Domingo, 29 de Novembro de 2009

Prazer da Noite - Sherrilyn Kenyon

 

Depois de ter lido “Amante de Sonho”, o primeiro volume da colecção “Predador da Noite”, a minha curiosidade em relação a este “Prazer da Noite” era enorme. O facto de ter gostado muito do primeiro volume, aliado às excelentes críticas e comentários que têm sido feitos em relação a este segundo livro, elevaram ainda mais as minhas expectativas.

A escrita da autora conquistou-me mais uma vez e ultrapassou a fasquia das minhas exigências. Gosto de apreciar um livro com calma, mas admito que retiro muito mais prazer de uma leitura que obriga ao virar compulsivo de cada página; o “Prazer da Noite” é uma corrida alucinante, uma sucessão de acontecimentos em catadupa que não permitem que a leitura seja interrompida. Apenas paramos na última página, desejando e ansiando pelo próximo volume.
Sherrilyn Kenyon apresenta aquela que é verdadeiramente a realidade dos Predadores da Noite; se no primeiro volume apenas foi feita uma abordagem mítica dos Deuses Gregos, seres eternos, maldições e imortalidade, pode dizer-se que agora foram abertas as portas da verdadeira temática desta série. Eu pessoalmente gostei muito, acho muito criativo e com um toque de originalidade em relação à grande parte das edições de livros sobre vampiros disponíveis no mercado.
“Prazer da Noite” é um livro de aventuras com uma forte componente paranormal. São-nos apresentadas diversas criaturas, explicadas as suas origens, os seus poderes e o seu tipo de relação com os humanos. A componente romântica é fundamental no decorrer da narrativa, é a ficha que mantém o leitor “ligado”e envolvido nestas quase 300 páginas. Amanda e Kyrian transbordam amor e sensualidade, obviamente que as arrojadas descrições dos encontros sexuais do casal são um dos pratos fortes da história, uma das armas mais bem utilizadas pela autora.
Uma história de amor que todos esperam acabar em bem, mas que até se conhecer o desfecho passa por várias dificuldades, dúvidas e lutas. Repleta de referências a Deuses, Demónios e a Seres Imortais com centenas e milhares de anos, a aura de magia deste livro leva-nos a lugares irreais, faz-nos viver as vidas passadas, sofrer com as traições e vinganças, emociona-nos com o amor verdadeiro, e acaba por dar uma lição de vida acerca do que realmente importa. Imperdível!
Sinopse
“Querida leitora, Alguma vez quis saber como era ser imortal? Viajar pela noite caçando os vampiros que perseguem os humanos? Ter riqueza e força ilimitadas? Essa é a minha vida e é escura e perigosa. Sou herói de milhares, mas ninguém me conhece. E adoro todos os minutos. Pelo menos era o que eu pensava até que, certa noite, acordei algemado ao meu pior pesadelo: uma mulher conservadora, de camisa apertada de cima a baixo. Ou, no caso de Amanda, abotoada até ao queixo. É inteligente, sensual, espirituosa e não quer ter nada a ver com o paranormal, por outras palavras, comigo. A minha atracção por Amanda Devereaux vai contra tudo aquilo que represento. Já para não dizer que, da última vez que me apaixonei, isso me custou não só a minha vida humana como a minha alma. Ainda assim, sempre que olho para ela, dou por mim a desejar tentar de novo. A desejar acreditar que o amor e a lealdade existem. Ainda mais perturbador, dou por mim a perguntar se haverá alguma forma de uma mulher como Amanda amar um homem cujas cicatrizes da guerra são profundas, e cujo coração foi ferido por uma traição tão selvagem que não sei se voltará a bater de novo."
Kyrian da Trácia
 
“Há muito tempo que não líamos uma voz tão poderosa, uma escritora tão imaginativa e cenas de amor tão intensas."
Pinerock Book Reviews
 
Saída de Emergência, 2009

 

opinião:
a ler: Amor e Guloseimas, Kate Jacobs
publicado por marcia às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

O Exército Perdido - Valerio Massimo Manfredi

 

“O Exército Perdido” é um épico extraordinário que narra a coragem e a determinação de um exemplar grupo de seres humanos.

O autor criou um romance com base nos diários de uma expedição de proporções gigantescas. Ao longo de mais de 400 páginas são descritas as actividades, as dificuldades e, acima de tudo, o instinto de sobrevivência deste grupo de cerca de dez mil mercenários gregos. Este corpo militar, cujo propósito só vamos perceber verdadeiramente com o avançar da narrativa, inicia a sua jornada ao serviço do príncipe Persa Ciro cujo objectivo é vencer e destronar o seu irmão Ataxerxes, Rei dos Persas. Ao contrário das expectativas iniciais, Ciro é morto e esta enorme massa militar vê-se perdida em terras completamente desconhecidas.
É nesta altura que começa a verdadeira acção deste livro, na forma como conta as peripécias e dificuldades de uma viagem que tudo fazia crer como impossível. Desde aos rigores do inverno, aos sucessivos ataques das tribos guerreiras das diversas zonas por onde passam, passando pela dor dos mortos que vão deixando para trás, a coragem, a força e a vontade de regressar a casa são preponderantes no desfecho da jornada.
Repleto de histórias de traição e intriga, com descrições de paisagens capazes de apaixonar os amantes das viagens, e com uma belíssima história de amor, o “Exército Perdido” é de uma riqueza literária elevada, deve ser lido com calma, degustado pelo leitor. Penso que daria uma óptima adaptação cinematográfica.
Gostaria de realçar o facto de a narrativa ser feita por uma mulher, Abira, apaixonada por Xenofonte, a quem segue e se entrega totalmente. Numa altura em que a opinião feminina não tinha qualquer relevância, é deveras interessante analisar toda esta saga pelas palavras de uma mulher. Recomendo!
Sinopse
“Xenofonte não foi apenas o biógrafo de Sócrates, foi também o comandante militar da famosa Retirada dos Dez Mil. Esta é a sua história - e a história de uma mulher que, por amor, tudo abandonou...

A vitória não é o único caminho para a glória. Ano 401 a.C.Trinta anos de guerra entre Esparta e Atenas levaram a Grécia ao limite das suas forças. Nesse momento de profunda crise, Ciro, irmão do imperador persa Artaxerxes, decide reunir um enorme exército de mercenários gregos, que passará à História como o "Exército dos Dez Mil". Ainda que tenha anunciado que o seu propósito era combater tribos rebeldes, o verdadeiro objectivo desta marcha de três mil quilómetros continua a ser um dos grandes enigmas da Antiguidade. Depois da morte de Ciro numa batalha, os mercenários ficaram abandonados à sua sorte num território que lhes era hostil. Pouco depois, os chefes gregos seriam aniquilados numa emboscada. Xenofonte, um culto guerreiro ateniense, toma o comando da fracassada expedição e empreende o regresso à pátria. A seu lado, sempre, uma figura de mulher: Abira, a jovem que tudo abandonou para o seguir.

O Exército Perdido narra a épica aventura dos Dez Mil e, simultaneamente, a história de um amor incondicional que nunca vacilou diante das maiores adversidades.”
 
«Esta obra contém todos os elementos de um verdadeiro romance épico. São páginas repletas de aventura, perigo, amor, vingança, mistério e enigma».
Historical Novels Review
 
Porto Editora, 2009

 

opinião:
a ler: Prazer da Noite, Sherrilyn Kenyon
publicado por marcia às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Resultados do Passatempo "Prazer da Noite"

 

Já estão encontrados os 3 vencedores do passatempo “Prazer da Noite”:
13 – Ana Pedroso
25 – Cláudia Costa Figueira
51 – Isabel Cristina Azevedo
Agradeço a todos os participantes e, claro, à Editora Saída de Emergência por apoiar e tornar possíveis estas iniciativas. Das 120 participações recebidas, 119 foram consideradas válidas por estarem dentro dos parâmetros pedidos.
As respostas às questões são as seguintes:
1.Qual a relação familiar entre Amanda e Selena? Irmãs;
2.Qual a profissão de Cliff? Técnico de Processamento de Dados;
3.De que cor se veste sempre Tabitha? Preto;
4.O que está escrito no pedaço de papel que Tabitha entrega a Selena? “O Predador da Noite está próximo. Desiderius tem de se preparar”;
5.A quem coube a tradução de “O Prazer da Noite”? Rita Guerra;
Os vencedores foram contactados por e-mail. Boas leituras!
Não deixem de participar no passatempo “O Cônsul Desobediente”, a decorrer até ao próximo de 2 de Dezembro. Boa sorte a todos!
publicado por marcia às 23:31
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Passatempo "O Cônsul Desobediente"

 

É com enorme prazer que o planetamarcia lança mais um passatempo com o apoio da Editora Saída de Emergência. Desta vez temos para sortear 3 exemplares de “O Cônsul Desobediente” de Sónia Louro.
“O Cônsul Desobediente” é um excelente relato histórico sobre a vida de Aristides Sousa Mendes, é um livro que divulga de forma exemplar os actos deste português de coragem. Poderão ler a minha opinião sobre este livro aqui. Não posso deixar de referir que tenho muito gosto em promover um passatempo para um livro de um autor português.
Para se habilitarem a serem um dos vencedores apenas têm de responder acertadamente às seguintes questões sobre o livro:
1.Em que ano iniciou a autora a escrita deste livro?
2.Aristides de Sousa Mendes foi Cônsul em França durante a Segunda Guerra Mundial. Em que cidade?
3.Qual o nome dado pela família de Aristides de Sousa Mendes à viatura Ford feita por encomenda em Antuérpia?
4.Qual o nome do irmão gémeo de Aristides de Sousa Mendes?
5.Em que se licenciou Aristides de Sousa Mendes?
O passatempo decorre até às 23h59 do próximo dia 2 de Dezembro.
As respostas deverão ser enviadas para o e-mail marciafb@net.sapo.pt , sempre com informação de nome e morada. O sorteio dos vencedores é feito aleatóriamente e os nomes dos premiados anunciado aqui no blogue; os vencedores serão também informados por e-mail.
Serão apenas aceites participações de residentes em Portugal, e uma por participante e residência.
Para responderem às perguntas sugiro pesquisa no blogue planetamarcia e no site da Editora Saída de Emergência, no link dedicado a este livro – é fundamental a leitura do excerto disponibilizado.
Boa sorte a todos! Participem!

 

publicado por marcia às 00:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Novidade Esfera dos Livros - Michael Jackson - J. Randy Taraborrelly

Já tanto se escreveu sobre a vida e a carreira de Michael Jackson que é quase impossível separar o homem do mito. Fruto de uma pesquisa de mais de 30 anos, com entrevistas exclusivas a familiares, amigos e ao próprio artista em diversas ocasiões, o prestigiado jornalista J. Randy Taraborrelli traça um retrato objectivo, verdadeiro e revelador da vida do artista que marcou para sempre o mundo da música.
Da sua infância enquanto criança talentosa, à relação com o pai, das batalhas judiciais e aparições públicas controversas, à sua progressiva transformação física, dos casamentos polémicos às suas grandes paixões e vícios, o autor revela-nos as estórias por trás das luzes do palco enquanto nos faz viajar pelo mundo musical em que o artista cresceu. Dos primeiros passos junto dos seus irmãos, Jackson 5, aos vídeos inovadores e grandes êxitos como Thriller ou Bad. Da voz original aos passos de dança geniais, Michael Jackson, que morreu aos 50 anos de idade, conquistou o seu lugar como rei da pop.
Uma biografia fundamental não só para os grandes fãs do cantor, mas para todos os que gostam de música.

