Domingo, 8 de Novembro de 2009

O Recife - Nora Roberts

 

Mais um livro de Nora Roberts que cumpre na perfeição o seu objectivo e permite distrair, envolver e emocionar. Na verdade, e tenho lido vários livros da autora, já há algum tempo que um livro de Nora Roberts não me envolvia tanto como “O Recife”.

Talvez devido ao ambiente que a acção se desenrola – mares azuis das Caraíbas, ou talvez pela história me ter tocado particularmente, gostei muito de acompanhar a evolução desta história de amor, vingança, tesouros e até o que se poderá chamar de pirataria.
Temos mais uma vez os ingredientes necessários a apimentar a história de amor entre Tate e Mathew: amor desencontrado no passado, orgulho e desejo formam um fio condutor que resulta, e faz o leitor desejar saber mais e vê-los juntos e felizes.
Mas a acompanhar o romance da Tate e Mathew temos a história da “Maldição de Angelique”, um amuleto com séculos de existência do qual se diz causar a desgraça de quem o possuir; no entanto esta jóia é procurada por todos de forma compulsiva e sôfrega, principalmente por uma personagem que, quanto a mim, assume os contornos do “pirata” desta história – Van Dyke.
Os Beaumonts (família de Tate) e os Lassiters (família de Mathew) juntam-se na busca de riquezas no fundo do mar e unem-se contra Van Dyke na procura do amuleto. Se por um lado Tate representa o lado da ciência e da pesquisa histórica dos tesouros que querem descobrir, Mathew vê toda esta actividade como forma de enriquecer e também honrar a memória do pai, que acredita ter morrido às mãos de Van Dyke. Achei interessante a forma como, com o desenrolar da acção, as personagens se vão adaptando à presença e às ideias umas das outras, e vão vendo alteradas algumas das suas formas de pensar iniciais.
“O Recife” é uma história empolgante sobre a determinação em perseguir os sonhos e alcançar o sucesso. É uma história de amor arrebatadora que desperta as emoções de quem a lê. Ao mesmo tempo é uma lição de vida sobre a ganância, e sobre a forma como o comum mortal se pode deixar levar e permitir que o desejo por um objecto leve à loucura.
Leitura mais do que recomendada!
Sinopse
“A arqueóloga marinha, Tate Beaumont, é apaixonada pela caça ao tesouro. Ao longo da vida, ela e o pai descobriram muitas riquezas fabulosas, mas há um tesouro que nunca conseguiram encontrar: a Maldição de Angelique - um amuleto com pedras preciosas, obscurecido pela lenda e manchado de sangue. Para encontrarem este artefacto precioso, os Beaumonts aceitam, hesitantemente, uma parceria com os mergulhadores Buck e Matthew Lassiter. Tate não fica feliz por partilhar o seu sonho, mas não tem alternativa.
E, à medida que os Beaumonts e os Lassiters disponibilizam recursos para localizar a Maldição de Angelique, as águas das Caraíbas adensam-se com desilusões sombrias e ameaças escondidas. A parceria entre as famílias é posta em causa quando Matthew se recusa a partilhar informação - incluindo a verdade sobre a morte misteriosa do seu pai, alguns anos antes. E conforme Tate e Matthew avançam com a sua desconfortável aliança… o perigo e o desejo ameaçam emergir.”
 
"Roberts criou outro romance viciante."
-Usa Today

"Uma caça ao tesouro carregada de suspense, com o seu estilo inconfundível. Uma das suas narrativas mais intrigantes de sempre."
-Booklist

"Um elenco de personagens cativante, com o sedutor mistério das barreiras de coral e tesouros submersos. O Recife é o livro perfeito para umas boas horas de leitura."
-Denver Post
 
Saída de Emergência, 2009
opinião:
a ler: O Exército Perdido, Valerio Massimo Manfredi
publicado por marcia às 18:21
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

A Villa - Nora Roberts

 

“A Villa” é um livro que já me deixava curiosa antes de ser editado em Portugal, por diversas vezes me senti tentada e lê-lo em Inglês. Mas quando me apercebi que seria editado pela Chá das Cinco decidi-me a esperar pelo seu lançamento por cá.

Várias razões contribuíram para a minha expectativa em relação a este livro, mas a principal é a de a acção decorrer nas vinhas e a história ser sobre o negócio dos vinhos. De facto “A Villa” é uma saga familiar, como Nora Roberts sabe tão bem contar, que tem como pano de fundo a cultura do vinho.
Sempre com uma forte componente da natureza, com excelentes descrições sobre as fazes da vida das videiras, bem como das técnicas de cultivo e truques para obtenção dos melhores resultados, este livro envolve-nos, faz-nos desejar percorrer os campos e sentir a chuva no rosto.
A acção divide-se entre os Estados Unidos (Califórnia) e Itália e tem uma componente familiar muito forte, até porque os Giambelli, como bons italianos, dão muito valor à família. Gostei de ver que a autora, que tantas vezes escreveu sobre a Escócia, se tenha dedicado a outro país e tenha descrito de forma convincente algumas das características mais marcantes deste povo.
Como não podia deixar de ser, a acção envolve as fundamentais histórias de amor de percurso sinuoso mas com o final feliz que todos querem ler. A acompanhar temos alguns homicídios, várias pistas fáceis de seguir, mas mesmo assim algumas surpresas no final.
Acho que para nós portugueses, conhecedores e produtores de vinhos de alta qualidade, para quem esta cultura representa raízes e saber, “A Villa” poderá ser um livro que a muitos interessará. Falo por mim, pois agradou-me imenso.
Sinopse
“Sophia é a herdeira do negócio de vinhos da próspera família Giambelli. Sob ordens da sua avó, ela tem de aprender todas as etapas da produção de vinho. O seu tutor, Tyler MacMillan, é um jovem atraente com uma grande paixão pelas vinhas, mas apenas desprezo pelo mundo de negócios. À partida, esta promete ser uma parceria difícil, mas quando a reputação dos vinhos Giambelli começa a ser misteriosamente atacada, a difícil relação transforma-se num inesperado romance. Infelizmente alguém ambiciona destruir mais do que o negócio de vinhos. Mas só quando o pai de Sophia é morto e os membros da família se tornam suspeitos, é que a verdadeira dimensão da ameaça é revelada. Será que a própria família Giambelli está em risco? E o que pode um frágil amor perante tamanha teia de manipulação?”
 
Chá das Cinco, 2009

 

opinião:
a ler: O Sangue da Terra, Sofia Marrecas Ferreira
publicado por marcia às 23:01
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Domingo, 19 de Abril de 2009

Onde Caem os Anjos

 

 

Mais um romance lido para descontrair de uma leitura anterior pesada. Nora Roberts cumpre mais uma vez a função de entreter e distrair.
Crimes, vários suspeitos, personagens com passados negros e claro, a história de amor da praxe. Neste caso até temos duas histórias de amor paralelas, com os previsíveis finais felizes. Por vezes é bom ler um livro que sabemos que vai acabar bem. É o que chamo “o livro de Domingo à tarde”.
Neste “Onde Caem os Anjos” é-nos apresentado um misterioso crime cujos pormenores vão surgindo ao longo da narrativa. A lista de suspeitos vai-se tornado extensa e todos podem ter motivos para ter cometido o homicídio.
A descoberta do verdadeiro culpado não é surpreendente…é antes uma conclusão lógica. Já li livros da Nora Roberts com final mais empolgante, como é o caso do fantástico “Lua de Sangue”.
De resto a história é contada num fio condutor bem estruturado, com as habituais descrições tórridas das performances sexuais das personagens. Tudo truques bem usados para prender o leitor. Não surpreende mas diverte. Recomendo.
Sinopse
“Reece Gilmore foge de um passado traumático como única sobrevivente de um crime brutal em que viu todos os seus amigos morrer. Um dia chega a Angel’s Fist, um lugar idílico rodeado por belas montanhas, e decide aceitar um emprego no restaurante local como cozinheira.
Reece cedo encanta os locais com os seus dotes de culinária. Afinal de contas, era uma famosa chefe de cozinha na Costa Leste, mas continua atormentada pelo crime de que foi vítima, e luta constantemente contra os pesadelos que a assombram. Até que um dia é a única testemunha de um novo homicídio…
Sendo tão frágil e dada a ataques de pânico, ninguém na cidade parece acreditar em Reece a não ser Brody, um irascível e atraente escritor de policiais. E quando uma série de eventos perigosos tornam claro que alguém está a tentar enlouquecer Reece e a eliminá-la do caminho, ela terá que confiar em Brody, e em si própria, para descobrir se existe ou não um assassino em Angel’s Fist.”


“O grande dom de Nora Roberts é a sua habilidade em arrebatar o leitor para a vida das suas personagens.. vivemos, amamos, sofremos e triunfamos com elas!"
Rendezvous

"Nora Roberts é uma artista da palavra. Pinta a sua história e as suas personagens com vitalidade e realismo."
Los Angeles Daily New

"Os admiradores de Nora Roberts vão deliciar-se."
Booklist
Saída de Emergência, 2009

 

opinião:
publicado por marcia às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 1 de Março de 2009

Tesouros Escondidos

 

 

Não há muito a dizer em relação a este livro, é mais um "Fórmula Nora Roberts".

 

Quero com isto dizer que é um livro que obedece à estrutura usual dos romances desta escritora, tem a história de amor que respeita os habituais espaços temporais de "conhecimento, envolvimento, briga, pazes e casamento".  Ao mesmo tempo temos uma história com algum suspense policial sobre o desaparecimento de peças antiquárias raras.

 

A fórmula é muito usada mas não está gasta e resulta, ou não vendesse Nora Roberts tantos livros por esse mundo fora.

 

Gostei de ler mais este livro da autora mas não me prendeu tanto como outros que já li dela, ou como eu gostaria que me tivesse envolvido.

 

Leitura agradável em tardes de preguiça.

 

Sinopse
 
"Dora Conroy tem uma pequena loja de antiguidades e, num leilão de arte, compra um quadro que é muito mais do que parece. Depois há o novo inquilino do apartamento por cima da sua loja, Jed Skimmerhorn, um ex-polícia que tem tanto de rude quanto de charmoso. Mas é ele quem a salva quando a loja é assaltada e Dora descobre que os outros compradores do mesmo leilão estão a ser assassinados. Juntando forças com Dora para descobrir quem está por detrás dos roubos e das mortes, Jed é atraído para a vida agitada de Dora e para o dia-a-dia da sua família excêntrica mas imensamente calorosa.

Quem ainda tem dúvidas sobre o talento de Nora Roberts para encantar e conquistar os tops de vendas, só tem de escolher um sofá confortável e descobrir estes Tesouros Escondidos."

 

“Nora Roberts mantém os leitores presos neste romance sensual e cheio de suspense.”
Kirkus Reviews

 

Saída de Emergência, 2009

 

opinião:
a ler: Uma Questão de Fé, Jodi Picoult
publicado por marcia às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Domingo, 24 de Agosto de 2008

Jogo de Mãos

Mais um romance...desta vez um de leitura muito compulsiva!

 

Este "Jogo de mãos" foi uma cortesia da Editora Saída de Emergência num dos pasatempos do Forum Nora Roberts em que tive a sorte de ser uma das vencedoras...os meus agradecimentos à editora.

 

Nora Roberts escreve realmente de uma forma cativante e envolvente, sabe muito bem "jogar" com os personagens e com as emoções humanas; não é brilhante a nível literário, mas tem sem dúvida o mérito de saber contar uma história e de fazer o leitor ansiar pelo final...e depois ansiar por um próximo livro dela...

 

Gostei realmente deste livro, penso que é dos melhores que já li da autora...gostei muito da história de amor entre Luke e Roxanne, desde a fase de "gato e rato" até ao previsível e romântico final dos dois...este tipo de livros faz-me sempre pensar como é possível ficar tão agarrada a uma história que se prevê o fim quase desde a primeira página...  todos os livros da autora têm uma estrutura muito semelhante e são sempre um caso de sucesso!

 

 

Sinopse
 

"Uma história cheia de glamour e suspense sobre o amor, chantagem e magia.

 

Max Nouvelle é o patriarca de uma ilustre família de ilusionistas e ladrões de jóias, constituída por Lily – a sua companheira; Roxanne – a sua filha, tão linda quanto casmurra; e Luke – um rapaz que Max recolheu das ruas e que entretanto se transformou num homem muito interessante. No palco fazem números elaborados e, fora dele, assaltos ainda mais refinados. Durante muitos anos Roxanne e Luke deram-se como cão e gato mas agora, já adultos, descobrem que há entre eles algo que não esperavam. Mas é então que Luke, receoso que o seu passado manche a sua família adoptiva, é vítima de alguém que quer vingar-se dos Nouvelle. E vão ser precisos alguns anos em fuga antes que ele volte e, juntamente com Roxanne, dê o golpe mais audacioso das suas vidas.

Com Jogo de Mãos, Nora Roberts revela-nos um mundo glamoroso onde a paixão e o mistério se entrelaçam e nada parece o que é."

 

Chá das Cinco, 2008

 

opinião: Óptimo
a ler: Escândalo, Penny Vincenzy
publicado por marcia às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Domingo, 18 de Maio de 2008

Maléfico

Confesso que parti para a leitura deste livro com as expectativas um pouco em baixo. As referências que fui recolhendo não foram as melhores.

 

No entanto, talvez por não estar muito optimista, revelou-se uma boa surpresa. Gostei do argumento e do desenvolvimento das várias histórias entre as personagens. Como qualquer livro da Nora Roberts há o par amoroso e a fórmula do costume que faz com que fiquem felizes e apaixonados no final!

 

Este é um livro um pouco mais negro que o costume, se bem que os livros da Nora Roberts editados pela Ulisseia têm sempre mais mistério, intriga e, por vezes até paranormal, do que outros, mais românticos de outras editoras.

 

Rituais Satânicos, adoração do Diabo, Seitas e Simbolismo fazem a história deste livro. Não tem um final arrebatador e surpreendente, é uma história que se vai desenvolvendo com ritmo próprio ao longo das 455 páginas.

 

"Há dez anos atrás a escultora Clare Kimball decidiu deixar Emmitsboro, no Maryland para, literalmente, partir à conquista do mundo da arte. Alguns anos depois tornou-se na mais importante figura artística da sua geração. Mas não há sucesso que possa fazer ignorar os seus pesadelos, nem as memórias que guarda do suicídio do pai. No auge da fama, Clare desiste de tudo para enfrentar os demónios que a perseguem. Quando regressa a Emmitsboro, Clare reencontra Cameron Rafferty, agora o xerife da cidade. Cameron amara Clare durante muito tempo e, agora que ela regressou, cria-se um laço entre os dois que se fortalece a cada dia que passa. Mas o passado acaba por se impor, e vem abalar a cidade com um crime. A investigação policial inicia-se, e tanto Clare como Cameron acabarão por descobrir que o mal pode ocultar-se em todo o lado, mesmo naqueles que mais se ama e em que mais se confia."

 

 

Ulisseia, 2008

opinião: Bom entretenimento
a ler: A Filha da Profecia, Juliet Marillier
publicado por marcia às 17:26
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Domingo, 11 de Novembro de 2007

Lua de Sangue

Os livros da Nora Roberts vendem como pãezinhos quentes!

Prefiro não ir atrás da ideia banal de que o que vende muito não presta; se assim fosse estaria a qualificar os leitores (grupo em que me insiro) como ignorantes. Ora se um livro vende muito pode até querer dizer que é bom.

Tremam críticos literários!!!!!!

 

Já li vários livros da Nora Roberts, acho que ela tem o dom de contar histórias e criar personagens. Vai de encontro ao que o leitor procura e consegue fazer de livros com uma estrutura muito semelhante uma nova história sempre emocionante. Que bem me saíu esta frase!

 

Então escolhi o "Lua de Sangue" para o meu comentário.

Livro de leitura compulsiva, com muito mistério e personagens bem construídas. Ambiente envolvente. Uma história de amizade e morte.

Presente a habitual história de amor e detalhes intímos q.b.

Final inesperado e surpreendente. Um doce a quem adivinhar quem é o assassino!

 

Ulisseia, 2006

 

opinião: Impressionada
publicado por marcia às 21:10
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O Recife - Nora Roberts

. A Villa - Nora Roberts

. Onde Caem os Anjos

. Tesouros Escondidos

. Jogo de Mãos

. Maléfico

. Lua de Sangue

.últ. comentários

Uhm, interessante... Paula
Atenção que a Dançarina pode ter um significado di...
É verdade! Vêm aí muitas coisas boas! Deixo também...
Nunca li nada desta autora, mas deixaste-me curios...
Obrigada, Márcia. Quando pedi para avisares, pense...
Muito obrigada, Isaura! Beijinho!
Beijinhos, Isaura! Obrigada por teres ido!
Olá Paula! Vêm aí novidades interessantes da Minot...
Acho que vais gostar, Ana!
é bem "agarrado", Teresa!

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds