Domingo, 30 de Maio de 2010

Dança com o Diabo - Sherrilyn Kenyon - Opinião

 

“Dança com o Diabo” é o quarto livro da série “Predadores da Noite”. Não se pode dizer que a sua leitura constitua uma surpresa, pois a autora mantém-se na linha dos volumes anteriores, mas o que é facto é que como em “equipa que ganha não se muda”, este livro tem os ingredientes para mais um enorme sucesso.

Desta vez a narrativa gira em torno de Zarek, o menos simpático dos Predadores da Noite. Acostumado a ser odiado por todos, Zarek é um ser revoltado e zangado com a vida. Desta forma, habituado a ser colocado de parte e considerado uma má companhia, nada faz para mudar a imagem que têm dele. As suas atitudes são incompreendidas e ninguém pensa duas vezes antes de o considerar culpado; séculos de isolamento e exclusão fizeram com que tornasse revoltado com tudo e todos.

Numa altura em que a sua vida é entregue nas mãos de Astrid, uma Ninfa que personifica a justiça, Zarek encontra, pela primeira vez alguém que o vê com outros olhos…curiosamente Astrid é cega mas vê o que ninguém ainda havia parado para ver: as razões na origem do mau temperamento de Zarek.

Aos poucos Astrid percorre o caminho para o coração fechado de Zarek e vai descobrindo o ser que se esconde por detrás de tanta dureza; ao mesmo tempo Zarek vai-se deixando cativar pela calma e doçura de Astrid. O amor surge entre dois seres tão diferentes, resta saber como enfrentarão as lutas e as mortes que o destino lhes reserva. Poderá Astrid salvar Zarek?

As habituais passagens amorosas repletas de sensualidade e erotismo são, mais uma vez, um dos pontos fortes deste livro.

Um excelente entretenimento que faz sonhar e sorrir, altamente recomendado para qualquer dia, em qualquer hora. Sem dúvida uma série para continuar a seguir.

Motivos mais do que suficientes para participar no passatempo a decorrer. Três livros em jogo. Detalhes aqui.

Sinopse

“Zarek é o mais perigoso de todos os Predadores da Noite. Exilado no Alasca durante séculos, desprezado pela deusa que o criou e temido pela sua própria espécie, foi condenado à morte por Ártemis na sua última missão. A sua única hipótese de salvação vem do líder dos Predadores da Noite, Acheron, que convoca a justiça da ninfa Astrid; mas, em toda a história do mundo, Astrid nunca considerou ninguém inocente… Dizem que mesmo o homem mais amaldiçoado pode ser perdoado, mas conseguirá Zarek convencer Astrid de que, por trás de uma besta feroz, se esconde um ser humano que deseja amar e ser amado?”

Saída de Emergência, 2010 

publicado por marcia às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 7 de Março de 2010

O Abraço da Noite - Sherrilyn Kenyon - Opinião

 

”O Abraço da Noite” é o terceiro volume da série “Predador da Noite”, publicada pela Chá das Cinco (Grupo Saída de Emergência).
Após a leitura do terceiro livro não me posso dizer surpreendida pois já me sinto dentro do ritmo destas histórias, mas estou bastante agradada com esta leitura e com o facto de ter absorvido mais informação sobre o mundo dos Predadores da Noite.
A autora conseguiu mais uma vez manter-me agarrada ao livro com um ritmo de leitura compulsivo, página atrás de página deixei tarefas por fazer e roubei algumas horas às noites de sono. Tudo para acompanhar a história ardente de Talon e Sunshine!
Adorei a personagem Sunshine, uma mulher sensual mas muito distraída e despreocupada, é artista plástica e com uma grande sensibilidade; desde o primeiro encontro que sente uma atracção incontrolável por Talon. Quanto a Talon, não me vou alongar mas é um herói em diversos planos, corajoso guerreiro Celta com um passado triste e amaldiçoado. Poderá o amor por Sunshine significar mais do que parece à primeira vista?
Posso caracterizar a escrita como leve e muito acessível para uma história envolvente e apaixonada; a simplicidade da escrita é o equilíbrio para o “peso” de uma história de amor com centenas de anos, os heróis desta história são almas-gémeas intemporais que lutam contra o destino para poderem ficar juntos.
Repleto de aventura, emoção, superstição, maldições e muita sensualidade, “O Abraço da Noite” mantém os sentidos apurados e as emoções à flor da pele. Com diversas passagens de sexualidade bastante gráfica, bem como de lutas entre Predadores da Noite, Daemons, Lobisomens, Deuses e outras espécies que nos vão sendo apresentadas, entramos num mundo tão irreal mas tão denso que só queremos saber mais e mais.
Sofremos com o derramamento de sangue e com as injustiças, vibramos com os encontros e desencontros, apreciamos as fantásticas descrições das personagens e claro, torcemos até ao fim pela vitória do que queremos acreditar ser o mais nobre dos sentimentos e o justo vencedor de todas as lutas: o amor! Neste caso um amor que não se explica, que vive e cresce através dos séculos, que de ser tão paranormal nos atrai e nos faz desejar viver algo assim.
As minhas opiniões dos volumes anteriores: Amante de Sonho e Prazer da Noite
Sinopse
Querida leitora
A vida para mim é ótima. Tenho o meu café de Chicória, o meu beignet quente e o meu melhor amigo ao telemóvel. Depois de o sol se pôr, sou a pior coisa que percorre a noite: comando os elementos e não conheço o medo. Durante séculos, protegi os inocentes e tomei conta da humanidade, assegurando-me de que estão seguros a salvo num mundo em que nunca nada é certo. Tudo o que quero em troca é uma miúda gira num vestido vermelho, que não queira mais nada de mim para além de uma noite. Em vez disso, sou atropelado por um carro alegórico de Carnaval que me tenta transformar num animal morto à beira da estrada e conheço uma mulher que me quer salvar a vida mas não se consegue lembrar onde me pôs as calças. Vibrante e extravagante, Sunshine Runningwolf deveria ser a mulher perfeita para mim. Não quer nada mais do que esta noite, sem laços, sem compromissos a longo prazo. Mas, sempre que olho para ela, começo a desejar concretizar sonhos que enterrei séculos atrás. Com os seus modos pouco convencionais e a sua capacidade para me surpreender, Sunshine é a única pessoa de que preciso. Mas amá-la significaria a sua morte. Fui amaldiçoado e nunca poderei conhecer a paz ou a felicidade, não enquanto o meu inimigo espera na noite para nos destruir a ambos.
Talon dos Morrigantes
 
"Divertido, refrescante e fabuloso! A imaginação da Sherrilyn Kenyon é tão radiante como o seu futuro."
-Teresa Medeiros, autora de A Kiss to Remember

"A imaginação de Sherrilyn Kenyon devia ser considerada um tesouro nacional."
-Pinerock Book Reviews

"Divertido e comovente. Uma história absorvente que irá fazê-lo soltar umas boas gargalhadas. Desde Xena que os deuses não eram assim tão divertidos!"
-Susan Krinard, autora de Secret of the Wolf

"Há muito tempo que não líamos uma voz tão poderosa, uma escritora tão imaginativa e cenas de amor tão intensas."
-Pinerock Book Reviews
 
Saída de Emergência, 2010

 

publicado por marcia às 01:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Domingo, 29 de Novembro de 2009

Prazer da Noite - Sherrilyn Kenyon

 

Depois de ter lido “Amante de Sonho”, o primeiro volume da colecção “Predador da Noite”, a minha curiosidade em relação a este “Prazer da Noite” era enorme. O facto de ter gostado muito do primeiro volume, aliado às excelentes críticas e comentários que têm sido feitos em relação a este segundo livro, elevaram ainda mais as minhas expectativas.

A escrita da autora conquistou-me mais uma vez e ultrapassou a fasquia das minhas exigências. Gosto de apreciar um livro com calma, mas admito que retiro muito mais prazer de uma leitura que obriga ao virar compulsivo de cada página; o “Prazer da Noite” é uma corrida alucinante, uma sucessão de acontecimentos em catadupa que não permitem que a leitura seja interrompida. Apenas paramos na última página, desejando e ansiando pelo próximo volume.
Sherrilyn Kenyon apresenta aquela que é verdadeiramente a realidade dos Predadores da Noite; se no primeiro volume apenas foi feita uma abordagem mítica dos Deuses Gregos, seres eternos, maldições e imortalidade, pode dizer-se que agora foram abertas as portas da verdadeira temática desta série. Eu pessoalmente gostei muito, acho muito criativo e com um toque de originalidade em relação à grande parte das edições de livros sobre vampiros disponíveis no mercado.
“Prazer da Noite” é um livro de aventuras com uma forte componente paranormal. São-nos apresentadas diversas criaturas, explicadas as suas origens, os seus poderes e o seu tipo de relação com os humanos. A componente romântica é fundamental no decorrer da narrativa, é a ficha que mantém o leitor “ligado”e envolvido nestas quase 300 páginas. Amanda e Kyrian transbordam amor e sensualidade, obviamente que as arrojadas descrições dos encontros sexuais do casal são um dos pratos fortes da história, uma das armas mais bem utilizadas pela autora.
Uma história de amor que todos esperam acabar em bem, mas que até se conhecer o desfecho passa por várias dificuldades, dúvidas e lutas. Repleta de referências a Deuses, Demónios e a Seres Imortais com centenas e milhares de anos, a aura de magia deste livro leva-nos a lugares irreais, faz-nos viver as vidas passadas, sofrer com as traições e vinganças, emociona-nos com o amor verdadeiro, e acaba por dar uma lição de vida acerca do que realmente importa. Imperdível!
Sinopse
“Querida leitora, Alguma vez quis saber como era ser imortal? Viajar pela noite caçando os vampiros que perseguem os humanos? Ter riqueza e força ilimitadas? Essa é a minha vida e é escura e perigosa. Sou herói de milhares, mas ninguém me conhece. E adoro todos os minutos. Pelo menos era o que eu pensava até que, certa noite, acordei algemado ao meu pior pesadelo: uma mulher conservadora, de camisa apertada de cima a baixo. Ou, no caso de Amanda, abotoada até ao queixo. É inteligente, sensual, espirituosa e não quer ter nada a ver com o paranormal, por outras palavras, comigo. A minha atracção por Amanda Devereaux vai contra tudo aquilo que represento. Já para não dizer que, da última vez que me apaixonei, isso me custou não só a minha vida humana como a minha alma. Ainda assim, sempre que olho para ela, dou por mim a desejar tentar de novo. A desejar acreditar que o amor e a lealdade existem. Ainda mais perturbador, dou por mim a perguntar se haverá alguma forma de uma mulher como Amanda amar um homem cujas cicatrizes da guerra são profundas, e cujo coração foi ferido por uma traição tão selvagem que não sei se voltará a bater de novo."
Kyrian da Trácia
 
“Há muito tempo que não líamos uma voz tão poderosa, uma escritora tão imaginativa e cenas de amor tão intensas."
Pinerock Book Reviews
 
Saída de Emergência, 2009

 

opinião:
a ler: Amor e Guloseimas, Kate Jacobs
publicado por marcia às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

Amante de Sonho - Sherrilyn Kenyon

 

Confesso não ser uma leitora habitual de livros de fantasia ou com pormenores digamos que esotéricos. Daí a minha grande curiosidade em relação a este “Amante de Sonho” que, apesar de não ser o meu género, me suscitou muita curiosidade desde que soube do seu lançamento.
As opiniões de alguns leitores do livro em Inglês estiveram na base dessa minha grande curiosidade.
Não me desiludiu. Superou muito as minhas expectativas e revelou-se uma das histórias mais empolgantes e apaixonantes que li nos últimos tempos. Um dia chegou para o ler e para me deixar muito curiosa com os próximos volumes desta série.
Grace tem uma existência solitária e triste, marcada pela morte dos pais e por uma desilusão amorosa do passado. A sua amiga Selena tenta ajudá-la a ultrapassar a solidão, e no seu aniversário oferece-lhe um livro que esconde um segredo; neste livro está encerrado por uma maldição um Deus Grego que, uma vez invocado, satisfaz todas as fantasias femininas durante um mês.
Julian é o estereotipo de tudo o que as mulheres desejam, lindo, escultural, inteligente, desejável e um mestre nas artes do amor. Mas a história de Julian é muito mais do que isso, e é a história do passado deste Guerreiro da Macedónia, General de um exército invencível, adorado por todas as mulheres, mas com muitos receios e inseguranças, que ficamos a conhecer.
Lembrei-me muitas vezes da série “Os Imortais” ao ler este livro; toda a envolvência mística dos guerreiros e das suas lutas, das histórias de amor ao longo dos séculos acesas com um fogo que parece nunca se extinguir.
Terrivelmente sedutor e com pormenores sexuais bastante explícitos, é um deleite para os sentidos. Cativa-nos pela história de amor que nasce entre Grace e Julian, dois seres completamente diferentes, de épocas distintas, mas cujos passados deixaram marcas semelhantes que os aproximam.
Um amor assim poderá vencer uma maldição de séculos? Será suficiente para desafiar os Deuses do Olimpo? A resposta está no fim do livro e até lá chegar a corrida é alucinante!
Vai apaixonar todos os que acreditam no amor e, se calhar fazer acreditar algumas almas menos convencidas…
Eu rendi-me!
Não deixem de participar no passatempo a decorrer aqui no blogue até à próxima sexta-feira, vão ser sorteados 2 livros do “Amante de Sonho”.
Sinopse
“Grace Alexander, uma bonita terapeuta sexual de Nova Orleães, julgava estar destinada a uma vida sem paixão. Até ao dia em que a amiga Selena a convence de que, por artes mágicas, poderá convocar um escravo de amor durante um mês. Certa de que a magia da amiga irá falhar, Grace deixa-se levar pela brincadeira. Mas…”
 
Chá das Cinco, 2009

 

a ler: Íntimo e Perigoso, Linda Howard
publicado por marcia às 22:12
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Dança com o Diabo - Sherr...

. O Abraço da Noite - Sherr...

. Prazer da Noite - Sherril...

. Amante de Sonho - Sherril...

.últ. comentários

inesquecível Mr. Darcy...
É o bom dos clássicos, não vão desaparecer.
Parabéns à revista, aos Inomináveis e sobretudo a ...
Tenho um carinho muito especial por Jane Austen e ...
Este livro foi uma desilusão, tem aspetos históric...
Parabéns para nós e a todos :)Beijinhos
Também li este livro recentemente! Vamos sempre a ...
Tenho de tratar disso! Beijinho.

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds