Domingo, 7 de Agosto de 2011

O Tigre Branco - Aravind Adiga - Opinião

 

“O Tigre Branco” é um livro do qual nunca li uma opinião negativa. Quem leu gostou, pelo menos no que refere às opiniões que costumo procurar e que tenho em conta quando pesquiso sobre livros.

Quando tirei este livro da estante e decidi começar a ler precisava mesmo de um livro excelente; estava desanimada e desiludida com “Antes do nos Encontrarmos” de Maggie O’Farrell que não me prendeu como eu gostaria. Quando um livro me desaponta preciso de sentir uma grande compensação; “O Tigre Branco” foi a escolha perfeita.

A escrita de Aravind Adiga é simples e fluida, de uma crueza sem malabarismos nem embelezamentos forçados. O que lemos é um relato objectivo da terrível realidade de quem é vítima do sistema de castas, principal modo de segregação da sociedade Indiana.

Este livro é uma carta escrita por Balram Halwai e dirigida ao Primeiro-Ministro Chinês, que visitará a Índia em breve. Balram descreve a sua vida, oriundo de uma casta inferior viveu uma infância miserável, cresceu sem saber o que é rede de esgotos ou electricidade, o pai morreu de tuberculose num hospital sem médicos onde os doentes se deitavam em folhas de jornal. Balram cresce e deixa para trás a casa da família em busca de trabalho na cidade. Vítima constante da sua condição inferior, Balram não tem forma de fugir ao seu destino, resta-lhe uma vida de servidão aos ricos, uma constante observação e vivência de injustiças, miséria e fome. Balram é inteligente e poderia ter um futuro promissor não fosse pertencer a uma casta inferior que dita todos os seus passos; toda a sua realidade está confinada a esta prisão; o seu futuro está traçado e decidido.

Na carta de Balram está a realidade de uma nação corrupta, criminosa e repleta de vícios. Um assassino é facilmente ilibado do seu crime, há sempre um criado que pode pagar pelos erros alheios.

Uma completa decadência humana, um caminho sem regresso tal é o círculo vicioso e doentio de uma sociedade aqui descrita de forma brilhante, em tom directo, sempre pautado por uma subtil ironia. Gostei bastante. Espero ler mais títulos do autor.

Sinopse

“Premiado com o Booker Prize de 2008, O Tigre Branco é um romance de estreia auspicioso que, sem cair no cliché do romantismo exótico e superficial, nos revela uma Índia ainda muito pouco explorada pela ficção, a Índia negra, violenta e exuberante das desigualdades socioculturais endémicas. Aravind Adiga oferece-nos um retrato cru e muito pouco glamoroso da desumana realidade de vida das classes mais pobres pela voz espirituosa e mordaz do narrador, Balram Halwai, um jovem que cresce no interior miserável da Índia e se torna um empresário de sucesso em Bangalore. E é através do seu percurso moralmente ambíguo que conhecemos as discrepâncias chocantes entre o luxo extravagante da elite rica dos boulevards e a luta desesperada pela sobrevivência dos que nada têm. Uma comédia negra irreverente que desmistifica a Índia lírica e nostálgica que tantas vezes idealizamos. “

Presença, 2010

publicado por marcia às 22:52
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Seve a 14 de Setembro de 2011 às 08:45
Grande livro "O TIGRE BRANCO", contudo acabei de ler do mesmo autor "ENTRE OS ASSASSINATOS" e fiquei desiludido talvez porque as expectativas fossem elevadas.....
De marcia a 19 de Setembro de 2011 às 14:29
"O Tigre Branco" é um livro excelente, do mesmo autor gostava de ler "O último homem na torre".
De Tiago M. Franco a 11 de Novembro de 2011 às 12:51
Também adorei o livro. Foi um dos melhores livros que li ate hoje.
Relativamente ao Ultimo Homem na Torre, também gostei, é totalmente diferente do Tigre Branco. Sendo um bom livro, não está ao nível do primeiro.
Caso queira visitar o meu blog também fiz uma comentário dessa obra.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O Desafio de superar o ob...

. A Páginas Tantas - Livros...

. Segredos Imorais - Brian ...

. Casa das Letras - O Homem...

. Colectânea “Os Desafios d...

. Canção Doce - Leïla Slima...

. A Construção do Vazio - P...

. O Ano da Dançarina - Carl...

. Minotauro - O Homem que D...

. Os Desafios da Europa – U...

.últ. comentários

Obrigada, Ana! Estou entusiasmada!
Seria mesmo...
Compreendo. Tarefas que ocupam demasiado tempo e n...
Boa!!!! O projeto merece-o e obviamente tu também!...
Já ouvi e só posso dizer que continuo a gostar de ...
Vou de certeza ouvir e pôr os programas mais antig...
Olá! Já ouvi, sim, obrigada. Fiz um post. Boas lei...
Pois tem! Mas só ás vezes...
é isso!
Olá Márcia,por acaso já ouviu o A páginas tantas.....

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds