Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

A Porto Editora na Feira do Livro de Lisboa 2009

A presença da Porto Editora na 79º edição da Feira do Livro de Lisboa é marcada pela celebração dos 65 anos de existência da empresa que dá nome ao maior grupo editorial português.

 

 

 

No próximo dia 2 de Maio, sábado, passam precisamente 65 anos da fundação da Porto Editora. Ocasião para festejar uma história de sucesso e que será assinalado com um Porto de Honra, a realizar às 18:30, no Espaço Porto Editora, e onde estarão vários autores – como Rosa Lobato de Faria, Deana Barroqueiro ou Pedro de Sena-Lino – e inúmeras personalidades do meio editorial.
 
O Espaço Porto Editora, uma área central envolvida pelos 12 stands desta editora, vai acolher várias iniciativas ao longo da Feira do Livro, desde as tradicionais Sessões de Autógrafos – com especial destaque para a presença de Luís Sepúlveda nos dias 9 e 10 de Maio – a Workshop de Escrita Criativa e debates dedicados ao mundo dos livros.
 
Programa para Espaço Porto Editora
79ª Feira do Livro de Lisboa
 
ROSA LOBATO DE FARIA
Sessão de Autógrafos
Sexta, 1 de Maio, às 15:30
 
RUI MARQUES
Sessão de Autógrafos
Sábado, 2 de Maio, às 16:30
 
PORTO EDITORA • 65 ANOS
Porto de Honra
Sábado, 2 de Maio, às 18:30
 
PEDRO SENA-LINO
Workshop de Escrita Criativa
Sábado, 2 de Maio, às 21:30
 
JOSÉ JORGE LETRIA
SARA MONTEIRO
PAULO GUINOTE
Sessão de Autógrafos
Domingo, 3 de Maio, às 15:30
 
DEANA BARROQUEIRO
Sessão de Autógrafos
Quarta-feira, 6 de Maio, às 16:00
 
PEDRO SENA-LINO
DULCE MARIA CARDOSO
E OUTROS CONVIDADOS
Debate/Sessão de Autógrafos
Sexta-feira, 8 de Maio, às 21:30
 
LUIS SEPÚLVEDA
ALBERTO S. SANTOS
ROSA LOBATO DE FARIA
Sessão de Autógrafos
Sábado, 9 de Maio, às 15:30
 
LUIS SEPÚLVEDA
Sessão de Autógrafos
Domingo, 10 de Maio, às 15:30
VÁRIOS CONVIDADOS
Literatura e Público Feminino em Debate
Quinta-feira, 14 de Maio, às 21:30
 
VÁRIOS CONVIDADOS
Literatura Juvenil em Debate
Sexta-feira, 15 de Maio, às 21:30
 
JOÃO AGUIAR
ROSA LOBATO DE FARIA
VIOLETA FIGUEIREDO
Sessão de Autógrafos
Sábado, 16 de Maio, às 15:30
 
PAULO AZEVEDO
SOFIA ARÊDE
HUMBERTO SANTOS (PRES. DA
A.P.DEFICIENTES)
Debate/Sessão de Autógrafos
Domingo, 17 de Maio, às 17:00
 
publicado por marcia às 23:45
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Abril de 2009

Português Suave

 

 

