sérgio Gonçalves
Formato: 11 x 17 cm
Páginas: 240
Tiragem: 2000
PVP: 10€
Data de Lançamento: 12 de Março de 2010
 
O Mito Maçónico - Jay Kinney
 
A MAÇONARIA E OS SEUS SÍMBOLOS E RITUAIS SECRETOS…
A maçonaria tem estado desde sempre ligada à Revolução Francesa, aos cavaleiros Templários ou às pirâmides do Egipto. Tudo o que havia a dizer sobre os membros da organização já foi dito. Acredita-se que poderão ser agentes correctores de elite a governarem o mundo, uma rede de ocultistas e pagãos empenhados em construir uma nova ordem mundial, ou até mesmo uma irmandade milenar que perpetua conhecimentos antigos através de ensinamentos esotéricos. Os seus símbolos secretos, rituais, e organização durante séculos permaneceram envoltos em mistério e deram origem a uma infinidade de teorias. O Mito Maçónico revela a verdade sobre os maçons de um modo a que o leitor não ficará indiferente.
 
“Este é um livro obrigatório de ler sobre Maçonaria. Mesmo aqueles que conhecem bem o assunto irão surpreender-se com a perspectiva de Jay Kinney” – Joscelyn Godwin
 
Género: Ensaio
Palavras-Chave: Maçonaria, rituais, símbolos secretos,mistério.
Tradutor: David Soares
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 288
Tiragem: 2000
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 5 de Março de 2010
 
Jay Kinney nasceu em 1950 nos EUA, e notabilizou-se como autor, editor e cartoonista. Começou a sua carreira no mundo da banda desenhada, tendo depois sido editor das revistas “CoEvolution Quarterly” e “Gnosis”. O autor é membro da Maçonaria e, desde o fim da “Gnosis” em 1999, já escreveu dois livros e uma antologia, sobre tradições ocidentais esotéricas.
 
A Espada e a Chama Saga do Rei Dragão - Volume III - Stephen Lawhead
 
Quentin reina agora como Rei Dragão, e é confrontado com a investida mais violenta de todas: o insidioso ataque do mal que cresce dentro de si mesmo. Como um jovem acólito do deus Ariel, ele empreendera alegremente uma viagem que o afastaria dos velhos deuses, levando-o ao encontro do Altíssimo.
Desta vez já não é apenas a sua vida, ou a sobrevivência do reino que se encontram em jogo. Nimrood tem em seu poder, como refém, o filho de Quentin. O Rei Dragão perdeu a sua espada e perdeu o seu rumo. Irá também trair o seu voto solene com o Altíssimo?
 
Género: Jovem Adulto / +14
Palavras-chave: Rei Dragão, Traição, Batalhas, Fé, Espadas Mágicas
Tradutor: Maria Nóvoa
Formato: A5 / capa dura
Páginas: 352
Tiragem: 1200
PVP: 17,96 €
Lançamento: 05 de Março de 2010
 
Stephen R. Lawhead é atualmente considerado um dos melhores escritores contemporâneos cultores do romance fantástico. Para esta sua posição, contribuiu grandemente O Ciclo Pendragon. Mas já antes, Stephen Lawhead revelara a sua mestria na técnica do romance fantástico em obras premiadas como O Cântico de Albion e a trilogia A Saga do Rei Dragão.
Natural dos Estados Unidos, as suas investigações sobre as lendas e a sabedoria célticas levaram-no até Oxford, a velha cidade universitária inglesa, onde vive presentemente com a mulher e os dois filhos.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.