 

J. Randy Taraborrelli é um respeitado jornalista do mundo do entretenimento e participa em vários programas de televisão. É autor de vários livros entre eles, Sinatra: The Man Behind the Myth, Madonna: An Intimate Biography. É jornalista correspondente para The Times, Paris Match e Daily Mail.
 
Colecção: Fora de colecção
P.V.P: 35 €
ISBN: 978-989-626-192-4
Páginas: 656 + 32 extratextos
Formato: 16 X 23,5 / Brochado
Data de lançamento: Novembro
publicado por marcia às 00:31
link do post | comentar | favorito
|

Novidade Esfera dos Livros - Salmos - José António Pagola

Quer falar com Deus, mas não sabe como? Há alturas em que nos apetece confrontá-Lo com a nossa dor e sofrimento ou simplesmente dar-Lhe graças pelas alegrias da nossa vida, partilhar momentos de esperança e coragem, situações que estamos a viver e falar-Lhe das dúvidas e desilusões com que nos confrontamos.
Com a força e a sinceridade própria dos salmos, este livro vai ajudá-lo a rezar a qualquer hora do dia e em qualquer lugar. Organizada por situações e sentimentos concretos que vivemos no nosso dia-a-dia, esta obra apresenta-nos 150 salmos que espelham os sentimentos do coração – a doença, a esperança, o perdão, a confiança, etc.
Porque é fundamental partilhar com Deus os momentos mais importantes da nossa vida, esta obra faz uma selecção dos principais salmos e de invocações e súplicas retiradas dos salmos e evangelhos. Frases breves que, em poucas palavras, dizem muito. O autor José Antonio Pagola desafia-o: reze devagar, sem pressas e saboreie cada palavra. Reze com o coração.

 
José Antonio Pagola é sacerdotee e tem dedicado a sua vida aos estudos bíblicos, nomeadamente à investigação sobre o Jesus histórico. Nascido em 1937, é licenciado em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma (1962), licenciado em Sagradas Escrituras pelo Instituto Bíblico de Roma (1965), e diplomado em Ciências Bíblicas pela École Biblique de Jerusalém (1966).
 
Colecção: Religião
P.V.P: 18 €
ISBN: 978-989-626-194-8
Páginas: 248
Formato: 13,5 X 21,5 / Cartonado
Data de lançamento: Novembro
publicado por marcia às 00:26
link do post | comentar | favorito
|

Novidade Esfera dos Livros - Receber com Estilo - Joana Mayer e Guiomar Machaz

Ao ar livre, à volta da lareira, num jantar informal, num chá entre amigas ou numa ocasião mais festiva como o Natal, o gosto de receber os seus convidados passa por vários detalhes que envolvem algum empenho, muita organização e principalmente imaginação.
Joana Mayer apresenta-lhe cerca de 80 receitas práticas, fáceis de confeccionar e requintadas que vão impressionar os seus amigos e familiares. Sopa de lavagante, pernil com risotto de legumes, pregado com ervas aromáticas ou mousse de chocolate branco são alguns dos pratos que Joana Mayer lhe ensina a preparar. Neste livro encontra ainda conselhos e dicas úteis para receber com estilo os seus convidados.
Escolher a ementa ideal, criar um ambiente acolhedor, saber colocar uma mesa ou escolher um bom vinho são passos fundamentais para que você e os seus amigos desfrutem de momentos inesquecíveis à mesa.
O gosto de Joana Mayer pela gastronomia relevou-se desde cedo. Herdeira de antigas receitas de família e dotada de uma enorme curiosidade pela arte de receber à mesa, Joana Mayer aprendeu a recriar com mestria sabores, texturas e aromas numa cozinha simples, baseada na qualidade dos produtos confeccionados, mas com uma alma que a torna muito especial.
 
Joana Mayer realizou cursos em França, Espanha e Itália e, juntamente com a sua mãe que lhe transmitiu o gosto pela arte de receber, serviu chefes de Estado e personalidades como a rainha Isabel II de Inglaterra; Sua Santidade, o Papa João Paulo II; Ronald Reagan ou George Bush.
 
Colecção: Manuais e Guias
P.V.P: 28 €
ISBN: 978-989-626-187-0
Páginas: 168 Ilustrado
Formato: 21 X 22 / Brochado
Data de lançamento: Novembro
publicado por marcia às 00:18
link do post | comentar | favorito
|

Novidade Esfera dos Livros - Se as Jóias Falassem - Eduardo Alves Marques

No seu casamento D. Estefânia usou um diadema de quatro mil diamantes oferecido pelo marido, uma jóia imponente cujo peso a fez sangrar da cabeça em plena igreja. Do Brasil D. Maria II trouxe magníficas pedras preciosas que espantavam as damas da corte. Já D. Maria Pia chegou a Portugal com um dote de que faziam parte mais de 68 jóias, mas a rainha era uma apaixonada pela joalharia e, desde cedo, começou a encomendar as suas jóias aos melhores joalheiros portugueses e estrangeiros, sem olhar a custos. Mais contida, D. Amélia tem como peça de eleição o diadema D Luís, uma jóia de 800 diamantes montada sobre ouro e prata, oferecida pelo sogro e que fazia questão de usar nas cerimónias oficias de aparato.
São estas e outras histórias sobre as jóias reais e as rainhas que as usaram que Eduardo Alves Marques recupera do esquecimento. Este livro, baseado numa investigação cuidada e exaustiva, e com uma preciosa colecção de imagens, conta-nos episódios marcantes da História de Portugal através das peças de joalharia que, em silêncio, mas perante o olhar de todos estiveram presentes em grandes cerimónias de Estado.
Nestas páginas vai encontrar estórias e curiosidades, lendas e factos sobre braceletes, colares, pulseiras, diademas e outros objectos que ganham uma nova vida nesta original obra.

 
Eduardo Alves Marques nasceu a 7 de Dezembro de 1975 em Montargil. Licenciado em Arquitectura, desde cedo se dedicou à investigação do gosto e da vivência da Casa Real. Após 10 anos de trabalho no estrangeiro, regressa a Portugal com o intuito de reunir os vários elementos que tinha coligido ao longo de anos de investigação, resultando parte dessa colecta no livro que agora se apresenta.
 
Colecção: História Divulgativa
P.V.P: 26 €
ISBN: 978-989-626-189-4
Páginas: 280 + 52 extratextos
Formato: 16 X 23,5 / Cartonado
Data de lançamento: Novembro

 

publicado por marcia às 00:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Novidade Esfera dos Livros - Amantes dos Reis de França - Ana Cristina Pereira e Joana Troni

Na História de França o sexo e a sedução foram meios muitas vezes utilizados para atingir o poder. Se é verdade que sempre houve amantes dos reis, só a partir da dinastia de Valois, com Francisco I, as amantes começam a ganhar papel de destaque e a rivalizar com a figura da rainha legítima. Basta referir Diane de Poitiers que esteve sempre presente nos actos públicos da família régia.
Foi com a dinastia de Bourbon que a figura da amante se institucionalizou e ganhou todo o seu esplendor. Henrique IV teve 14 amantes e 11 filhos ilegítimos. A sensual e inteligente Madame de Montespan era tratada como a verdadeira «Rainha de França». O seu neto, Luís XV, perdeu-se de amor pelas irmãs Mailly, mas a sua mais célebre amante foi Madame Pompadour, uma das mulheres mais bonitas de Paris, sendo seguida por Madame du Barry, prostituta que se tornou a favorita oficial da corte de Versalhes, que acabou na guilhotina aquando da Revolução Francesa.

 
Ana Cristina Pereira Nascida em Lisboa em 1981, é licenciada em História e Mestre em História Moderna pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Tem-se dedicado ao estudo da História da Casa Real e Corte e à História das mulheres em Portugal nos séculos XVII e XVIII, participando em vários congressos nacionais e internacionais. Publicou em 2008, Princesas e Infantas de Portugal (1640-1736), com a chancela das Edições Colibri.

Joana Troni nasceu em Lisboa e é doutoranda da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Publicou recentemente a sua tese de mestrado Catarina de Bragança (1638-1705), Lisboa, Colibri, 2008.
 
Colecção: História Divulgativa
P.V.P: 24 €
ISBN: 978-989-626-188-7
Páginas: 333 + 24 extratextos
Formato: 16 x 23,5 / Cartonado
Data de lançamento: Novembro
 
Apresentação no dia 3 de Dezembro, às 18h30, na Mediateca do instituto Franco Português.

 

publicado por marcia às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

Novidade Esfera dos Livros - História de Portugal - Rui Ramos, Bernardo Vasconcelos e Sousa e Nuno Gonçalo Monteiro

Rui Ramos, Bernardo Vasconcelos e Sousa e Nuno Monteiro, professores universitários da nova geração de historiadores apresentam a História de Portugal num só volume, da Idade Média ao século XXI.
Numa narrativa clara e rigorosa os autores abordam os nove séculos da nossa história através das suas dimensões política, económica, social e cultural, dando uma visão integrada de cada época e momento histórico, colocando, ao mesmo tempo, a História de Portugal no contexto da História da Europa e do mundo.
Com ilustrações a cores, mapas, cronologias e lista de governantes trata-se sem dúvida de uma obra de referência fundamental para compreender o passado e o presente num momento de grandes decisões e escolhas para o futuro de Portugal.
 
Rui Ramos é Investigador Principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde ensina nos cursos de Mestrado em Política Comparada e de Doutoramento em Ciência Política, e Professor convidado na Universidade Católica Portuguesa (Lisboa). Licenciado em História pela Universidade Nova de Lisboa e doutorado em Ciência Política pela Universidade de Oxford, é autor de vários livros.

Bernardo Vasconcelos e Sousa é Professor na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde tem leccionado no âmbito da Licenciatura e do Mestrado em História Medieval e de cujo Instituto de Estudos Medievais foi Presidente. Tem várias obras editadas.

Nuno Gonçalo Monteiro é InvestigadorCoordenadordo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e Professor convidado do ISCTE (Lisboa). Doutorado em História Moderna pela F.C.S.H/Universidade Nova de Lisboa e agregado em História pelo ISCTE, realizou conferências e comunicações em vários países, tendo sido professor visitante em universidades espanholas, francesas e brasileiras. Tem várias públicações editadas.
 
Colecção: História
P.V.P: 39 €
ISBN: 978-989-626-139-9
Páginas: 976 + 52 extratextos
Formato: 16 X 23,5 / Cartonado
Data de lançamento:
Novembro
publicado por marcia às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O Ano da Dançarina - Carl...

. Minotauro - O Homem que D...

. Os Desafios da Europa – U...

. Rapariga em Guerra - Sara...

. O Leitor do Comboio - Jea...

. A Breve e Assombrosa Vida...

. Revista Inominável #7

. A verdade sobre o caso Ha...

. Marcador - O Ano da Dança...

. A Serpente do Essex - Sar...

.últ. comentários

Uhm, interessante... Paula
Atenção que a Dançarina pode ter um significado di...
É verdade! Vêm aí muitas coisas boas! Deixo também...
Nunca li nada desta autora, mas deixaste-me curios...
Obrigada, Márcia. Quando pedi para avisares, pense...
Muito obrigada, Isaura! Beijinho!
Beijinhos, Isaura! Obrigada por teres ido!
Olá Paula! Vêm aí novidades interessantes da Minot...
Acho que vais gostar, Ana!
é bem "agarrado", Teresa!

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds