Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

planetamarcia

planetamarcia

Janeiro 31, 2010

A Agência - Ally O'Brien - Opinião

 

“ A Agência” foi um dos livros que promovi sob a forma de passatempo recentemente aqui no blogue. Tinha a perspectiva de ser um livro descontraído e muito divertido. Não me enganei, proporcionou-me momentos de leitura únicos.
Tess Drake é uma espécie de heroína desta história. Digo uma espécie pois é aquele género de pessoa que comete gaffes, enfim, mete frequentemente “o pé na argola”. Tess trabalha na indústria do entretenimento e pretende iniciar o seu próprio negócio, ser patroa de si própria, fundar a sua Agência.
Acima de tudo esta história vale por Tess, pela forma directa como se dirige ao leitor, como estabelece  o seu próprio diálogo com ele, através dos seus pensamentos mais privados. Adorei a forma como caracteriza as outras personagens, como lhe encontra pontos particulares e os “trabalha” sob a forma de um humor que não é exactamente negro mas tem uns apontamentos de requinte numa área cinzenta.
Tess tem um emprego que pretende deixar para se tornar independente mas não sabe se consegue os clientes necessários para se estabelecer por conta própria, está apaixonada pelo amante casado mas não consegue resistir a outras aventuras sexuais. Já perdeu a melhor amiga, pelo meio da trama é acusada de homicídio, encontra-se com Tom Cruise, trava uma luta sobre propriedade intelectual e corre sérios riscos de chegar ao fim do livro sem nada…sem nada não, a seu lado tem sempre a sua assistente lésbica e um cliente sem perspectivas de algum dia trazer algum lucro ao negócio.
Uma história cheia de altos e baixos, muito divertida, que se lê num fôlego. Uma escrita simples e acessível que permite uma leitura muito rápida; o nível de satisfação obtido é alto, obriga ao contínuo folhear das páginas, só se pára quando se chega ao fim.
Sinopse
“A sensual superagente Tess Drake trabalhou arduamente para conseguir conquistar um lugar na fascinante, mas feroz, indústria do entretenimento. Funcionária da Agência Literária Bardwright, que opera em Londres e Nova Iorque, move-se nos emocionantes e acelerados mundos da lealdade, da imoralidade e da vingança. Tess está metida em sarilhos, grandes sarilhos... Tem ainda outro ligeiro problema: dorme com homens dos dois lados do Atlântico, que, por sua vez, dormem com as mulheres que estão a tentar arruiná-la. Conseguirá Tess abandonar o barco sem perder os clientes e sem despedaçar o coração? Ou perderá tudo, antes de descobrir se realmente possui as qualidades necessárias para fazer o que sempre desejou? Este é um romance imensamente divertido, cheio de riscos e de recompensas, que nos revela o mundo das grandes agências de direitos e expõe toda a ambição, o sexo, a adrenalina e a sorte dos quais depende o êxito de uma jovem mulher.”
 
Editorial Bizâncio, 2009

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.