Este é o quarto livro que leio da Margarida Rebelo Pinto; desde que saiu que o queria ler e achei logo que seria uma leitura interessante; não me enganei.
Confesso não ter gostado do “Sei lá”, nem do “Não há Coincidências” e muito menos do “Alma de Pássaro”. Não gostei mas li porque para se poder falar (mal ou bem) tem de ser com conhecimento de causa. Nunca entendi bem o fenómeno de vendas destes livros pois achei-os sempre fúteis e ocos, não acrescentaram nada à minha vida.
Este “Português Suave” marca uma diferença. Encontrei uma Margarida que escreve com menos raiva pela vida em geral e pelos homens em particular, mas que contínua crítica e mordaz. Poderei também ser eu, que já tenho mais uns anitos desde as últimas leituras desta autora, que vejo agora certas situações da vida com outros olhos…sei lá… (esta foi boa!).
Esta história é contada em várias vozes, de várias gerações. Não vou explorar muito a história, para isso deixo a sinopse, pois o que eu gostei mesmo foi da descrição da nossa sociedade desde os anos 30 até a actualidade. É aqui que eu acho que a autora fez um belíssimo trabalho, mantém as suas descrições cruas e por vezes violentas das situações e das personagens, é uma escrita simples e muito livre, do género “eu escrevo o que e como me apetece, quem gosta gosta e quem não gosta azar”. Eu gosto, é incisiva e nada meiga.
Por vezes as descrições parecem desabafos, apontamentos de relações mal sucedidas, dos constantes erros praticados pelas mulheres e das suas buscas pela felicidade e procura do amor, cada uma à sua maneira.
Gostei da diversidade de opiniões, da mistura entre personagens de meios e com educações diferentes, da sátira social sempre presente e oportuna que nos faz pensar se realmente, ao longo dos anos, o nosso país mudou alguma coisa ou está exactamente na mesma; não teremos mantido a mesma mentalidade tacanha de que as origens ditam o sucesso e a riqueza? De que nada de obtém por mérito?
Faz uma análise política superficial mas interessante. Criou personagens que pensam, têm e manifestam opiniões. Um livro que se lê a bom ritmo, nem precisei de um dia inteiro.
E quem se identifica com este excerto?
“E lembro-me do anúncio da Pasta Medicinal Couto, um preto a fazer habilidades com uma cadeira e a dentadura de aço, no tempo da televisão a preto e branco. Lembro-me da laca Sunsilk, do depilatório Taky, que tinha um cheiro medonho, do creme de pele Tokalon e do sabão Clarim, o preferido da Alzira, do restaurador Olex, que o Américo, o marido dela, ainda deve usar, e do Omo lava mais branco. No chão de cimento da garagem jogávamos à macaca e, nas festas de anos, ao lenço, ao bom dia senhorita e à cabra-cega.
Lembro-me de a Naná, que sempre foi dada a disparates, numa tarde ociosa, lhe ter dado para despejar uma embalagem inteira de detergente Presto num alguidar com água para ver os glutões, tal como apareciam no anúncio, sorridentes e vorazes, a comer as nódoas da roupa em grande animação.” (pág.97)
Sinopse
“Temos de enfrentar os nossos fantasmas...pelo menos uma vez na vida.
Na década de quarenta, Mercês Perestrello é dada como louca e afastada dos seus filhos. Nos anos sessenta, as gémeas Maria Teresa e Maria Luísa seguem caminhos opostos em busca da (mesma) felicidade. Quarenta anos depois, as primas Leonor e Naná desvendam segredos nunca antes imaginados. São três gerações de mulheres a desafiar os brandos costumes, mas apenas uma a descobrir a verdade.
Num país em que a prudência aconselha a seguir a máxima uma coisa de que não se fala não existe, a vontade de subverter todas as regras irá mudar o destino de uma família.”
"Confesso que cheguei a invejar-lhes a vida organizada e ordeira, os filhos sossegados e disciplinados, aquele modelo muito burguês, muito português suave, a que o Alexandre O'Neill chamava a alegria sonâmbula, a vírgula maníaca do modo funcionário de viver, tão morno, tão brando, tão baseado nas aparências e em tudo como deve ser, porque o parecer está ainda e sempre acima do ser, e o dever, acima do prazer, do sentir, de tudo."
Oficina do Livro, 2008

 

opinião:
a ler: Contagem Decrescente, Ken Follett
publicado por marcia às 22:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

As Vinhas da Ilusão

Uma das apostas da  para este mês tem todo o meu interesse e atenção. Acho que deve ser um excelente livro!

 

 

 

 

A surpreendente estreia de Benedetta Cibrario
 
Um século de História. Um casamento fracassado.
Uma paixão no coração da Europa. As Vinhas daIlusão é um romance que obteve, em 2008, um dos mais importantes prémios literários de Itália: o Campiello.
 
Turim, 1928. Uma mulher rebelde, que nunca nos revelará o seu nome, é criada num lar onde a elegância e o rigor da aristocracia piemontesa a constringem à infelicidade de um casamento combinado. Aos vinte anos é forçada a casar com o homem que lhe estava prometido, mas o destino insiste em colocar-lhe no caminho, em três inesperadas ocasiões, o fascinante e enigmático Trott e ela como que despertará de um encantamento. Demasiado moderna para se adaptar docilmente às convenções sociais, ela é, no entanto, muito frágil e pouco acostumada a dar voz aos seus sentimentos.
Vivem-se tempos de mudança: na sociedade italiana e também dentro dela. Face às constantes traições desavergonhadas do marido, decide abandoná-lo e refugia-se sozinha em San Biagio, numa quinta nos arredores de Siena. Entretanto eclode a Segunda Guerra Mundial e dá-se a queda do Fascismo. O desejo de renascimento que acaba por invadir um país inteiro acaba por coincidir com o reaparecimento de Trott.
 
As Vinhas da Ilusão é a nova proposta da Porto Editora. Uma obra de qualidade literária reconhecida, que apresenta uma escritora de talento cujo percurso merece ser acompanhado com atenção.
 
A Autora
Benedetta Cibrario nasceu em Florença, mas cresceu em Turim. Nos anos noventa viajou para Inglaterra com o marido e os quatro filhos e dedicou-se exclusivamente à escrita. Em 2000 regressa a Itália e dá início a um projecto de produção olivícola, numa pequena herdade agrícola na Toscânia. Em Setembro de 2007 muda-se para Milão, e em Outubro publica Rossovermiglio. Em Maio de 2008 Rossovermiglio é seleccionado para o Prémio Viadana e em   Prémio Berto. Em Agosto 2008 recebeu o Prémio Campiello.
 
Título: As Vinhas da Ilusão
Autor: Benedetta Cibrario
N.º Págs.: 240
PVP: 16,50 €

 

publicado por marcia às 21:48
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Resultados Passatempo "Leva-me esta Noite"

As duas sortudas premiadas com os livros "Leva-me esta Noite" de Cristina Flora foram:

 

21 – Sónia Ferreira

24 – Rita Catarino

 

Parabéns!

 

Agradeço a todos os participantes, espero contar convosco em futuros passatempos!

 

O meu obrigada à Saida de Emrgência por ter disponibilizado os exemplares a concurso.

 

Boas leituras a todos!

 

publicado por marcia às 22:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 19 de Abril de 2009

Onde Caem os Anjos

 

 

Mais um romance lido para descontrair de uma leitura anterior pesada. Nora Roberts cumpre mais uma vez a função de entreter e distrair.
Crimes, vários suspeitos, personagens com passados negros e claro, a história de amor da praxe. Neste caso até temos duas histórias de amor paralelas, com os previsíveis finais felizes. Por vezes é bom ler um livro que sabemos que vai acabar bem. É o que chamo “o livro de Domingo à tarde”.
Neste “Onde Caem os Anjos” é-nos apresentado um misterioso crime cujos pormenores vão surgindo ao longo da narrativa. A lista de suspeitos vai-se tornado extensa e todos podem ter motivos para ter cometido o homicídio.
A descoberta do verdadeiro culpado não é surpreendente…é antes uma conclusão lógica. Já li livros da Nora Roberts com final mais empolgante, como é o caso do fantástico “Lua de Sangue”.
De resto a história é contada num fio condutor bem estruturado, com as habituais descrições tórridas das performances sexuais das personagens. Tudo truques bem usados para prender o leitor. Não surpreende mas diverte. Recomendo.
Sinopse
“Reece Gilmore foge de um passado traumático como única sobrevivente de um crime brutal em que viu todos os seus amigos morrer. Um dia chega a Angel’s Fist, um lugar idílico rodeado por belas montanhas, e decide aceitar um emprego no restaurante local como cozinheira.
Reece cedo encanta os locais com os seus dotes de culinária. Afinal de contas, era uma famosa chefe de cozinha na Costa Leste, mas continua atormentada pelo crime de que foi vítima, e luta constantemente contra os pesadelos que a assombram. Até que um dia é a única testemunha de um novo homicídio…
Sendo tão frágil e dada a ataques de pânico, ninguém na cidade parece acreditar em Reece a não ser Brody, um irascível e atraente escritor de policiais. E quando uma série de eventos perigosos tornam claro que alguém está a tentar enlouquecer Reece e a eliminá-la do caminho, ela terá que confiar em Brody, e em si própria, para descobrir se existe ou não um assassino em Angel’s Fist.”


“O grande dom de Nora Roberts é a sua habilidade em arrebatar o leitor para a vida das suas personagens.. vivemos, amamos, sofremos e triunfamos com elas!"
Rendezvous

"Nora Roberts é uma artista da palavra. Pinta a sua história e as suas personagens com vitalidade e realismo."
Los Angeles Daily New

"Os admiradores de Nora Roberts vão deliciar-se."
Booklist
Saída de Emergência, 2009

 

opinião:
publicado por marcia às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

A Educação do Meu Umbigo - Paulo Guinote

Uma vez mais com a colaboração da  o planetamarcia apresenta:

 

 

 

Quando criou o blogue A Educação do Meu Umbigo, Paulo Guinote estava longe de imaginar que, poucos anos depois, o seu projecto ganharia a forma de livro. Mais improvável ainda, de considerar a hipótese de que, pelo caminho, se tornaria conhecido por muitos milhares de professores, comunicação social, políticos – ao ponto de chegar ao estatuto de referência mobilizadora da revolta de toda uma classe profissional.
A verdade é que A Educação do Meu Umbigo (http://educar.wordpress.com/) é um exemplo de como a blogosfera se transformou num espaço de intervenção cívica, com grande poder de influência aos mais diferentes níveis, nomeadamente político. Agora, em formato de livro, o projecto de Paulo Guinote ganha um outro estatuto, chegando a novos leitores e com o claro objectivo de alimentar o debate sobre uma das áreas mais importantes da sociedade: a Educação.
 
São 400 páginas que revisitam o que de mais importante se passou nos últimos anos no âmbito da realidade educativa em Portugal, “lançando um olhar ácido sobre situações, protagonistas e outras incredulidades que têm afligido o nosso sistema educativo”, como refere Paulo Guinote. Textos que revelam um conhecimento de causa incontestável e que contribuíram para transformar o A Educação do Meu Umbigo num blogue-bandeira de toda uma classe e, ao mesmo tempo, um espaço incómodo para determinados círculos.
Organizado numa perspectiva cronológica, o livro A Educação do Meu Umbigo constitui um documento fundamental para perceber as polémicas que marcam a agenda da política educativa no nosso país.
 
A Educação do Meu Umbigo será lançado no próximo sábado, dia 18 de Abril, pelas 16:30, na Biblioteca Nacional, com a presença do autor, de José Manuel Fernandes (Director do Público, que apresentará o livro) e de Vasco Teixeira, Administrador da Porto Editora.
 
O Autor
Nascido em Lisboa em 1965, Professor do 2º Ciclo do Ensino Básico, Paulo Guinote é licenciado em História (1987, FCSH-UNL), Mestre em História Contemporânea (FCSH-UNL) e Doutor em História da Educação (2005, FPCE-UNL).
É autor e co-autor de uma dezena de livros na área da História. Em 1997, ganhou o prémio de investigação Carolina Michäelis de Vasconcelos com a sua tese de mestrado Quotidianos Femininos (1900-1933). O seu blogue A Educação do Meu Umbigo, criado em Novembro de 2005, transformou-se num caso único de popularidade na blogosfera portuguesa, tendo atingido os 4 milhões de visualizações durante o ano de 2008.
 
Título: A Educação do Meu Umbigo
Autor: Paulo Guinote
N.º Págs.: 400
PVP: 16,00 €

 

publicado por marcia às 23:48
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Resultados Passatempo "Silver Bay"

Parabéns às vencedoras do Passatempo "Silver Bay - Baía do Desejo"

As frases premiadas são as seguintes:

 

 "Mergulhar na imensidão de águas cristalinas e saborear o aroma do desejo. A magia cintilante de um romance inesperado onde a paixão enaltece os sentimentos mais profundos... somente na Baía do Desejo. Imperdível!"

Sofia Regalo
 
"Despertaste-me para a vida quando me olhaste com ternura e hoje só posso dizer-te que és a minha baía (segura) de desejos."
Helena Ramos
 
"Foi um desejo que o levou àquela baía, mal sabia que, ao sabor das suas águas e ao ritmo da sua brisa, o seu desejo se transformaria...em amor...amor pela povoação que tencionava destruir; amor por alguém que não pensava em amar...um amor que aquela baía ajudou a criar."
Diana Patrícia Castro Almeida
 
 

Obrigada a todos os participantes, espero poder contar convosco em passatempos futuros!

publicado por marcia às 22:17
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 12 de Abril de 2009

Passatempo Leva-me Esta Noite

O planetamarcia lança, com a colaboração da Editora Saída de Emergência,  um passatempo para premiar 2 leitores com  2 exemplares do livro "Leva-me Esta Noite" de Cristina Flora.

 

 

Para participar apenas têm de responder acertadamente às seguintes questões, e enviar para marciafb@net.sapo.pt até ao dia 19 de Abril de 2009. 

Os vencedores serão escolhidos por sorteio entre todas as paticipações correctas.

 

  • Quais os nomes dos proprietários da casa de antiguidades no chiado?
  • O que são os laughing boys?
  • Qual a data de nascimento da autora?
  • Em que ano publicou Cristina Flora o seu primeiro romance?

Participem!

 

 

Sinopse
 
Lorenzo e Biagio Millefiori são dois irmãos luso-italianos proprietários de uma casa de antiguidades no Chiado. Órfãos desde a adolescência, aprenderam a viver de uma forma tão sintonizada como aquela representada pelas figuras chinesas de porcelana, os gémeos imortais da harmonia, que são os laughing boys. Tais comparações entre peças de arte e situações do quotidiano passam a ser recorrentes do vocabulário de Lorenzo, e essa obsessão pelas antiguidades fará com que este inicie um tratamento de psicoterapia com Sara Rocha.
A vertigem começa com a descoberta de um caderno escrito por Bianca, a mãe, ainda em solteira. Essas páginas, assim como uma série de perturbantes coincidências, irão convencer Lorenzo de que as sessões com Sara são premonitórias dos acontecimentos que sucedem a partir delas: se a porcelana o conduziu até à mãe, a prata levá-lo-á ao encontro de Clara Luna, uma misteriosa venezuelana.
Mas será uma agressão física, aparentemente despropositada, que lançará a intriga, a suspeita e a perda dos afectos: afinal, quem e porquê roubou as jóias da coroa portuguesa do museu de Haia, na Holanda?
 
Género: Lit. Contemporânea
Palavras-chave: Romance,
Mistério, Traição, Crime
Formato: 16 x 21 cm
Páginas: 192
Tiragem: 1200
PVP: 17,75 €
 
Ler excerto de “Leva-me Esta Noite” aqui

 

publicado por marcia às 23:28
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Sábado, 11 de Abril de 2009

Beleza Assassina

 

 

Iniciei esta leitura muito motivada e confesso que esperava mais deste livro.
Li várias opiniões favoráveis, a sinopse cativou-me assim como a imagem do livro, que considero diferente e arrojada.
É uma boa história, está bem construída e bem escrita…mas não me agarrou como eu gostaria; a fase final, supostamente a mais empolgante neste tipo de livros, foi lida com relativa calma e não da forma compulsiva que eu gosto.
Não é mentira que se trata de “um thriller arrepiante” como nos diz na capa, tem realmente algumas passagens menos simpáticas para quem seja mais impressionável…muitas vezes durante a leitura pensei como poderia ser um filme difícil de ver em caso de adaptação ao cinema…
Como se trata de um policial não vou aprofundar demasiado o meu parecer pois neste tipo de livros qualquer pequena revelação é a morte do artista…neste caso a morte da leitura…
Destaco no entanto a relação entre Archie Sheridan e a psicopata Gretchen Lowell, que são respectivamente o detective e a assassina mas cujos papéis se invertem numa relação de dependência submissa e doentia. Uma análise interessante a considerar para aqueles que se interessam pelas temáticas da mente humana.
Eu exijo mais de um policial mas é um bom livro. Recomendo a sua leitura.
Sinopse
“Após dez anos no encalço de Gretchen Lowell, o detective Archie Sheridan é raptado e torturado durante dez dias pela lindíssima serial killer. Mas, no final, ela decide, misteriosamente, libertá-lo e entregar-se às autoridades.
Gretchen é condenada a prisão perpétua, enquanto Archie é condenado a outro tipo de prisão: viciado em vários medicamentos, não é capaz de regressar à sua antiga vida e não consegue esquecer aqueles dez dias de tortura... nem Gretchen.
Quando outro assassino começa a raptar e assassinar raparigas adolescentes de Portland, Archie é convidado a voltar ao activo e a liderar a equipa que vai investigar os crimes recentes.
A nova investigação dará início a um jogo mortal entre Archie, o novo assassino e... Gretchen Lowell.”
 
“Excelente... (Lowell) é uma vilã tão memorável como Hannibal Lecter... “
Publishers Weekly


“O livro é de tal modo inovador, que é como se Cain tivesse inventado um novo género... Merece um público vasto. “
Toronto Star


“Beleza Assassina é um romance vertiginoso. Sórdido e carregado de suspense, com personagens bem concebidas, surpresas sinistras e diálogos mordazes.”
The New York Times Book Review


“Personagens imperfeitas mas inteligentes, um assassino peculiar e um cenário que complementa o enredo macabro fazem deste romance um que os amantes de thrillers não podem deixar de ler.”
USA Today


“Chelsea Cain arquitectou uma sórdida peça de suspense que é absolutamente impossível parar de ler.”
Library Journal
 
Porto Editora, 2009

 

opinião:
publicado por marcia às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Abril de 2009

Novidades para Abril - Editora Saída de Emergência

O Festim dos Corvos - George R. R. Martin

 

 

 

Continuando a saga mais ambiciosa e imaginativa desde O Senhor dos Anéis, As Crónicas de Gelo e Fogo prosseguem após o violento triunfo dos traidores.
Enquanto os senhores do Norte lutam incessantemente uns contra os outros e os Homens de Ferro estão prestes a emergir como uma força implacável, a rainha regente Cersei tenta manter intacta a força dos leões em Porto Real. Os jovens lobos, sedentos por vingança, estão dispersos pela terra, cada um envolvido no perigoso jogo dos tronos. Arya abandonou Westeros rumo a Bravos, Bran desapareceu na vastidão enigmática para além da Muralha, Sansa está nas mãos do ambicioso e maquiavélico Mindinho, Jon Snow foi proclamado comandante da Muralha mas tem que enfrentar a vontade férrea do rei Stannis e, no meio de toda a intriga, começam a surgir histórias do outro lado do mar sobre dragões vivos e fogo…
 
Numa terra onde muitos se proclamaram como reis e rainhas, todos estão convidados para O Festim dos Corvos. Venha descobrir quem serão os sobreviventes!
 
“Agarra-nos e nunca mais larga. Brilhante!”
ROBERT JORDAN
 
GEORGE R. R. MARTIN trabalhou dez anos em Hollywood como escritor e produtor de diversas séries e filmes de grande sucesso. Autor de muitos bestsellers, foi em meados dos anos 90 que começou a sua mais famosa obra: A Guerra dos Tronos. É a saga de fantasia mais vendida dos últimos anos e os direitos de televisão acabaram de ser vendidos à HBO - a produtora de Sopranos e Sete Palmos Abaixo de Terra.
 
Género: Fantasia Épica
Palavras-chave: Traições,
dragões, batalhas, conspirações
Tradutor: Jorge Candeias
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 448
Tiragem: 4000
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 9 de Abril
 
Belladonna - Anne Bishop
 
 
Bem-vindos a Efémera, onde a terra se altera em resposta aos mais profundos desejos e medos dos seus habitantes.
 
Há muito tempo, Efémera foi dividida em inúmeras paisagens mágicas ligadas somente por pontes. Pontes que podem levar quem as atravessa para onde realmente pertence e não ao local onde pretende chegar.
Uma a uma, as paisagens de Efémera estão a cair na sombra. O Devorador do Mundo está a espalhar a sua influência, manchando as almas das pessoas com dúvida e medo, alimentando-se das suas emoções mais negras.
A cada vitória o Devorador aproxima-se da conquista final.
Apenas Glorianna Belladonna possui a habilidade de frustrar os planos do Devorador. Mas os seus poderes foram mal interpretados e incompreendidos. Determinada a proteger as terras sob o seu domínio, Glorianna defrontará o Devorador sozinha se assim estiver no seu destino.
 
“Bishop tem uma voz única e a sua escrita é símbolo de luxúria e escuridão.”
 AMERICAN BOOKSELLER
 
Anne Bishop vive em Upstate New York onde gosta de passar o tempo a jardinar, ouvir música, e a escrever negros romances. É autora de vários romances, incluindo a premiada Trilogia das Jóias Negras.
 
Género: Lit. Fantástica
Palavras-chave: Amor, Dark,
Sensualidade, Oculto, Destino
Tradutor: Cristina Correia
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 384
Tiragem: 3500
PVP: 19,43 €
Data de Lançamento: 24 de Abril
 
Sangue Fresco - Charlaine Harris
 
 
Chegou a Portugal um dos maiores sucessos dos últimos anos em todo o Mundo. A série de livros Sangue Fresco conseguiu um feito inédito ao manter 7 livros ao mesmo tempo no Top 20 do New York Times. Trata-se de uma das maiores apostas da editora para este ano.
Entretanto já inspirou uma série de TV produzida pela HBO e dirigida por Allan Ball (Sete Palmos de Terra e American Beauty).
A primeira temporada foi um sucesso estrondoso e a segunda temporada está prevista estrear em Maio nos EUA.
 
Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade.
Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças…
Sookie Stackhouse é uma empregada de mesa numa pequena vila de Louisiana. É tímida, e não sai muito. Não porque não seja bonita – porque é – mas acontece que Sookie tem um certo “problema”: consegue ler os pensamentos dos outros. Isso não a torna uma pessoa muito sociável.
Então surge Bill: alto, moreno, bonito, a quem Sookie não consegue ouvir os pensamentos. Com bons ou maus pensamentos ele é exactamente o tipo de homem com quem ela sonha. Mas Bill tem o seu próprio problema: é um vampiro. Para além da má reputação, ele relaciona-se com os mais temidos e difamados vampiros e, tal como eles, é suspeito de todos os males que acontecem nas redondezas. Quando a sua colega é morta, Sookie percebe que a maldade veio para ficar nesta pequena terra de Louisiana.
Aos poucos, uma nova subcultura dispersa-se um pouco por todos os lados e descobre-se que o próprio sangue dos vampiros funciona nos humanos como uma das drogas mais poderosas e desejadas. Será que ao aceitar os vampiros a humanidade acabou de aceitar a sua própria extinção?
 
Charlaine Harris escreve romances de mistério além dos livros de Sookie Stackhouse. Vive no Sul do Arkansas com o marido, três filhos, dois cães, dois furões e um pato. Leitora ávida, cinéfila moderada e halterofilista ocasional, o seu passatempo preferido é incentivar os filhos em desportos variados, instalada em bancadas desconfortáveis.
 
«Harris escreve com competência e segurança.»
The New York Times Book Review
 
«Uma autora de raro talento.»
Publishers Weekly
 
Género: Horror / Lit. Fantástica
Palavras-chave: Vampiros, Paixão, Louisina,
Sangue, Sucesso Televisivo
Tradutor: Renato Carreira
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 272
Tiragem: 5000
PVP: 17,85 €
Data de Lançamento: 9 de Abril
 
Clube de Patifes - Dan Simmons
 
 
Cuba. 1942. Ernest Hemingway descobre um segredo tão perigoso que só há uma fuga possível: o suicídio. Um thriller soberbo baseado em factos verídicos e com uma versão arrepiante para a verdadeira razão da morte do escritor.
 
No Verão de 1942, Joe Lucas, agente do FBI, chega a Cuba por ordens de J. Edgar Hoover para manter Hemingway debaixo de olho. O famoso escritor reunira um grupo, a que chamara Clube de Patifes, para se envolver num perigoso jogo amador de espionagem. Mas é então que
Lucas e Hemingway, contra todas as expectativas, descobrem informações secretas vitais… e o jogo torna-se verdadeiramente mortal. Em Clube de Patifes, Dan Simmons desenvolve os factos conhecidos e transforma-os numa grande obra de suspense histórico nas paisagens sensuais da Cuba dos anos quarenta.
 
“Um thriller de espionagem de primeira categoria…
Este romance irá reforçar a sua já considerável
reputação como contador de histórias.”
-DENVER ROCKY MOUNTAIN NEWS
 
Dan Simmons nasceu em Ilinóis, nos EUA, em 1948.
Depois de se licenciar em Educação na Universidade de St. Louis, foi professor durante 18 anos. A sua primeira história publicada saiu no mesmo dia em que a filha nasceu: 15 de Fevereiro de 1982. Sempre viu essa coincidência como “uma ajuda para manter a perspectiva sobre a importância relativa da escrita e da vida”.
Escritor a tempo inteiro desde 1987, é um dos poucos romancistas cujo trabalho abarca géneros tão diferentes como mistério, suspense, romance histórico, fantasia, ficção-científica e horror. Traduzido em mais de 27 línguas, venceu dezenas de prémios literários onde se destacam os: Locus, Bram Stoker, SF Chronicle, British Science Fiction, British Fantasy, World Fantasy e Hugo.
Vive com a mulher e a filha no Colorado.
 
Género: Thriller
Palavras-chave: Espionagem,
Conspiração, Cuba, Hemingway
Tradutor: João Seixas
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 512
Tiragem: 2500
PVP: 22,89 €
Data de Lançamento: 24 de Abril
 
O Caderno Secreto de Leonardo II - Jack Dann
 
 
Imagine o que aconteceria se Leonardo da Vinci tivesse a oportunidade de dar uso às suas fabulosas máquinas e invenções… bombas, submarinos, tanques e aparelhos voadores. Imagine Leonardo e o jovem Niccolò Machiavelli a voarem de balão sobre o Egipto. Imagine o amigo íntimo de Leonardo, Sandro Botticelli, a ser exorcizado em Florença e a cavalgar os desertos com o Califa do Egipto. Acompanhe o perigoso dia-a-dia do mundo da Renascença e conheça as grandes personagens da época, desta vez no longínquo e misterioso Oriente onde Leonardo irá enfrentar novos desafios.
É essa a experiência que irá obter com esta segunda e última parte de O Caderno Secreto de Leonardo.
 
“O grande feito de O Caderno Secreto de Leonardo é
a sua habilidade em captar o leitor não só para o
drama das vidas de Leonardo, amigos e inimigos, mas
também o mundo grandioso e terrível em que vivem.”
DOUGLAS BARBOUR, EDMONTON JOURNAL
 
JACK DANN é um escritor norte-americano, autor de mais de setenta obras e traduzido para treze línguas. Os seus contos e noveletas surgiram nas principais revistas e antologias de ficção científica e fantasia, e é editor da Wandering Stars, uma das mais aclamadas antologias norte-americanas dos anos 70. Venceu o prémio Nebula, o Australian Aurealis Award, e o World Fantasy Award, entre outros. É consultor editorial da TOR Books e actualmente vive na Austrália.
 
Género: Romance Histórico
Palavras-chave: Arte, Romance,
Conspiração, Aventura
Tradutor: David Soares
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 288
Tiragem: 2500
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 24 de Abril

 

publicado por marcia às 11:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.a ler


.a ler também


.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O Ano da Dançarina - Carl...

. Minotauro - O Homem que D...

. Os Desafios da Europa – U...

. Rapariga em Guerra - Sara...

. O Leitor do Comboio - Jea...

. A Breve e Assombrosa Vida...

. Revista Inominável #7

. A verdade sobre o caso Ha...

. Marcador - O Ano da Dança...

. A Serpente do Essex - Sar...

.últ. comentários

Uhm, interessante... Paula
Atenção que a Dançarina pode ter um significado di...
É verdade! Vêm aí muitas coisas boas! Deixo também...
Nunca li nada desta autora, mas deixaste-me curios...
Obrigada, Márcia. Quando pedi para avisares, pense...
Muito obrigada, Isaura! Beijinho!
Beijinhos, Isaura! Obrigada por teres ido!
Olá Paula! Vêm aí novidades interessantes da Minot...
Acho que vais gostar, Ana!
é bem "agarrado", Teresa!

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

.gosto

blogs SAPO

.subscrever feeds