Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012

Sessão de apresentação do livro de Ana Luísa Amaral, "Vozes", amanhã, quinta-feira, às 18h30, na Casa Fernando Pessoa. A obra será apresentada pelo Professor Eduardo Lourenço

publicado por marcia às 23:42
link do post | comentar | favorito
|

Março - Novidades ASA

 

  

 

CRÓNICA DE PAIXÕES E CAPRICHOS -  JULIA QUINN

As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo…
Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos. Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada.
Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…

€ 15,90, 12-Mar

AS NOVAS MENINAS DOS CHOCOLATES - ANNE MURRAY

Na sua juventude, Edie, Ruby e Janet partilhavam sonhos enquanto se dedicavam à deliciosa tarefa de fazer chocolates na famosa fábrica Cadbury, em Inglaterra. Duas décadas depois, o mundo está radicalmente diferente e as vidas das amigas também. Agora, a geração seguinte está a crescer e a enfrentar os seus próprios desafios. Greta, a filha da temperamental Ruby, é tão bela quanto infeliz. A sua vida familiar foi sempre instável, o que a levou a procurar refúgio junto das suas amigas, na fábrica de chocolates Cadbury, onde também trabalha. Mas tudo vai piorar com o regresso da sua detestável irmã, Maureen. E assim, enquanto Inglaterra vive a euforia da louca década de 1960, Greta precipita-se para um casamento que rapidamente destruirá os seus sonhos românticos.

€ 16,90, 26-Mar

ÉS O MEU SEGREDO – TIAGO REBELO

Rute Madeira e a sua irmã Filipa conheceram, na adolescência, Tomás Arruda durante umas inesquecíveis férias de Verão em Pedras d’el Rei. As memórias dessas férias perdurariam mesmo depois de Tomás rumar a Londres e se ter transformado num famoso actor de cinema. És o Meu Segredo traz-nos a densidade emocional a que Tiago Rebelo já nos habituou. A vida das personagens, marcada por impasses, encantos e desenganos, apela às insondáveis questões do amor e aos misteriosos enredos da mente.
Um romance psicológico que nos prende de início e nos confirma que a vida vale a pena ser vivida apesar das pedras que surgem pelo caminho.

€13,00, 12-Mar

OS PRIMEIROS CASOS DE POIROT -  AGATHA CHRISTIE

Hercule Poirot assume-se orgulhosamente como o melhor detetive do mundo. Mas será que o seu génio se evidenciou logo no início da sua carreira? O dedicado capitão Hastings leva-nos numa viagem no tempo e revive os primeiros casos que ajudaram a cimentar a reputação profissional do seu amigo Poirot. É que a perspicácia com que o detetive consegue resolver até os mais complicados enigmas é espantosa. De roubos e assaltos a raptos e homicídios, estes fascinantes casos testam ao limite aquelas que virão a ficar mundialmente conhecidas como as "celulazinhas cinzentas" de Poirot.

€ 10,50, 19-Mar

publicado por marcia às 01:59
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 26 de Fevereiro de 2012

Novidade Casa das Letras:"Túneis, Mais Perto da Verdade" de Roderick Gordon e Brian Williams

 

MAIS PERTO DA VITÓRIA… OU MAIS PERTO DA MORTE?

DESCOBRE O QUE EXISTE DE TÃO MISTERIOSO NO CENTRO DA TERRA,  NESTA COLECÇÃO VICIANTE

Sobre o Livro

No centro da Terra, num mundo que ninguém sabe que existe, Will encontra-se em apuros. Os seus inimigos, os Styx, estão muito perto. Estão dispostos a persegui-lo até ao fim do mundo — de qualquer mundo.

Entretanto, Drake — com a ajuda do mais improvável dos aliados — está a preparar-se para combater os Styx a partir da Superfície. Mas será que o seu plano temerário o ajudará a alcançar a vitória… ou o levará para uma morte certa?

Sobre os Autores
Roderick Gordon, descendente de vários escritores e poetas, como RD Blackmore, Philip Doddridge, e Matthew Arnold, além de dois paleontologistas e conhecidos excêntricos, William e Frank Buckland, nasceu em Londres, e por lá ficou até à universidade. Mudou-se recentemente, com a família, para o Norte de Northfolk.

Brian Williams cresceu em Zâmbia, até se mudar para Liverpool com a sua família, nos anos 70. Frequentou a The Slade School of Fine Art, e, depois de se graduar, continuou a pintar, escrever, e a fazer filmes, o que englobava trabalhar nos seus próprios filmes, bem como ser diretor artístico e ator, numa série de produções do Reino Unido.

Imprensa Internacional

“O novo fenómeno literário, depois de Harry Potter” New York Times Bestseller

«Excitante, cativante, mágico, assustador e sangrento. Não se consegue parar de ler.» Guardian

«Uma fantástica fantasia subterrânea que transporta o leitor para mundos nunca antes sonhados.» Publishing News

«Uma leitura imaginativa, sedutora e cativante.» Bookseller

«Existem genuínos momentos potterescos nesta magnífica história.» Observer

PVP 15 €

496 págs

publicado por marcia às 23:57
link do post | comentar | favorito
|

É hoje! Porto de Encontro com Luís Sepúlveda!

 

É já hoje, 26 de Fevereiro, pelas 17:00, no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, que se realiza a quarta edição do “Porto de Encontro”. O convidado é o reconhecido escritor chileno Luis Sepúlveda.

publicado por marcia às 10:37
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Fevereiro de 2012

Dias Tranquilos em Clichy - Henry Miller - Opinião

 

Movida mais pela curiosidade do que pelo verdadeiro interesse, dediquei-me à leitura deste pequeno livro (79 páginas), considerado um “Clássico da Literatura Erótica”.

Começo por colocar em causa o título, pois estes dias de tranquilos têm muito pouco, tal a constante sede de boémia, liberdade e, principalmente sexo, muito sexo.

Não achei particularmente erótico, na verdade não tem ponta de sensualidade, é uma descrição crua em que se chamam as coisas pelos nomes sem qualquer pudor. Confesso que me surpreendeu um pouco, mas na maioria das vezes me deu mais para rir do que para ficar enfim… com certos desejos…. O que eu acho que é suposto um livro erótico provocar, não vale a pena estar aqui com vergonhas.

Miller escreve bem. A nível literário as descrições excelentes e a narrativa fluida, fácil de acompanhar. Claro que a componente do sexo constante mantém o leitor curioso a cada virar de página. Dos encontros casuais às orgias, as personagens aproveitam todas as oportunidades para um “banquete” sexual sem qualquer preocupação. É um viver intenso, no limite, sem receio de experimentar seja o que for.

Mas por muito que eu escreva sobre este livro, nada se compara ao que a sua leitura proporciona, pelo que decidi transcrever um trecho que considero ser uma boa amostra do conteúdo do livro. Aconselho as pessoas mais sensíveis a terminar a leitura por aqui…

“Despi-me completamente, lavei a picha, para ser bem-educado, e deitei-me, tapando-me. O bidé era mesmo ao lado da cama. Quando acabou de se lavar, secou-se com a toalha fina e puída. Estiquei o braço e agarrei-lhe a gadelha desgrenhada, que ainda estava húmida. Ela empurrou-me, fazendo-me deitar e, inclinando-se, mergulhou com a boca quente e vermelha para o meu caralho. Enfiei-lhe um dedo, para a humedecer. Depois, pondo-a em cima de mim, enfiei-o todo. Tinha uma daquelas conas que nos servem como uma luva.” (pág. 14)

Uma pequeníssima amostra do que pode ser uma interessante leitura para este fim-de-semana!

Sinopse

“Dias Tranquilos em Clichyé a evocação nostálgica e poderosa dos anos em que Henry Miller viveu em Paris, uma época que viria a ter uma influência determinante na sua vida e em toda a sua obra. São os anos em que Miller é ainda um escritor jovem e obscuro, que celebra o amor, a arte e a vida boémia na cidade que, mais do que qualquer outra, o inspira. Os anos do início da sua longa amizade com Alfred Perles e das visitas ao bordel Club Melody. Um grande clássico da literatura erótica, que exalta o deleite inocente na sexualidade e o desejo de liberdade pessoal e artística.”

Editorial Presença, 2009

publicado por marcia às 09:44
link do post | comentar | favorito
|

Sextante Editora - Ficção - Um 'thriller' e um romance erótico lançam nova coleção

    
 

No dia 1 de março, chegam às livrarias os dois livros que marcam o lançamento da Sextante TOP, uma nova coleção da Sextante Editora: Síndrome E, de Franck Thilliez, e Os diários de Alexandra, de Dominique Simon.

Dedicada a livros de género, a Sextante TOP é uma coleção que pretende dar a conhecer livros emocionantes. Para a estrear nada melhor do que a publicação de Síndrome E, de Frank Thilliez, um thriller de tirar o fôlego, inspirado na ciência e psicanálise, que mostra como um filme é capaz de tornar o seu espectador um terrível assassino.

Franck Thilliez vai estar em Lisboa de 12 a 14 de março para acompanhar o lançamento do seu romance.

Os diários de Alexandra, de Dominique Simon, é um romance erótico passado no início do século xx que tem como protagonista uma mulher que, cansada da sua vida e do seu casamento, começa a revelar e a desenvolver um grande interesse pelo sexo, pela homossexualidade, pelos jogos eróticos e perversos. Um livro forte, sem tabus.

SEXTANTE TOP

Uma nova série de romances da Sextante, para os leitores que gostam de grandes histórias narradas de forma viva e empolgante.

Livros com punch e suspense, doces e duros, que levam os leitores pelos caminhos da emoção e da ação. Ler com prazer. Eis a SEXTANTE TOP.

Síndrome E

Cinco cadáveres encontrados com terríveis mutilações e os crânios serrados…

Eis o que obrigou a polícia criminal a chamar o comissário Franck Sharko, que estava nesse momento de baixa a fim de tratar as suas crises de esquizofrenia. Um caso que vai reunir Lucie Henebelle e Sharko, personagens tão diferentes e porém tão próximas na maneira como encaram o seu trabalho de polícias.

Dos bairros de lata do Cairo aos orfanatos do Canadá dos anos cinquenta, os dois investigadores vão deparar-se com um mal desconhecido, uma realidade terrível que revela que podemos ser autores do pior. Porque os que não conhecem a síndrome E não sabem ainda do que podem ser capazes…

Franck Thilliez é um dos mais destacados escritores de thrillers policiais em França e os seus livros foram já traduzidos em 10 países e adaptados ao cinema. Reunindo aqui os seus dois mais célebres personagens, ele dá-nos o primeiro quadro de um díptico de enorme força sobre a origem da violência, cruzando, neste livro empolgante, ciência, neurologia, história e psicanálise.

Título: Síndrome E

Autor: Franck Thilliez

Tradução: Manuela Torres

Págs.: 400

PVP: € 16,60

Os diários de Alexandra

Primeira década do século XX, na província, em França. Alexandra, uma jovem mulher (mal) casada, aborrece-se. Pouco a pouco, ganha o hábito de se entreter com pequenos jogos perversos com as criadas, com as raparigas da quinta. E, para seu maior prazer, descobre então uma atração inesperada e violenta pelo belo sexo…

Um livro forte que lida sem tabus com todas as situações ou sentimentos ligados à homossexualidade feminina. Um grande texto que desde o seu lançamento se impôs já como um clássico.A devorar... Sem moderação...

Título: Os diários de Alexandra

Autor: Dominique Simon

Tradução: Luísa Feijó

Págs.: 240

PVP: € 14,40
publicado por marcia às 09:21
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Lançamento de "Crime na Escola - Um Policial a Duas Mãos", de Daniel Sampaio e Gonçalo Sampaio - 29 fevereiro, 18h30 – Livraria Leya na Barata

publicado por marcia às 06:21
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

Crime na Escola – um policial a duas mãos, de Daniel Sampaio e Gonçalo Sampaio nas livrarias no próximo fim de semana

 

Chega às livrarias no próximo dia 25 o primeiro livro de aventuras de Daniel Sampaio. “Crime na Escola – um policial a duas mãos” foi escrito em parceria com Gonçalo Sampaio e foi ilustrado por Francisco Sampaio, ambos netos de Daniel Sampaio.

Uma movimentada história policial, escrita a duas mãos por autores de gerações diferentes: avô e neto.

Sinopse

O Colégio Um por Todos não é muito diferente da cidade cinzenta que o rodeia: antigo, com más instalações, uma escola do 3.º ciclo e secundário. Na turma mais conhecida, o 7.º B, há três amigos inseparáveis e muito populares: o Rafael , o Simão e o Manel .

Na escola acumulam-se os acontecimentos estranhos e cria-se um clima de tensão, que culmina na descoberta de um crime.

Quem será o culpado? Com inteligência e coragem, os amigos vão deslindar o mistério.

Uma movimentada história policial, escrita a duas mãos por autores de gerações diferentes: avô e neto.

Sobre os autores

Daniel Sampaio nasceu em 1946 e escreveu várias obras, centradas na adolescência, na família e na escola.  Este é o seu primeiro livro de aventuras

Gonçalo Sampaio nasceu em 2000 e estuda 6.º ano de escolaridade. Este é o seu primeiro livro.

Francisco Sampaio nasceu em 1999 e estuda no 7.º ano de escolaridade. Fez as ilustrações da capa de A Razão dos Avós, de Daniel Sampaio (2008).

13,5 X 21 cm

120 páginas

PVP C/ IVA 9,90 €

publicado por marcia às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

Novidade Oficina do Livro: "O Bairro" de Carlos Ademar - Um lugar onde a realidade ultrapassa a ficção

 

Um lugar onde a realidade ultrapassa a ficção.

Um romance policial baseado numa história verídica, passada na Cova da Moura.

Sobre o Livro

Manuel Sousa, agente da PSP, é assassinado num bairro às portas de Lisboa. A Polícia Judiciária está a começar a investigação quando é surpreendida pela notícia da morte de mais dois agentes. Quase ao mesmo tempo, um traficante de droga é deixado sem vida no Serviço de Urgência de um hospital. O que têm em comum estes factos? O bairro.

O país fala destes casos, os jornais e as televisões fazem eco das preocupações sociais, a hierarquia policial e a tutela política exigem respostas aos investigadores. O chefe Barata, a pouco tempo de se reformar, encara este caso como o seu derradeiro desafio.

O Bairro, baseado numa história verídica, é o retrato intenso de um mundo onde o crime e a honestidade convivem diariamente, onde prolifera o sentimento de abandono a que foi votado quem ali cresceu, para onde foi viver quem não tinha alternativa e onde é real a coragem de suportar o estigma de um nome. Mais do que um romance, O Bairro é a metáfora de tantos vulcões existentes em redor das grandes cidades contemporâneas, cuja eventual erupção todos temos o dever de evitar.

Sobre o Autor

Carlos Ademar nasceu em Vinhais, em 1960. Em 1987, entrou para a Polícia Judiciária, onde exerceu durante quase duas décadas a actividade de investigador criminal na Secção de Homicídios.
Colaborou na investigação de alguns dos mais célebres crimes ocorridos na Grande Lisboa, como os que ficaram conhecidos pelos nomes de "Skinheads" e "O Estripador". Actualmente é professor na Escola de Polícia Judiciária.
Licenciado em História, o gosto pela escrita acompanha-o desde sempre. É autor das obras O Caso da Rua Direita, O Homem da Carbonária, Estranha Forma de Vida, Memórias de um assassino romântico e Primavera Adiada, editadas pela Oficina do Livro. O Bairro é o seu sexto romance.

PVP 14,90 eur

348 págs

publicado por marcia às 19:00
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

Porto de Encontro - Luis Sepúlveda com Porto de Encontro marcado

 

O autor de O velho que lia romances de amor estará à conversa no próximo domingo, na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto.

Tem uma enorme legião de fãs em Portugal, é acarinhado por leitores de todas as idades e os seus livros fazem parte da generalidade das listas de leitura recomendada – desde logo, do Plano Nacional de Leitura. Luis Sepúlveda, que acaba de ver publicado Últimas notícias do sul, a sua mais recente obra (com a colaboração de Daniel Mordzinski), e autor de livros como História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar e O velho que lia romances de amor, é o próximo convidado do jornalista Sérgio Almeida para a quarta edição de “Porto de Encontro”, que terá lugar no próximo domingo, 26 de fevereiro, pelas 17:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto.

Após o enorme sucesso das primeiras três edições deste ciclo de conversas, em que os convidados foram, sucessivamente, Gonçalo M. Tavares, José Rentes de Carvalho e Germano Silva, adivinha-se mais uma sessão extremamente participada, em que os leitores terão a oportunidade de ouvir e conversar com o famoso escritor chileno.

O ciclo de conversas “Porto de Encontro” tem como objetivo aproximar escritores e leitores, falando-se sobre livros mas também procurando dar a conhecer o lado mais pessoal dos autores convidados. Tratando-se de uma ideia original do jornalista Sérgio Almeida, esta iniciativa é promovida pelo Grupo Porto Editora e conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do Plano Nacional de Leitura, da Porto Cálem, do Jornal de Notícias, da Rádio Nova, do Porto Canal e do programa Ler + Ler Melhor, da RTP Informação.

De referir a quinta edição de “Porto de Encontro”, agendado para 31 de março, terá como convidado Manuel António Pina, Prémio Camões 2010.

Esta iniciativa está a ser divulgada também em:

www.facebook.com/portodeencontro

publicado por marcia às 22:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Todos os Fogos o Fogo - J...

. O Motorista de Autocarro ...

. Lançamento do livro "Os D...

. O Homem Domesticado - Nun...

. Eu Confesso - Jaume Cabré...

. Leitura Conjunta - A Músi...

. Porto Editora - A Arte de...

. A Última Rodada - Rui Mig...

. Granta Portugal 9 - Comer...

. A Oeste Nada de Novo - Er...

.últ. comentários

Sim, também eu, a tudo o que escreveste, Paula. Ex...
Tantas palavras que gosto de associar aos contos: ...
Um livro que torna certas as alturas erradas...
É merecedor de atenção, Isaura.
Obrigada pelo comentário, Carlos, depois gostaria ...
Obrigada, Isaura. Escrevo-te uma dedicatória com t...
Olá Márcia,Como já sabes não pude ir à apresentaçã...
Já tinha visto este livro, mas não lhe dei a devid...
Vou ter mesmo que ler...mas acho que não para já.....
Já o comprei, está na lista das obras para ler em ...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds