Sábado, 4 de Fevereiro de 2012

Porto Editora - Não Ficção - O aguardado livro de Luis Sepúlveda e Daniel Mordzinski

 

A Porto Editora publica no dia 13 de fevereiro Últimas Notícias do Sul, o aguardado livro de Luis Sepúlveda que conta com a participação de Daniel Mordzinski, o conhecido «fotógrafo dos escritores».

Últimas Notícias do Sul é o resultado de uma viagem que Luis Sepúlveda e Daniel Mordzinski, amigos de longa data, decidiram fazer pela Patagónia, no final dos anos 90. Lá descobriram um mundo que praticamente não existe nos dias de hoje; Sepúlveda tirou notas, Mordzinski fotografou. Depois de uma longa espera, chega finalmente a Portugal o resultado magnífico dessa viagem: as memórias, as experiências, as pessoas, as imagens.

Luis Sepúlveda e Daniel Mordzinski vão estar em Portugal:

23 a 25 de fevereiro - Correntes d’Escritas, Póvoa de Varzim;

26 de fevereiro – Porto de Encontro, às 17:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Porto;

28 de fevereiro – Apresentação do livro às 18:00, no Instituto Cervantes, Lisboa.

SINOPSE

As palavras de Luis Sepúlveda e as fotografias de Daniel Mordzinski conduzem-nos rumo ao Sul, numa viagem que não deixará nenhum leitor indiferente.

«Este livro nasceu como a crónica de uma viagem realizada por dois amigos, mas o tempo, as mudanças violentas da economia e a voracidade dos triunfadores transformaram-no num livro de notícias póstumas, no romance de uma região desaparecida. Nada do que vimos existe tal como o conhecemos. De certo modo fomos os afortunados que presenciaram o fim de uma época no Sul do Mundo. Desse Sul que é a minha força e a minha memória. Desse Sul a que me aferro com todo o amor e com toda a raiva. Estas são, pois, as últimas notícias do Sul.» Luis Sepúlveda

Luis Sepúlveda nasceu em Ovalle, no Chile, em 1949. Da sua vasta obra (toda ela traduzida em Portugal), destacam-se os romances O Velho que Lia Romances de Amor, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar. Mas Mundo do Fim do Mundo, Nome de Toureiro, Patagónia Express, Encontros de Amor num País em Guerra, Diário de um Killer Sentimental ou A Sombra do que Fomos (Prémio Primavera de Romance em 2009), por exemplo, conquistaram também, em todo o mundo, a admiração de milhões de leitores.

No catálogo da Porto Editora (que publicará toda a sua obra) figuram já A Lâmpada de Aladino, O Velho que Lia Romances de Amor, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar e A Sombra do que Fomos, Histórias Daqui e Dali, Patagónia Express e As Rosas de Atacama.

Daniel Mordzinski nasceu em Buenos Aires em 1960 e vive em Paris. Conhecido como «o fotógrafo dos escritores», trabalha há mais de trinta anos num ambicioso «Atlas Humano» da literatura ibero-americana. Tem retratado os protagonistas mais destacados das letras hispânicas, tendo-se convertido no melhor cúmplice de três gerações de criadores. As «duas margens» do Atlântico estão unidas para sempre através do seu olhar.

Em Portugal tem publicado o álbum Os Rostos da Escrita.

É correspondente em França do jornal espanhol El País.

Título: Últimas Notícias do Sul

Autor: Luis Sepúlveda com Daniel Mordzinski

Tradutor: Henrique Tavares e Castro

Págs: 160

PVP: 14,40 €

publicado por marcia às 20:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Sextante Editora - Ficção - Um 'thriller' com sabor a Brasil

 

Um manuscrito perigoso, uma família de bandidos e o clima tropical brasileiro são alguns dos elementos de A verdadeira história do bandido Maximiliano, o novo romance de Jacinto Rego de Almeida que a Sextante Editora publica no dia 22 de junho.

Este é um thriller literário repleto de humor e aventura, passado em Portugal e no Brasil, e cujo lançamento está inserido no programa do Festival Silêncio. A apresentação está a cargo do Professor Manuel Villaverde Cabral e vai decorrer esta quarta-feira, às 19:00, no foyer do Cinema São Jorge, em Lisboa.

A Sextante Editora publicou, em 2009, O assassinato de Berta Linhares, do mesmo autor.

SINOPSE

O manuscrito de um livro – uma narrativa policial passada em Portugal e na fronteira do Brasil com a Bolívia – é encontrado numa carruagem do metropolitano de Lisboa e chega às mãos do editor Soares dos Reis.

O manuscrito testemunha afinal uma história verdadeira, e Max, um líder mafioso, exige a edição do livro em troca de dinheiro e protecção.

Nada é o que parece ser, várias histórias se cruzam, de velhos assaltantes de ourivesarias, da bela ucraniana Natasha, de um antigo sargento da guerra da Chechénia, enfim, o bandido Maximiliano candidata-se a vereador e o final surpreendente confirma a ideia de que a boa história é aquela que nunca acaba.

O AUTOR

Jacinto Rego de Almeida nasceu no ano de 1942 em Alcanhões (Santarém),onde reside atualmente. Entre 1968 e 2004 viveu no estrangeiro, exilado até 1974, e no exercício do cargo de conselheiro económico da Embaixada de Portugal no Brasil após a Revolução de Abril. Os seus livros abrangem os domínios da crónica, conto, romance e literatura de viagem.

Tem editadas três coletâneas de contos: As palavras e os atos, publicada no ano seguinte em Lisboa com o título O afiador de facas; O monóculo; e Agravação. O seu livro Um olhar sobre o Brasil é o título de uma coletânea de crónicas publicadas no JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias. Em coautoria com Carlos Cáceres Monteiro, publicou Mistérios da Amazónia – Cadernos de uma expedição nas Guianas e no Brasil. Tem editados três romances:

Crime de Estado (Editorial Notícias, Lisboa, 1998), O diplomata e o agente funerário (Geração Editorial, São Paulo, 2003) e O assassinato de Berta Linhares (Sextante Editora, Lisboa, 2009).

É colaborador do JL e têm sido publicados contos e crónicas da sua autoria em vários jornais e revistas em Portugal e no estrangeiro.

Título: A verdadeira história do bandido Maximiliano

Autor: Jacinto Rego de Almeida

Págs: 152

publicado por marcia às 23:35
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

Porto Editora - Ficção estrangeira - Um hino à Carolina do Norte

 

A partir do dia 11 de Novembro vai estar disponível nas livrarias o mais recente romance do americano Pat Conroy, O Primeiro Verão das Nossas Vidas.

Esperada há vários anos pelos leitores de O Príncipe das Marés e de Beach Music, esta nova saga – um formidável hino à sua Carolina do Sul – confirma Pat Conroy como um monstro sagrado da literatura norte-americana. O Primeiro Verão das Nossas Vidas convenceu mais de um milhão de leitores nos EUA, em 2009, e promete agora deliciar os leitores portugueses, através de uma história sobre a amizade numa sociedade multicultural e, muitas vezes, preconceituosa.

O enredo

Crónica familiar, O Primeiro Verão das Nossas vidas é também a história de uma geração – a do narrador, Leo King, e de um grupo de adolescentes com as mais variadas proveniências: rejeitados da aristocracia local, órfãos dos Apalaches, o filho do treinador negro da equipa de futebol, os gémeos Sheba e Trevor Poe, de uma beleza inolvidável, que tentam escapar ao controlo de um pai psicótico… A narrativa move-se entre 1969, o ano glorioso em que Leo e os seus amigos partem ao assalto das barreiras religiosas, sexuais, sociais e raciais da sua cidade de Charleston, e 1989, quando Sheba, agora uma estrela de Hollywood, lhes pede para encontrarem o seu irmão gay, desaparecido em San Francisco.

O Primeiro Verão das Nossas Vidas pertence àquela linhagem dos grandes romances de formação, impossíveis de resumir de tal modo são ricos em acção, mas que se devoram página após página.

O autor

Pat Conroy nasceu em Atlanta, na Geórgia, em 1945. Autor de nove romances, muitos dos quais adaptados ao cinema, conheceu a consagração mundial com livros como O Príncipe das Marés  (1986) ou Beach Music (1995). O Primeiro Verão das Nossas Vidas surgiu depois de um interregno de 14 anos sem publicar ficção e os respectivos direitos de tradução foram já cedidos para 17 países.

Página pessoal: www.patconroy.com

Críticas

Um imenso fresco sobre a amizade e o casamento… Os milhões de leitores de Pat Conroy nãoficarão desiludidos. Washington Post

Pat Conroy permanece um mágico das palavras. New York Times

Conroy é um mestre da ficção americana e provou-o mais uma vez nesta magnífica carta de amor à sua amada Charleston e à amizade que supera as provas do tempo. Bookpage

Conroy tem o dom natural de tecer grandiosas meadas narrativas e esta irá deleitar os seus numerosos leitores. Kirkus Review

Título: O Primeiro Verão das Nossas Vidas

Autor: Pat Conroy

Tradução: Natália Fortunato

N.º de Págs.: 544

Capa: mole

PVP: 18.80 €

publicado por marcia às 21:27
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

Porto Editora - A Memória da Água - 9 de Junho

 

Chega às livrarias no próximo dia 9 de Junho A Memória da Água, da norte-americana Karen White. O romance, finalista do National Reader’s Choice e vencedor de vários prémios literários, explora os laços que unem duas irmãs e a coragem para enfrentar os obstáculos mais difíceis e as memórias mais dolorosas.

Na noite em que a mãe desaparece numa tempestade no mar, as irmãs Diana e Marnie Maitland descobrem que pode haver mais do que um tipo de morte. As duas passarão a guardar os seus próprios segredos sobre o que realmente aconteceu – segredos que as perseguirão até à idade adulta.

Após dez anos de silêncio entre as duas irmãs, Marnie Maitland regressa à Carolina do Sul a pedido de Quinn, o seu ex-cunhado. O pequeno Gil voltou de um passeio de barco com a mãe profundamente perturbado e recusa-se a falar. Para ajudar o sobrinho, Marnie será obrigada a reabrir velhas feridas e trazer à superfície memórias inquietantes e há muito enterradas. E terá de confrontar Diana… Mas serão elas capazes de exorcizar os fantasmas que as atormentam? Serão capazes de lidar com as suas próprias fraquezas?

Intenso e comovente, A Memória da Água marca estreia de Karen White no catálogo da Porto Editora.

A Autora

De ascendência italiana e francesa, Karen White nasceu em Tulsa, Oklahoma. Depois de ter viajado por diversos países, regressou aos Estados Unidos da América para completar os estudos na Tulane University, em Nova Orleães. Actualmente vive em Atlanta com a sua família. A Memória da Água foi finalista do prémio National Readers’ Choice e vencedor do HOLT Medallion Award, do Booksellers Best Award e do Best Contemporary Fiction 2008 da Romance Reviews Today.

Para mais informações sobre a autora visite o site www.karen-white.com.

O que dizem

«Uma história comovente e impressionante, um livro que os leitores irão saborear e relembrar muito depois de o terem lido.»  Romance Reviews Today

«Uma revelação assustadora, uma história de amor e um final agridoce; tudo isto num romance envolvente.»  Booklist

«Magistralmente escrito, rico em personagens imperfeitas e com um surpreendente final …um melodrama arrebatador.»  Publishers Weekly

«Uma história cativante e profundamente comovedora.»  Romantic Times

«Um melodrama cuidadosamente elaborado sobre duas irmãs há muito de relações cortadas por causa de um passado aterrador.»  Atlanta Magazine

Título: A Memória da Água

Autor: Karen White

Tradução: Isabel Andrade

N.º Págs.: 384

P.V.P.: 16,50€

Preço WOOK.pt: 14,85€

publicado por marcia às 23:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Porto Editora - Não Ficçã...

. Sextante Editora - Ficção...

. Porto Editora - Ficção es...

. Porto Editora - A Memória...

.últ. comentários

Uhm, interessante... Paula
Atenção que a Dançarina pode ter um significado di...
É verdade! Vêm aí muitas coisas boas! Deixo também...
Nunca li nada desta autora, mas deixaste-me curios...
Obrigada, Márcia. Quando pedi para avisares, pense...
Muito obrigada, Isaura! Beijinho!
Beijinhos, Isaura! Obrigada por teres ido!
Olá Paula! Vêm aí novidades interessantes da Minot...
Acho que vais gostar, Ana!
é bem "agarrado", Teresa!

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds